privacidade

Facebook perde caso de privacidade na Bélgica

Um tribunal belga ameaçou o Facebook de uma multa que pode chegar até aos 100 milhões de euros se a rede social continuar a não respeitar as leis da privacidade que impedem o rastreamento de pessoas noutros sites.

ESET divulga maiores riscos em cibersegurança para 2018

O fim do ano é tempo de refletir sobre o que se passou e apontar estratégias e tendências para o ano seguinte. Na área da cibersegurança desperta especial atenção pois atinge não só as empresas mas também os indivíduos, que são cada vez mais o foco dos cibercriminosos como ponto de entrada nas organizações.

Firefox Focus para Android atinge um milhão de downloads

O browser da Mozilla para Android conseguiu, em apenas um mês no mercado, atingir um milhão de downloads. O facto evidencia a clara procura dos utilizadores por software que respeite a sua privacidade e proteja os seus dados de navegação online.

Firefox Focus chega ao Android

No ano passado, a Mozilla lançou um browser privado para iOS designado por Firefox Focus que bloqueia, por defeito, trackers de publicidade e permite apagar todo o histórico de transações, passwords e cookies de forma mais fácil. A app chegou hoje ao Android, anunciou a empresa no seu blog.

Bonecos inteligentes colocam crianças em perigo

Apesar do elevado grau de interatividade para as crianças, os brinquedos conectados à internet também representam um risco para a privacidade. Esta preocupação motivou a que 18 grupos dessem início a reclamações na Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos e na União Europeia. Em Portugal o alerta foi dado pela Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Web Summit | A tecnologia está a destruir a nossa privacidade

O primeiro debate do Web Summit foi sobre privacidade e colocou frente a frente Salil Shetty, secretário geral da Amnistia Internacional, e Robert Scoble, CEO e fundador do Scobleizer . A moderação esteve a cargo de Kurt Wagner, editor sénior do site Recode.

Dia Mundial da Palavra-passe: dicas para aumentar a segurança

A 5 de maio assinala-se o Dia Mundial da Palavra-passe, como forma de lembrar aos consumidores que a sua segurança e privacidade online dependem de passwords fortes e que são alteradas de forma regular. A Eset, por exemplo, recomenda a criação de “frases-passe.”

BlackBerry torna gratuitos serviços de privacidade do BBM

A BlackBerry continua o seu esforço para se manter relevante, num mercado onde detém agora cerca de 1% de quota mundial. A fabricante canadiana anunciou que vai deixar de cobrar pelas funcionalidades avançadas de privacidade do serviço de mensagens BBM.

Serviço ultraprivado de mensagens com vídeo é lançado pelo cofundador do Skype

Face à crescente invasão de privacidade, os utilizadores estão cada vez mais reticentes em relação à segurança nas trocas de mensagens nas suas redes. Atento a esse quadro, um grupo de ex-especialistas em tecnologia da Skype, apoiada pelo cofundador da plataforma de mensagens Janus Friis, lançou um serviço que promete encriptação de todas as conversas, incluindo as realizadas por vídeo.

Como proteger o smartphone na era da geolocalização

Há cada vez mais aplicações que requerem acesso aos dados de localização do smartphone. Na prática, a geolocalização do utilizador pode abrir um mundo de problemas de segurança e privacidade. Perguntámos à ESET como garantir níveis satisfatórios de proteção.

Mozilla emite nota de apoio à Apple na disputa com o FBI

A Mozilla juntou-se a uma coalizão de empresas de tecnologia, que inclui Amazon.com, Box, Dropbox, Evernote, Facebook, Google, Microsoft, Nest, Pinterest, Slack, Snapchat, WhatsApp e Yahoo!, em apoio à Apple na disputa com o FBI.

Pulseiras de fitness permitem seguir utilizadores via Bluetooth

Entre oito dos principais gadgets usados para monitorizar o exercício físico, apenas um previne a vigilância de terceiros usando Bluetooth: o Apple Watch. Todas as outras pulseiras permitem seguir o utilizador remotamente, de acordo com um estudo divulgado pela Open Effect.

Europa e EUA chegam a acordo para substituir ‘Safe Harbour’

A União Europeia e os Estados Unidos chegaram finalmente a acordo para substituírem o enquadramento de transferência de dados pessoais conhecido como “Safe Harbour.” Esta disposição legal funcionou durante 15 anos mas foi invalidada pelo Tribunal Europeu de Justiça no ano passado.

Europa e EUA falham acordo para a transferência de dados

A Europa e os Estados Unidos falharam o prazo para o estabelecimento de um novo acordo de transferência de dados, segundo revelou a Comissão Europeia esta segunda-feira. Em perigo estão as operações de mais de quatro mil empresas.

Estas são as piores passwords de 2015

Depois de cada episódio de arrombamento em bases de dados online os especialistas alertam para a utilização de passwords mais seguras, mas o aviso continua a ser ignorado por muita gente. E não, expressar o amor por Star Wars não é uma forma inteligente de enganar os piratas.

Consumidores preocupados com privacidade dos seus dados

Um relatório da Cagemini com base em conversas entre retalhistas e consumidores dos mais diversos países nas redes sociais não deixa grandes margens para dúvidas: os consumidores estão apreensivos em relação às iniciativas do retalho para proteger a sua privacidade. “O sentimento de 93% dos consumidores em relação ao assunto é negativo”, lê-se no documento.

Microsoft vai avisar utilizadores de ‘hacks’ governamentais

A Microsoft vai começar a avisar os utilizadores dos seus produtos sempre que suspeitar que um governo tentou entrar nas suas contas. A iniciativa representa uma mudança em relação a incidentes no passado, quando a empresa decidiu ocultar a proveniência de uma série de ‘hacks’ em 2011.

Microsoft avança contra governo dos EUA em caso de privacidade de emails

Se os Estados Unidos saírem vitoriosos da batalha legal que travam contra a Microsoft, as consequências internacionais podem ser perigosas. Caso seja decretado como legítimo que as autoridades norte-americanas possam exigir que uma empresa doméstica entregue, perante ordem judicial, emails armazenados em servidores no estrangeiro, a própria soberania dos Estados pode estar em xeque.

Tecnológicas travam batalha legal contra EUA sobre privacidade online

Um tribunal de recursos norte-americano vai decretar se é legítimo, ou não, as autoridades policiais dos EUA obrigarem empresas tecnológicas nacionais a entregarem emails armazenados em servidores no estrangeiro. A Microsoft é um dos grandes opositores a esse direito das autoridades e vai apelar, na audiência de amanhã, à revogação desse poder.

Analista diz que Windows 10 protege privacidade dos utilizadores

A ESET diz que Windows 10 respeita a privacidade dos utilizadores, mas que estes podem decidir se querem que as aplicações do sistema operativo tenham menor ou maior acesso às suas informações pessoais, a fim de aprimorar a experiência de utilização.