PT SGPS

Oi reconsidera venda da participação na Unitel

A Oi pode já não querer abrir mão da sua participação na operadora angolana Unitel. Embora o ativo esteja ainda marcado como uma possível venda, a empresa brasileira está a tentar restaurar a parceria com Isabel dos Santos. O diretor executivo da Oi, Bayard Gontijo, disse à Reuters que estava a reexaminar a venda da

Oi puxa prejuízo da Portugal Telecom

A desvalorização da Oi, somada às perdas da operadora brasileira, contribuíram para um prejuízo em 2014 de 302,8 milhões de euros da Portugal Telecom SGPS, sua maior acionista.   O calote da Rioforte, do falido Grupo Espírito Santo, também ajudou no resultado negativo. A empresa detém ainda cerca de 900 milhões de euros de dívida,

Oi e PT SGPS com novo acordo de combinação de negócios

Depois de vários dias de conversações, a PT SGPS e a Oi chegaram a um acordo sobre os termos da combinação de negócios. Na prática, o acordo reflete-se em alterações na estrutura de acionistas, que ainda terão de passar pela aprovação da assembleia-geral das operadoras.  O acordo acabou por ser assinado mesmo na data limite

PT SGPS e Oi com reuniões decisivas este fim-de-semana

De acordo com o Negócios, as reuniões entre a PT SGPS e a Oi, sobre os prazos de conclusão de negócio entre as duas empresas vão continuar, com reuniões importantes durante este fim-de-semana. As duas operadoras estão em conversações, que vão manter-se nos próximos dias, de acordo com fontes da PT SGPS. Em cima da

PT SGPS pondera renegociar termos de negócio com a Oi

A PT SGPS quer renegociar os termos da combinação de negócio que tem com a operadora brasileira Oi, caso o processo não esteja concluído até dia 31 de março. A Oi mostra-se confiante de que a troca de ações esteja concluída até ao prazo estipulado. A informação desta decisão foi avançada pelo Jornal de Negócios,

Venda à Altice aprovada em assembleia com fraca participação

A venda da PT Portugal à operadora francesa foi aprovada, numa assembleia-geral com a menor participação desde 2004. Só 44 por cento do capital votou, resultando em 97,8 por cento de votos a favor da venda.   Apenas 2,19 por cento dos votos chumbaram a venda da PT Portugal, ativo da Oi, à operadora francesa

PT SGPS já respondeu à CMVM

Em comunicado enviado à CMVM, a PT SGPS respondeu às pressões feitas, que diziam que não tinha sido prestada informação suficiente para ser tida em conta na assembleia-geral de amanhã. A empresa afirma que “divulgou, atempadamente” a informação necessária.   No comunicado, a administração da PT responde também aos pedidos de uma possível resolução de

STPT pede que assembleia-geral da PT SGPS seja desconvocada

O Sindicato de Trabalhadores da PT pede a suspensão da assembleia-geral da próxima quinta-feira, defendendo que não tem dados suficientes, pedindo que a mesa tome medidas para avançar com a suspensão. O STPT revelou, em comunicado, que a informação disponível ainda não é suficiente para que os acionistas tomem uma decisão na assembleia do próximo

CMVM quer mais informação da PT SGPS

O Sindicato dos Trabalhadores da PT afirmou que a CMVM vai pedir mais informação à PT SGPS, considerando que ainda há informação por esclarecer. O regulador informou o STPT de que ainda irá pedir mais informação que considera relevante à Portugal Telecom, para ser integrada na assembleia-geral da próxima quinta-feira. Ainda que o regulador considere

PT SGPS defende que deu toda a informação aos acionistas

A PT SGPS já respondeu aos acionistas que afirmaram que não teria sido prestada informação suficiente para a assembleia-geral da próxima quinta-feira. A administração da empresa disse que foram prestadas todas as informações necessárias.   A telefónica afirma que forneceu aos seus acionistas toda a informação necessária, reagindo às críticas de alguns acionistas minoritários, que

