Transformação digital movimenta o mercado de data center português

CloudData CenterServidores

De acordo com a pesquisa da DCD, os líderes de TI das empresas e organizações públicas portuguesas planeam investir na construção de um novo data center ou atualizar a sua infraestrutura tecnológica.

 

A recuperação económica está a impactar positivamente no processo de transformação digital das empresas e organizações públicas de Portugal. A pesquisa realizada com os primeiros 130 líders de TI inscritos no DCD> Portugal 2018 indica que 58% dos participantes está a planear investimentos na construção e/ou atualização de data center, sendo que 37% pretende contrar serviços de Cloud e Colocation.

Em relação aos projetos que estão a ser planeados, 30% investirá em DCIM, DSCO, DMaaS e/ou outras ferramentas de monitoramento de data center; 28% em soluções para refrigeração líquida ou de ar, 25% em sistema de segurança e hardware – físicos e/ou lógicos, 22% em geradores de UPS ou fontes de alimentação críticas; e outros 22% em SSD, Flash e/ou outras soluções de armazenamento.

Entre os temas de interesse dos profissionais confirmados ao congresso de infraestrutura tecnológica, destacam-se desenho e construção de data centers, 43%; segurança física e lógia, 43%; cabeamento e redes de conexão, 40%; cloud e colocation, 39%; e sistemas de energia e refrigeramento, 38%.

Data center, o coração da transformação digital

 O mundo está cada vez mais conectado. Pouco a pouco IoT, AI, Big Data, Blockchain, Cloud, DevOps, entre outras, começam progressivamente a fazer parte das estratégias das organizações, sejam elas públicas ou privadas. De acordo com um estudo realizado por Accenture Strategy e Oxford Economics no ano passado, estima-se que a economia digital portuguesa represente menos de 20% do PIB nacional, abaixo da média dos países mais desenvolvidos, que está na ordem dos 28%.

Portugal não quer ficar para trás nesta maratona tecnológica, processo que afeta diretamente a infraestrutra de TI das organizações. O sucesso deste processo depende da agilidade e da eficiência no processamento e no armazenamento das informações, ou seja, o data center é o grande protagonista da transformação digital. Por isso, o investimento na infraestrutura tecnológica está na lista de prioridades das organização dos diferentes setores.

Para conseguir atender as demandas atuais, crescer e, principalmente, se posicionar no mercado, é necessário ter uma infraestrutura tecnológica flexível e escalável. Essa questão é tão crítica que muitas organizações dos diferentes setores estão a deixar de ter uma infraestrutura própria de data center para adotar soluções de cloud e colocation e, assim, poder focar no seu negócio.

DCD apresenta as novidades e tendencias do mercado de data center e cloud em Lisboa.

O impacto, os desafios e as oportunidades da transformação digital no setor de infraestrutura tecnológica são algumas das temáticas DCD>Portugal 2018, que será realizado no dia 11 de abril, no Hotel Tivoli Oriente, Lisboa. O evento reunirá 150 líderes de tecnologia das principais empresas e organizações públicas portuguesas para tratar de temas relacionados com design, construção, operação, eficiência energética e segurança de data center, assim como temas relacionados com a infraestrutura cloud.

Read also :