Toshiba espera vender unidade até junho

EmpresasNegócios

A Toshiba espera terminar a venda do seu negócio de memórias até junho, isto caso não seja possível terminar até ao final deste mês de março.

A Toshiba espera terminar a venda do seu negócio de memórias, avaliada em 18 mil milhões de dólares, até junho, o mais tardar, isto caso não seja possível terminar pelo prazo acordado para o final deste mês de março.

“Estamos a fazer diversos esforços para fechar o acordo em março”, disse Yasuo Naruke, diretor da unidade de chips da Toshiba. Mesmo que o negócio não estivesse fechado, fecharia “em algum momento em abril, maio ou junho”, explicou o diretor durante a sua visita a um novo centro de investigação e desenvolvimento de chips no centro do Japão.

A Toshiba concordou no ano passado em vender o negócio de semicondutores, o maior produtor mundial de chips de memória flash NAND, para um consórcio liderado pela firma de capital privado dos EUA, Bain Capital, para conectar um enorme fosso financeiro deixado pela falência de sua unidade nuclear nos EUA.

É amplamente considerado improvável que obtenha a necessária autorização regulamentar até o final de março. Geralmente, as análises chinesas a este tipo de negócios levam pelo menos seis meses.

A Toshiba tem menos pressa para finalizar o negócio, uma que recebeu injeções de capital no final do ano passado por parte de investidores estrangeiros. Se não completar o acordo até março, tem a opção de se afastar, disseram algumas fontes. Alguns acionistas opuseram-se à venda, argumentando que as recentes injeções de capital tornaram a venda desnecessária.

O negócio de chips de memória flash tem sido a principal fonte de receita da Toshiba, já que a empresa luta para desenvolver outros negócios principais.

Read also :