Oi: fusão com a PT SGPS é “irreversível”

A operadora brasileira Oi afirmou, em comunicado, que o processo de fusão com a PT SGPS é “irreversível”, mesmo que o cenário em causa seja o “não” à venda da PT Portugal. A venda da PT Portugal continua a fazer mexer as relações entre as duas empresas. A Oi afirma que a fusão com a

Administração da PT teme desvalorização da empresa

Esta é uma das preocupações da administração da empresa, caso a fusão com a Oi venha a ser anulada. A situação da empresa está a dividir opiniões: em documentação entregue à CMVM, Menezes Cordeiro defende que a PT deveria avançar para a anulação da fusão com a Oi. Já a administração da PT SGPS, presidida

Henrique Granadeiro defende fim da fusão da PT e da Oi

Henrique Granadeiro, que já foi presidente da PT, defendeu, em carta enviada à CMVM e à assembleia-geral de acionistas da PT SGPS, o fim da fusão entre a operadora portuguesa e a Oi. Este não é o primeiro parecer negativo dado à fusão, uma vez que também o sindicato dos trabalhadores da PT já tinha

Assembleia-geral da PT SGPS adiada para 22 de janeiro

Os acionistas da PT SGPS optaram por adiar a assembleia-geral que iria dar o parecer da empresa em relação à venda da PT Portugal, por parte da Oi. Tal como se suspeitava, surgiu mesmo a confirmação de que os trabalhos na reunião extraordinária de acionistas da PT SGPS foram suspensos. Os pedidos de suspensão dos

Futuro da PT Portugal pode não ficar decidido hoje

Apesar de não ter sido adiada, a verdade é que, na prática, a reunião geral de acionistas da PT SGPS pode não vir a ter grandes efeitos. Caso seja mesmo suspensa, o único ponto da ordem de trabalhos, a venda da PT Portugal à Altice, pode nem chegar a ser votado. Caso a votação venha

Ongoing defende que venda da PT Portugal é a melhor opção

A Ongoing, que tem uma posição de 10,05 por cento da PT SGPS, assume que a venda da PT Portugal à Altice pode mesmo ser a melhor alternativa.  Em entrevista à agência financeira Bloomberg, Rafael Mora, vice-presidente da Ongoing, afirmou que “não conheço, nesta altura, uma melhor alternativo do que aquela que está na mesa.”

PT SGPS não sabia de toda a informação no negócio da Rioforte

A CMVM decidiu suspender a venda de ações da PT SGPS na bolsa, dizendo que a negociação das ações da Portugal Telecom está suspensa “até à divulgação de informação relevante.” Enquanto isso, a auditoria feita pela PwC revela que a PT não tinha acesso a toda a informação importante em relação à situação da Rioforte.

PT reconhece que venda da PT Portugal altera fusão com a Oi

A PT SGPS defendeu, em comunicado, que a venda da PT Portugal altera o compromisso de fusão assumido com a brasileira Oi, em 2013. Esta foi a primeira vez em que a operadora portuguesa reconheceu que, a venda da PT Portugal, pertencente à Oi, iria mudar o compromisso assumido em outubro de 2013. “A aprovação,

Assembleia-geral da PT SGPS não será adiada

Afinal, a assembleia-geral da PT SGPS irá mesmo realizar-se a 12 de janeiro, apesar das dúvidas que se levantaram quanto a um possível adiamento da reunião. Ainda assim, os accionistas da PT SGPS ainda podem decidir uma suspensão da assembleia. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a PT SGPS marcou a

CMVM já tem relatório de auditoria à PT SGPS e Rioforte

A CMVM já teve acesso ao relatório da auditoria às relações entre a PT SGPS e a Rioforte. As conclusões podem ser divulgadas ainda hoje.  O relatório foi entregue ontem pela PT SGPS à CMVM, ao fim da tarde, de acordo com informação apurada pelo Jornal de Negócios. A CMVM também já confirmou a recepção

