Vodafone Power Lab lança concurso para premiar soluções empresariais inovadoras

Inovação

Abriram esta semana as candidaturas para o Enterprise Innovation Challenge 2018, competição promovida pelo Vodafone Power Lab.

Abriram esta semana as candidaturas para o Enterprise Innovation Challenge 2018, competição promovida pelo Vodafone Power Lab que tem como objetivo encontrar soluções inovadoras para serem integradas no portfólio do segmento empresarial da Vodafone, disponíveis para Empresários em Nome Individual, Pequenas e Médias Empresas e Grandes Empresas e Sector Público. As duas propostas que apresentem maior potencial de desenvolvimento receberão um investimento de 20 mil euros.

Na sequência do desafio lançado ao tecido empresarial português com o mote ‘Este é o ano da transformação digital’, a Vodafone procura reforçar a sua oferta com produtos e serviços que sejam relevantes para acelerar o processo de transição dos seus Clientes empresariais para o digital.

As candidaturas, a decorrer até ao dia 29 de junho, estão abertas para startups nacionais e/ou outras empresas de base tecnológica que desenvolvam projetos assentes numa ou várias das seguintes categorias:

Cibersegurança – Soluções que melhorem a segurança de sistemas tecnológicos, tais como a privacidade de dados pessoais, segurança em IoT, Blockchain, identificação de indivíduos com dados biométricos, entre outros;

Internet of Things (IoT) – Soluções inteligentes que possam ser integradas na atividade diária das empresas, aplicadas a edifícios, veículos, bens e pessoas, e assentes em eficiência, segurança, vigilância, gestão de equipas, entre outros;

Inteligência Artificial – Soluções que tirem partido de softwares com capacidade de se desenvolverem e aprenderem autonomamente, tais como ChatBots, assistentes virtuais, entre outros.

Os finalistas terão de apresentar as suas ideias ao júri do concurso, composto por quadros da Vodafone, num evento que terá lugar no Centro Cultural de Belém, no dia 10 de julho. Os vencedores terão um prazo de seis a doze meses para desenvolver as suas soluções.