telecomunicações

Altice compra Suddenlink e entra no mercado dos EUA

A Altice vai finalmente entrar no mercado norte-americano. Com o anúncio da compra de 70 por cento da Suddenlink e com uma OPA lançada à Time Warner Cable, a operadora francesa vai começar a dar os primeiros passos no setor transatlântico de telecomunicações por cabo, dando azo à estratégia de expansão no subcontinente norte-americano do

China otimiza redes móveis para fazer crescer a economia

O governo chinês vai investir mais de 182 mil milhões de dólares para aumentar a capacidade das suas redes e a velocidade da Internet até ao fim de 2017. O país está a procurar fortalecer a sua capacidade de fornecimento de serviços para estimular o crescimento económico. Depois de no último trimestre de 2014 ter

Alcatel-Lucent reduz latência de redes Wi-Fi domésticas

A Alcatel-Lucent acaba de lançar dois novos produtos que vão permitir que as operadoras possam oferecer aos seus clientes acessos ultrarrápidos à Internet de banda larga. Com a nova suite de serviços FTTH (fiber-to-the-home) e com o novo terminal de rede ótico (ONT), a empresa de telecomunicações quer fomentar a velocidade das redes Wi-Fi. Os

SES provê conectividade via satélite para sobrevivientes no Nepal

A SES está a fornecer, como um dos parceiros privados do projeto emergency.lu, serviços de conectividade vitais para o Nepal, depois da região ter sido atingida por um terremoto de magnitude 7.8 que causou mais de 5.500 mortes. Os serviços de comunicação oferecidos pelo projeto fornecem conectividade às equipas de salvamento e voluntários no Nepal

Telcos ganharão solução de Big Data desenvolvida pela SAP

A SAP anunciou que desenvolverá uma solução de Big Data sob medida para atender às demandas do setor de telecomunicações. O projeto, que tem como objetivo ajudar a simplificar a TI e promover a inovação nos negócios dos prestadores de serviços de comunicações, vai de encontro com a crescente demanda do setor. Desenvolvido para ser

T-Mobile faz sombra à Verizon e à AT&T

A T-Mobile ultrapassou as suas duas maiores rivais no mercado norte-americano das telecomunicações. Com um forte crescimento da sua base de subscritores, registado no primeiro trimestre de 2015, a T-Mobile fez sombra à Verizon e à AT&T, duas das maiores operadoras de comunicações móveis dos Estados Unidos. Já em março de 2014 a T-Mobile conseguira

SpeedCast escolhida para fornecer central de gás em Timor

Os serviços de comunicações da central de gás Bayu-Undan, no Mar de Timor, serão, a partir de agora, responsabilidade da SpeedCast, uma operadora de Hong Kong. Conexão de alta velocidade e uma rede de suporte compatível com as dificuldades de uma base marítima são os principais critérios que levaram a esta escolha. Há dez anos

Höttges: empresas da Internet são indevidamente regulamentadas

O CEO da Deutsche Telekom afirmou que as empresas tecnológicas norte-americanas estão a movimentar-se demasiado livremente no mercado europeu. Timotheus Höttges acusou as autoridades reguladoras da região de atuarem com exagerada leviandade, o que poderá colocar em risco a atividade das empresas locais. No decorrer da Conferência Internacional da Competição, em Berlim, o diretor executivo

Ericsson compra negócio de telecomunicações da Sunrise

A Ericsson vai reforçar a sua presença no mercado chinês com a compra do negócio de telecomunicações da Sunrise Technology. A empresa sueca fortalece, assim, os seus serviços de TI na China e junta cerca de mil funcionários à sua força de trabalho. Especializada no fornecimento de sistemas de suporte aos negócios e às operações

Reguladora britânica examina fusão entre BT e EE

O negócio de aquisição entre a BT e EE está finalmente a ser examinado pela Autoridade da Concorrência e Mercados do Reino Unido. Num valor que se aproxima dos 17 mil milhões de euros, esta é a maior aquisição a ser realizada no país por uma operadora móvel, pelo que está a ser escrupulosamente analisada.

