Internet das Coisas

Tesla: “os hackers são um grupo muito importante para nós”

A conferência Def Con, que decorre todos os anos em Las Vegas, é uma das maiores convenções de hackers em todo o mundo. Na última edição, este sábado, Khobi Brooklyn, porta-voz da Tesla, lisonjeou os hackers, dizendo que são um grupo muito importante para a empresa.

Maioria dos consumidores não confia na segurança online, diz estudo

A era da Internet das Coisas está a caminho. É inevitável. Já em 2020, quase metade dos consumidores vai ter pelo menos um dispositivo conectado, segundo diz um estudo da Accenture. Como resultado, o volume de tráfego de dados vai crescer de forma explosiva. Neste novo mundo, em que pouco ficará por conectar, o sucesso das empresas vai estar dependente da “confiança digital” dos utilizadores da internet, alerta a empresa norte-americana.

“Área de seguros em Portugal vive maturidades tecnológicas diferentes”

Em declarações à CIONET, a maior comunidade de executivos de TI na Europa, Gil Salema da Costa, CIO da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), afirmou que as empresas da área de seguros estão em estágios muito diferentes no que diz respeito à implementação de tecnologia.

Intel e Indra unem-se para criar uma nova oferta de Smart Energy

Foi hoje anunciada uma parceria entre a Intel e a Indra cujo objetivo é o desenvolvimento de soluções conjuntas nas áreas da Internet das Coisas (IoT) e Internet Industrial (II) para clientes do setor energético. A nova colaboração é mais um contributo para a área de Smart Energy, que tem por base os processadores da Intel e os gateways da Indra.

Os perigos da IoT aos olhos de Eugene Kaspersky

Numa entrevista recente à NBC News, Eugene Kaspersky, ícone da segurança informática e fundador da quarta maior empresa de antivírus do mundo, expressou os seus receios em relação à internet das coisas, chamando-lhe “a internet das ameças”.

O casamento entre as IoT e a aviação está para breve

Atualmente, a expressão da Internet das Coisas no mundo da aviação ainda é fraca. Mas, segundo uma investigação realizada pela SITA, a maioria das companhias aéreas considera que este panorama se vai alterar significativamente nos próximos três anos.

IDC debate Internet das Coisas

No próximo dia 23, terça-feira, a IDC vai dedicar-se a debater a Internet das Coisas, de resto um conceito que está no centro da visão da IDC sobre a 3ª Plataforma Tecnológica. O evento vai decorrer da parte da manhã na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa.

Google planeia sistema operativo exclusivo para Internet das Coisas

O próximo movimento da Google deve ser um novo sistema operativo, feito do zero, sob medida para rodar em toda a sorte de aparelhos. A ideia é estabelecer finalmente um padrão viável para a Internet das Coisas, que apesar de ter um potencial incrível, ainda sofre com a fragmentação de iniciativas. Esperado para ser anunciado

Intel Security desenvolve segurança para Internet das Coisas no setor médico

A Intel Security, em cooperação com a Onyx Healthcare, empresa especializada em tecnologia médica, integrou sua expertise em segurança às linhas de produtos da Onyx, ajudando-a a atender as regulamentações internacionais e a garantir a excelência em segurança, em especial nos equipamentos de monitorização médica. Serão agregados aos sistemas da Onyx a tecnologia de proteção do

Internet das Coisas potencia as operações logísticas

A DHL, fornecedora mundial de serviços de logística, e a Cisco, líder mundial em TI, lançaram em conjunto um novo Relatório de Tendências com foco em Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) que estima que haverá 50 mil milhões de dispositivos conectados à Internet até 2020 (em comparação aos 15 mil milhões de hoje) e

Tencent lança SO para Internet das Coisas

A Tencent acaba de lançar um novo sistema operativo que espera vir a ser o seu estandarte na esfera da Internet das Coisas. Com este ecossistema aberto a todos os programadores, a empresa chinesa quer ganhar força para batalhar com as suas rivais conterrâneas, como a Xiaomi e a Alibaba, no mercado dos equipamento conectados.

