Rússia

Facebook anuncia contratações para controlar anúncios e evitar interferências nas eleições

A rede social veio confirmar ontem, em comunicado, que os polémicos 3000 anúncios comprados na Rússia durante a campanha eleitoral das presidenciais dos EUA, foram vistos por cerca de 10 milhões de americanos. Para lidar com o problema, o Facebook anunciou a contratação de 1000 colaboradores para avaliarem os conteúdos publicitários colocados na sua plataforma.

Google obrigada a perder exclusividade de aplicações em dispostivos móveis na Rússia

A autoridade reguladora russa esclarece, em comunicado, em que a Google já não apresenta exclusividade das aplicações em dispositivos móveis com sistema operativo Android. É o resultado do acordo alcançado pela empresa russa “watchdog” anti-monopólio e a Alphabet Inc da Google, que proíbe a gigante tecnológica de impor restrições de instalar outras aplicações que não sejam desenvolvidas pela mesma.