EmpresasNegócios

E-Mail 'TI nacionais no ranking das 500 empresas com maior crescimento na EMEA' To A Friend

Email a copy of 'TI nacionais no ranking das 500 empresas com maior crescimento na EMEA' to a friend

* Required Field






Separate multiple entries with a comma. Maximum 5 entries.



Separate multiple entries with a comma. Maximum 5 entries.


E-Mail Image Verification

Loading ... Loading ...
0

São quatro as empresas portuguesas que figuram no Technology Fast 500 EMEA, um ranking anual elaborado pela Deloitte Touche Tohmatsu Limited que distingue as 500 empresas públicas e privadas de tecnologia, media, telecomunicações, ciências da vida e “tecnologias verdes” de cerca de 20 países da região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), que apresentam as maiores taxas de crescimento de volume de negócios nos últimos cinco anos.

car-insurance-companies-ranked-woman-chart

A liderar o ranking das empresas nacionais, e dentro do Top 100 global, está a 7 Graus. Com atividade na área da produção de conteúdos de informação e entretenimento online, ocupa a 97ª posição do ranking global ao alcançar um crescimento de 1593%. É seguida pela Adclick (em 135º lugar), Findmore (198º) e CMAS -Systems Consultants (430º).

“Portugal continua a demonstrar que é um país inovador, com empresas e talentos que competem com os melhores do mundo, em vários mercados, alcançando elevados níveis de crescimento”, refere Jorge Marrão, Partner da Deloitte. “Este ranking é por isso fundamental, não só porque reconhece o trabalho destas empresas, mas porque inspira as restantes a apostar na inovação e crescimento.”

De forma a poderem ser elegíveis no ranking Technology Fast 500, as empresas deverão ter a propriedade intelectual ou tecnologia que sejam vendidas aos seus clientes em forma de produto e contribuam para a maioria das receitas operacionais da empresa. As empresas terão de operar há pelo menos cinco anos e ter sede na Europa, Médio Oriente e África. Adicionalmente, as empresas devem ter uma receita anual de, pelo menos, 50 mil euros no ano inicial e de 800 mil euros no ano corrente.

Em termos de desempenho global, pelo terceiro ano consecutivo uma empresa francesa ocupa o primeiro lugar deste ranking anual. A Weezevent, empresa de soluções self-service de bilhética online, lidera a tabela com um crescimento de 43202% nos últimos cinco anos. A média da taxa de crescimento do volume de negócios do conjunto dos 20 países da EMEA analisados situa-se nos 1700%, registando-se um crescimento face ao ano anterior, cuja média foi de 1500%.

David Halstead, partner da Deloitte Reino Unido e responsável pelo relatório Deloitte Technology Fast 500 EMEA, refere que “todas as 500 empresas são organizações incríveis. Ao alcançarem uma posição no ranking deste ano, estas empresas provam o seu compromisso e capacidade de crescer através da inovação – um feito difícil no competitivo e dinâmico sector da tecnologia.”

Neste ranking, o sector de software representa 42% do total do ranking, com 212 empresas representadas no Fast 500 deste ano, seguido do sector da Internet com 21%. Mantendo as posições do ano anterior, e apesar de ligeiras variações percentuais, destacam-se ainda as áreas de telecomunicações/redes (13%), semiconductores/componentes/electrónica (7%), biotecnologia/farmacêutica/equipamentos médicos (7%), “tecnologias verdes” (5%), media/entretenimento (3%) e de computadores/periféricos (2%).