Setor das Telecomunicações é o principal alvo de queixas à DECO

Tendo em conta todos os setores de atividade, o número de pedidos de informações e de reclamações por parte dos consumidores portugueses cresceu quase dez por cento. Os dados são da DECO, a Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor, que revela ainda que o setor que mais queixas reuniu foi o das Telecomunicações. Há uma

México quer mais investimentos no setor das telecomunicações

O México quer, até outubro, lançar um concurso para a aquisição de uma rede nacional de banda larga móvel. O vencedor do leilão deverá desembolsar cerca de dez mil milhões de dólares e operar a rede nos 90MHz do espectro dos 700MHz.   O Ministério dos Transportes e das Comunicações do México quer atrair investimentos

Vestager: há que proteger o consumidor das consolidações

A Comissária do braço antitrust da União Europeia quer proteger os consumidores europeus face ao aumento dos preços derivado da consolidação do mercado das telecomunicações. Margrethe Vestager receia que a recente vaga de aquisições e fusões na Europa lesem o consumidor. Numa entrevista ao Financial Times, a Comissária Vestager deixou bem claro que vai lutar

Estão as redes 4G no limiar da rotura?

A tecnologia 5G é o futuro das telecomunicações móveis, e não chegará cedo demais. Alguns especialistas acreditam que a 4G está no limite das suas capacidades e que é necessário implementar novas redes que consigam suportar o crescimento do tráfego de dados, que parece não esmorecer. Tem havido muita conversa em torno do futuro das

Telecoms europeias estão a recuperar a liderança

As empresas europeias de telecomunicações estão a voltar à mó de cima, depois de vários anos de resultados que ficaram aquém do desejado e de grande pressão por parte das autoridades reguladoras. As rivais não europeias não veem com bons olhos esta recuperação. A Deutsche Telekom e a Telefónica, segundo a Reuters, esperam registar, este

Telecom Italia quer a totalidade da sua divisão de media

A Telecom Italia quer comprar por inteiro a sua unidade de media. As informações avançadas pela Bloomberg apontam para o fim da posição da divisão da operadora como uma entidade pública, passando a estar totalmente sob a alçada daquele que é o seu maior investidor. De acordo com pessoas próximas do assunto, citadas pela Bloomberg,

Unitel e Ericsson conseguem velocidades de 450 Mbps em Angola

A Ericsson e a Unitel levaram até Angola velocidades de dados de 450 Mbps. O país africano é o primeiro do continente a conseguir um tráfego de dados com uma velocidade tão elevada, alcançada mediante uma solução desenvolvida em conjunto pelas duas empresas. Sendo uma das maiores operadoras de telecomunicações móveis em Angola, a Unitel

Gfi firma parceria com Alcatel-Lucent e reforça serviços

A Gfi vai passar a prestar serviços de suporte para operadores de telecomunicações que se apoiem em soluções da Alcatel-Lucent. Através de um acordo de parceria, a Gfi vai integrar na sua estrutura uma porção da força laboral da Alcatel-Lucent, o que reforçará a sua presença no setor das telecomunicações. Segundo fontes oficiais, a Gfi

ANACOM aplicou 7,9 milhões de euros em coimas em 2014

Os operadores de comunicações eletrónicas foram alvo de centenas de processos por parte da ANACOM, em 2014. No total, foram aplicadas coimas no valor de 7,9 milhões de euros, aumentando, assim, o número em relação ao ano anterior. A Autoridade Nacional de Comunicações, ANACOM, revela os dados em relação a 2014 e evidencia como o

NEC ajuda operadoras a reforçarem os seus serviços e redes

A NEC vai estar presente no Mobile World Congress 2015 e vai levar até Barcelona novas soluções. As novidades da empresa vão incidir mais fortemente sobre a maximização das capacidades das redes das operadoras de telecomunicações. Com o objetivo de ajudar as empresas de telecomunicações a capitalizarem ao máximo as suas redes e a oferecerem

