Talkdesk cria prémios de mérito

Cloud

O anúncio foi feito por Marco Costa, diretor-geral da Talkdesk para a região EMEA, durante a inauguração do laboratório de inovação da empresa em Coimbra.

A Talkdesk, empresa de desenvolvimento de software baseado em cloud para centros de contacto, anunciou a criação de um programa de prémios de mérito, que surge no âmbito da parceria estabelecida com a Universidade de Coimbra para o lançamento do TDX, o laboratório de inovação da empresa na cidade.

O espaço foi oficialmente inaugurado na passada quinta-feira, dia 28 de março, e situa-se na Aceleradora de Empresas do Instituto Pedro Nunes.

Os “Talkdesk Awards” direcionam-se a estudantes que se destaquem pelos seus resultados académicos de excelência. Para já, serão elegíveis para estes prémios de mérito os alunos dos Mestrados em Engenharia Informática, Engenharia de Software, Segurança Informática e Design e Multimédia e os do Programa de Doutoramento em Ciências e Tecnologias da Informação da Universidade de Coimbra. No futuro, esta é uma iniciativa que a Talkdesk pretende estender a outras universidades do país.

“Para continuarmos um passo à frente e consolidarmos a nossa posição de liderança no setor, sabemos que temos de ter equipas jovens, com conhecimento das mais recentes tecnologias e uma vontade e energia imbatíveis para aplicar esse conhecimento. É por isso que, no fim de 2018, anunciámos uma parceria com a Universidade de Coimbra, com o objetivo de partilhar experiências e know-how, de modo a ajudar os estudantes na sua formação e, ao mesmo tempo, também nós aprendermos e desenvolvermos projetos com eles. Estes prémios de mérito procuram reconhecer o talento jovem que queremos que faça parte da equipa da Talkdesk e contribua para o crescimento da empresa”, referiu em comunicado Marco Costa, diretor-geral da Talkdesk para a região EMEA.

A submissão de candidaturas decorrerá em junho para os estudantes de Mestrado e em setembro para os estudantes de Doutoramento. Todas as candidaturas serão avaliadas e os resultados serão conhecidos no arranque do novo ano letivo, durante os meses de setembro e novembro, respetivamente.

Além da média e experiência académicas e do percurso profissional, os critérios de seleção incluem ainda o potencial impacto da candidatura em análise para a Talkdesk, assim como da Talkdesk no desenvolvimento profissional do candidato.

O TDX Coimbra é um centro de investigação focado em inovar e desenvolver novas soluções e produtos para a Talkdesk e conta já com uma equipa de 30 pessoas, tendo o objetivo de chegar às 100 até ao final de 2019.

O mais recente unicórnio de ADN português planeia ter uma equipa de mais de 1000 engenheiros até ao final de 2020, sendo que toda a engenharia de software continuará a ser desenvolvida em Portugal.

Read also :