IBM quer ajudar empresas a monetizar Big Data

A IBM vai apostar três mil milhões de dólares na sua nova divisão de Internet das Coisas. Este investimento deverá ser aplicado ao longo dos próximos quatro anos e vai monetizar os conhecimentos da tecnológica em matéria de recolha e análise de dados. Os serviços da IBM para a área da Internet das Coisas, ou

IoT gerará mais de 14 milhões de milhões de dólares até 2030

Estudo da Accenture mostra que a Internet das Coisas pode contribuir com  14,2 milhões de milhões de dólares para a produção mundial, até 2030. No entanto, existem países que precisam de melhorar as suas infraestruturas para adotar a tecnologia.   O relatório resulta de entrevistas feitas com 1,4 mil responsáveis de empresas, incluindo 736 CEOs.

Huawei quer reforçar segmento de smartphones e apostar em IoT

Para o CES 2015 a Huawei levou consigo mais de uma centena de produtos. Durante o evento internacional de eletrónica de consumo, a tecnológica chinesa demonstrou que as suas maiores apostas incidem agora sobre smartphones, soluções de mobilidade e Internet das Coisas. No decorrer daquele que é considerado o maior evento tecnológico do mundo, a

Samsung quer investir 83 milhões na Internet das Coisas

A Internet das Coisas marcou o discurso de abertura da edição de 2015 do CES, que ficou a cargo do CEO da Samsung Electronics, BK Yoon. No seu discurso, Yoo sublinhou a necessidade de maior abertura e colaboração nas várias indústrias, para que se possa atingir o total potencial da Internet das Coisas. “A Internet

Internet das coisas: o futuro da prevenção de dados

A Internet das Coisas vai complicar o cenário de segurança em casa, na empresa e no seu deslocamento diário. A preocupação dos responsáveis pela segurança é com os servidores Web, sobretudo pelos diferentes dispositivos que têm senhas fracas ou padrão. Recentemente, um caso internacional de acesso a imagens geradas por câmeras privadas de videomonitoramento de

Internet das Coisas

À medida que temas como a Cloud e Big Data caminham para a maturidade, novos conceitos, como a Internet das Coisas, assumem o destaque. Esta tendência é confirmada pela Gartner que coloca em 2014  a “Internet of Things” (IOT) como estando no topo das expectativas das tecnologias emergentes.  A IOT, pode definir-se como múltiplos dispositivos conectados à internet que

Internet das Coisas e redes Wi-Fi, por Abby Strong

Como proteger os dispositivos da Internet das Coisas em uma rede Wi-Fi Escrito por Abby Strong* O mais recente desafio para as empresas, nesta era de extrema conectividade, já não é o mais rápido e fabuloso modelo de smartphone ou o mais poderoso laptop ligados à rede. Mas sim a presença de novos e diferentes dispositivos que

Nest da Google vai comprar Dropcam

A Nest Labs, especializada em automação doméstica e comprada pela Google, vai adquirir a startup de segurança Dropcam por 555 milhões de dólares, uma estratégia que visa fortalecer as suas ofertas para as chamadas “casas inteligentes”, residências nas quais redes de múltiplos dispositivos fornecem serviços através de uma banda larga de alta velocidade. Apesar de

Check Point refere cinco chaves para segurança na Internet das Coisas

A Check Point divulgou aquilo que considera ser “as cinco chaves principais para a segurança na Internet das Coisas”, onde junta as maiores ameaças e desafios relacionados com a tendência atual para a conectividade de todos os objetos domésticos. A IDC prevê que, em 2020, 200 mil milhões de dispositivos estejam conectados em todo o

As quatro principais novidades da Intel para o MWC

A Internet das Coisas, as plataformas de conetividade LTE, os novos acordos com fabricantes e o seu chip Moorefiled, são os focos mobile principais da Intel este ano. O Mobile World Congress de Barcelona começou por trazer ao mercado as principais novidades do mercado mobile por parte das empresas tecnológicas. Uma delas foi a Intel,

Indústria eletrónica vê o futuro na Internet das Coisas

Um grupo de onze diretores executivos da indústria eletrónica, incluindo chefes da ARM, Infineon e STMicroelectronics, recomendaram que a União Europeia criasse centros de pesquisa focados na “Internet das Coisas” como parte de uma estratégia para travar o declínio das ações europeias da indústria global de semicondutores. A recomendação é parte de um documento entregue

Intel cria Internet of Things Solutions Group

A Intel criou uma nova business division direcionada para fazer dinheiro a partir de uma onda de nova tecnologia que pode ser conectada a um host de dispositivos eletrónicos. Tanto a Intel como outras empresas de tecnologia estão a apostar que aquilo a que chamam a “Internet das coisas” vai criar uma procura massiva por