Assembleia-geral da PT SGPS pode vir a ser adiada

As buscas feitas na sede da PT SGPS já estão a levantar ondas na empresa. As ações da PT SGPS já caíram mais de 20 por cento, atingindo um novo mínimo histórico e a assembleia de acionistas pode já não vir a acontecer a 12 de janeiro. Ao início da noite de ontem, já as

CMVM pede esclarecimentos à PT SGPS

A CMVM pediu esclarecimentos à PT SGPS sobre a percentagem que detém na Oi e com quanto ficará de participação na CorpCo, a nova Oi, que resulta da fusão da operadora brasileira com a Portugal Telecom. Atualmente, a PT SGPS detém direta e indiretamente 39,73 por cento da Oi, em que uma percentagem de 35,81

Terra Peregrin pode vir a desistir de OPA à PT SGPS

A informação é avançada pelo Económico e a decisão de Isabel dos Santos deve ser comunicada ainda hoje à CMVM. Apesar disso, o projeto de consolidação ainda não está totalmente fora de horizonte. O desfecho da OPA à PT SGPS pode não correr de feição para a Terra Peregrin. Em comunicado feito ontem, a CMVM

Oi pode estar em incumprimento com venda da PT Portugal

De acordo com algumas publicações portuguesas, a administração da PT SGPS tem pareceres legais que consideram que a Oi está em incumprimento do memorando que rege a fusão entre as duas empresas. O motivo: a venda da PT Portugal à Altice. Os pareceres são de João Calvão da Silva e de Eduardo Paz Ferreira, juristas a

CMVM quer que Terra Peregrin aumente preço da OPA à PT SGPS

Após Isabel dos Santos ter apresentando um requerimento à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a entidade já respondeu. A CMVM quer que a empresária aumento o preço oferecido na OPA. O Conselho de Administração da PT SGPS já tinha dito que o valor oferecido por Isabel dos Santos não refletia o “valor intríseco

PT SGPS aconselha accionistas a “ponderar riscos” da venda

Em comunicado à CMVM, o Conselho de Administração da PT SGPS fornece algumas informações sobre o único tópico de discussão da Assembleia Geral de dia 12 de janeiro. Em linhas gerais, o comunicado fornece informação sobre todos os desenvolvimentos da venda da PT Portugal à Altice e também sobre a OPA feita pela Terra Peregrin

Ações da PT SGPS descem para menos de um euro

Pela primeira vez desde a OPA de Isabel dos Santos, as ações da Portugal Telecom foram hoje negociadas a menos de um euro. Ou seja, 27 por cento mais baratas do que o valor de 1,35 euros que a empresária angolana está disposta a oferecer por ação. Esta é a nona sessão seguida em que

Assembleia Geral da PT SGPS marcada para 12 de janeiro

Segunda-feira, dia 12 de janeiro de 2015, é o dia que pode oficializar a venda da PT Portugal à Altice. A reunião geral de acionistas da PT SGPS é a ponta solta desta venda. A assembleia será na sede da PT SGPS, em Lisboa, conforme foi anunciado em comunicado enviado à CMVM. Na ordem de

Queda da PT SGPS prejudica PSI 20

A queda das ações da PT SGPS levaram à desvalorização do PSI 20. A empresa terminou o dia a cair mais de cinco por cento.  O índice português terminou a cair 1,12 por cento, para os 4.920,60 pontos, num dia em que onze empresas encerraram em queda. A PT SGPS recuou 5,32 por cento para 1,14

Isabel dos Santos já respondeu às críticas da PT SGPS

Ainda que não tenha sido feito oficialmente, a empresária angola já reagiu aos comentários feitos pelo Conselho de Administração da empresa, que a acusavam e um plano de negócio “pouco claro” em relação ao futuro da PT. Isabel dos Santos respondeu que a venda da PT Portugal é um “negócio opaco”. As declarações foram feitas