BT está cada vez mais perto de adquirir a EE

A BT concordou com os termos do acordo de aquisição da EE. O negócio, que rondará os 16,6 mil milhões de euros, deverá permitir que a compradora reforce os seus serviços de telecomunicações. O diretor executivo da operadora British Telecom, Gavin Patterson, disse que a aquisição da EE vai permitir o desenvolvimento de serviços de

AT&T e Verizon querem mais frequências wireless

A AT&T e a Verizon estão a vender ativos para amortizar dívidas contraídas pelos investimentos feitos no aquisição de mais frequências wireless nos Estados Unidos. Depois de terem apostado 18,2 mil milhões de dólares (AT&T) e 10,4 mil milhões de dólares (Verizon) na ampliação do seu espólio de frequências wireless, ambas as operadoras de telecomunicações,

AT&T quer comprar operadora para reforçar presença no México

A AT&T quer comprar a unidade mexicana de comunicações remotas da NII Holdings. O negócio deverá rondar os 1,88 mil milhões de dólares, mais as dívidas consideráveis contraídas pela subsidiária falida. Proprietária da operadora latina Nextel, a NII Holdings pedira proteção contra falência nos Estados Unidos em setembro de 2014. Uma dívida de 5,8 mil

Cablevision vai lançar novo serviço de dados

A Cablevision hoje revelou que vai lançar um serviço de telecomunicações através da Internet para telemóveis no próximo mês de fevereiro. A fornecedora de serviços de televisão quer oferecer uma alternativa aos planos de dados mais caros das grandes operadoras, como a Verizon e a AT&T. Apelidado de Freewheel, o novo serviço, que opera sobre

Forte pressão leva Verizon a cair no quarto trimestre

Os resultados da Verizon para o quarto trimestre falharam as estimativas e atingiram valores abaixo dos esperados. A maior operadora móvel norte-americana tem sofrido com as sucessivas quedas de preços e tem sido afetada pela crescente competição. Os lucros médios da Verizon nos últimos três meses de 2014 foram de 71 cêntimos por ação, enquanto

O2 pode vir a ser comprada pela Hutchison Whampoa

A Hutchison Whampoa planeia comprar a unidade britânica da operadora Telefónica por 15,4 mil milhões de dólares. Através do negócio, Li Ka-shing vai procurar revitalizar as operações europeias da empresa da empresa chinesa e reforçar a sua presença no mercado das telecomunicações da região. Operando já no Reino Unido através a sua rede móvel Three,

Ericsson e Telecom Itália parceiras na distribuição de serviços

A Telecom Itália e a Ericsson traçaram um acordo de parceria que visa potenciar a qualidade das soluções e serviços móveis de terceira e quarta geração no evento Expo 2015. Ao aliar-se à Ericsson, a Telecom Itália terá nas mãos as ferramentas necessárias para desenvolver uma cidade sustentável e inteligente, demonstrando o seu potencial na

Alcatel-Lucent potencia o crescimento das PME

A operadora francesa Alcatel-Lucent está a fortalecer o seu portfólio OpenTouch Suite for SMB, para potenciar o crescimento das empresas de pequenas e médias dimensões, que procuram alienar despesas supérfluas e processos inconsequentes. As melhorias ao portfólio permitem às PME uma mais eficaz implementação de iniciativas BYOD (Bring Your Own Device), a otimização das comunicações

Ericsson e IBM são parceiras no desenvolvimento de antenas 5G

A Ericsson e a International Business Machines traçaram uma parceria que visa o co-desenvolvimento de antenas phased-array para telecomunicações 5G, possibilitando às operadoras oferecerem aos seus clientes velocidades de dados superiores às atualmente disponíveis no mercado. Concomitantemente ao progresso tecnológico e à evolução das capacidades wireless machine-to-machine (M2M), emerge a necessidade de uma maior largura

Telecomunicações podem potenciar a recuperação económica

Portugal é um dos países que lidera o mercado europeu das Telecomunicações, que poderá estar na origem da revitalização económica, embora careça ainda de uma sólida base de investimentos e de um forte apoio governamental. Esta foi uma das principais conclusões apresentadas no decorrer do 24º Congresso das Comunicações, onde foram abordados os desafios que