Tecnologia portuguesa esclarece dúvidas sobre a COVID-19

Inovação

Um consórcio entre a Escola de Medicina da Universidade do Minho, a Faculdade de Medicina Universidade do Porto, a Automaise e a HLTSYS lançou hoje o “Assistente Digital COVID-19”, baseado em Inteligência Artifical, para responder a dúvidas sobre a COVID-19 e fazer a triagem da população através do Messenger na página de Facebook do Centro de Medicina Digital P5 e de diversas páginas WEB.

Pode o Facebook servir de ferramenta para ajudar na pandemia da COVID-19? A resposta é sim e chama-se Assistente Digital COVID-19. A partir da seleção de sintomas ou comportamentos, e de acordo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde e da Organização Mundial de Saúde, este algoritmo consegue recomendar ou indicar os próximos passos a quem o consulta.

O Assistente Digital permite fazer a triagem dos sintomas apresentados, responder a perguntas frequentes colocadas pelos utentes e dar recomendações sobre como evitar o contágio e manter-se saudável.

Este serviço de inteligência artificial responde ainda a perguntas colocadas de forma direta. Por exemplo, para responder à pergunta “Como se transmite?”, além das formas de transmissão, são ainda oferecidas recomendações básicas sobre como evitar o contágio.

A criação deste modelo algorítmico permite melhorar a resposta a dúvidas frequentes e orientar as pessoas para informação cientificamente validada – bem como aliviar as linhas de atendimento do SNS24, ao permitir uma indicação rápida aos utentes mediante os seus sintomas.

O Assistente Digital COVID-19 está disponível gratuitamente para a população e pode ser integrado em qualquer página web. Para integrar o Agente Digital na sua página contacte através do email info@automaise.com.  

Read also :