PMEs

Uma em cada quatro PME nacional não apresenta uma estratégia digital

As PME estão portuguesas ‘on’? A pergunta foi feita pela PSE que, com base na análise deuma ‘selfie’ do tecido empresarial português, que retrata a percepção que os próprios gestores e técnicos têm do desenvolvimento digital das suas organizações, confirma: as PME estão a perder muitas das vantagens que a economia digital tem para oferecer. Numa sociedade definida pela revolução na comunicação, que alterou o modo de vida das pessoas, e consequentemente, a forma de trabalhar das empresas, uma em cada quatro (26%) PMEs nacionais não apresenta uma estratégia digital.

Grenke Portugal ultrapassa os 300 milhões de euros

A Grenke Portugal alcançou um resultado importante para a empresa: pela primeira vez, desde que está em Portugal, ultrapassou os 300 milhões de euros em equipamento alugado, tendo atingindo também os 45 mil contratos celebrados.

RYME+ apoia internacionalização de 102 PMEs

O projeto RYME + (Rede transnacional de apoio à internacionalização de PME: Ferramentas Inovadoras de Matching e Mentoring), que funciona num consórcio europeu liderado pelo Instituto Pedro Nunes (IPN), selecionou 102 empresas para serem apoiadas na sua internacionalização, sendo que 33 destas são portuguesas.

Mais de metade das PMEs defende importância de aprender umas com as outras

É um das principais conclusões do inquérito “The Future of Business”, que revela a importância da aprendizagem conjunta entre PMEs, como forma de estimular o crescimento das empresas. Fruto de uma colaboração contínua entre o Facebook, a OCDE e o Banco Mundial, o inquérito é aplicado a nível internacional, incluíndo a situação no mercado português.

Alcatel-Lucent Enterprise disponibiliza nova geração de UC&C às PMEs

A Alcatel-Lucent Enterprise traz para o mercado das PMEs uma nova abordagem às TI com o conceito de “Make IT Simple”. O lançamento do Alcatet-Lucent OXO Connect, com a mais recente OpenTouch Suite para PMEs, e da nova oferta de entrada de gama WLAN consolida a nova abordagem através de comunicações avançadas, UC&C e redes IP fiáveis.

PMEs arriscam prejuízos de até 33.700 euros, diz estudo

O orçamento médio necessário para recuperar de uma falha de segurança é de 490 mil euros no caso das grandes empresas e de 33.700 euros no caso das pequenas e médias empresas. Esta é uma das principais conclusões do relatório sobre riscos corporativos de segurança TI, elaborado pela Kaspersky Lab. Segundo este relatório, as falhas de segurança mais caras para as empresas são a fraude causada por colaboradores da própria organização, a ciberespionagem, as intrusões na rede por terceiros e as falhas de segurança de fornecedores.

Nova solução da Information Builders ajuda PMEs

A Information Builders revelou que a sua solução WebFOCUS Express estará disponível através da sua rede de parceiros. Esta plataforma translada toda a potência da tecnologia de BI e analytics de última geração da Information Builders para as pequenas e médias empresas, assim como para departamentos específicos de grandes organizações. Graças ao WebFOCUS Express os utilizadores deste tipo de companhias poderão transformar os seus dados em informação útil, sem necessidade de possuir conhecimentos de TI. Além disso, terão a possibilidade de realizar análises de dados mediante dashboards e relatórios usando qualquer dispositivo móvel e em tempo real.

Facebook melhora negócio das empresas com atualização de Pages para mobile

O Facebook lançou novas atualizações para o Pages em versão mobile, uma aplicação que ajuda os negócios e PMEs a construírem e desenvolverem a sua presença online, comunicando mais facilmente com os consumidores. A atualização visa facilitar o destaque de informação relevante de forma a que as empresas atinjam os seus objetivos.

Como fazer crescer o seu negócio com o Facebook

Na sequência da parceria celebrada entre a Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas (ANPME) e o Facebook, realizaram-se três sessões de formação gratuitas, em Lisboa, Coimbra e Porto, onde centenas de empresários e empreendedores puderam adquirir e sistematizar conhecimentos para potenciarem os seus negócios através da rede social.Conjugando os objetivos de ajudar as pequenas