subornos

Ericsson envolvida em atividades de suborno na Grécia

A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações móveis Ericsson é acusada de subornar autoridades gregas para assegurar acordos comerciais. A Ericsson enfrenta acusações de fraude que alegam que a empresa pagou 18 milhões de dólares a um agente comercial, dinheiro esse que foi então empregue para subornar oficiais gregos. À imprensa radiofónica sueca, o antigo