Férias

Facebook serve de inspiração para escolha de férias

O estudo da momondo “Travel Trends 2016” revelou que 61% dos Portugueses admite que o Facebook os ajuda a encontrar ideias para as suas férias. Isto enquanto 49% prefere conversar com os seus amigos e família ou procurar dicas em sites de viagens.

Ler o email de chinelo e na piscina

Antero Gama, diretor de marketing da Eticadata, não tem qualquer problema em dizer que é inevitável “mantermo-nos ligados pois o negócio assim o exige. E uma vez que as tecnologias o permitem, essa ligação é imprescindível”. Quando lhe perguntamos se vai ao email e quantas vezes por dia, deu-nos a “rainhas” das respostas: “antes dos

Desligar do negócio em férias? Só mesmo se não houver rede!

A época clássica de férias acabou. Bem, na verdade, está visto que os gestores e decisores das empresas não se conseguem desligar completamente da rede, mesmo em períodos de descanso. Email, redes sociais, aplicações de negócio… ninguém resiste em ir dar uma espreitadela entre um mergulho e uma almoçarada… A “B!T” resolveu lançar o desafio

Férias… mas com o portátil

Francisco Fonseca, CEO da AnubisNetworks, diz que idealmente preferia poder desligar-se completamente, mas nem sempre isso é possível. “Depende dos anos”, explica. O responsável tem acesso ao seu email normalmente de manhã cedo e volta a lá dar uma saltada à noite. Quando a indicadores de negócio durante o seu período de férias, admite que

É inevitável estar ligado

Pedro Vaz Paulo, CEO da Gatewit não tem qualquer dúvida: é inevitável manter-me ligado ao negócio. “Apesar de ter uma equipa preparada para dar resposta a qualquer situação que surja, acabo sempre por estar em contacto com os diretores de departamento. Mesmo durante as minhas férias acabo por dar feedback a projetos e fazer sugestões”.

Desligar? Não é possível…

No princípio até estava a correr “bem”. E Rui Serapicos, managing partner da CIOnet Portugal, até começou por dizer que é importante desligar do trabalho por algum tempo. Mas… no entanto, “com a quantidade de projetos que estamos a implementar não é possível desligar”. E pronto, apesar do abrandamento do país, “nem todos param e

Candy Crush é rei nas férias

Já João Pequito, CEO da PSE, não se deixa enganar: é impossível desligar-se mesmo estando em férias, confessa. “A diferença é que agora poderemos tratar de alguns assuntos, por exemplo, com os pés dentro de água”. Vai ao email uma a duas vezes por dia, de manhã e ao fim da tarde. Até porque tem

Desligar… mas pouco

Anselmo Branco, sales & services director da Canon Portugal, sai para férias sempre com a intenção de se desligar “mas, inevitavelmente, e principalmente nos primeiros dias, continuo a pensar e agir como se estivesse no escritório. A partir da segunda semana desligo-me um pouco mais, mas nunca completamente”. O responsável admite ver o assunto de

Um companheiro chamado portátil

Isabel Sánchez-Lozano, diretora-geral da Transcom Ibéria & América Latina é mais uma responsável que se mantém sempre ligada. Aliás, até agora todos os gestores admitem a sua pouca “capacidade” para se desligarem dos negócios mesmo em período de férias. “O facto de estar informada de qualquer novidade relacionada com o negócio da Transcom que possa

Só mesmo se não houver rede

Paulo Carvalho, diretor-geral SAP Portugal, vai mais longe. “Só me desligo completamente se estiver num local sem rede móvel, o que é cada vez mais difícil de acontecer”. Ou seja, basicamente o gestor não consulta o email mas, antes, “o email vem até mim sempre que é necessário”.  Aliás, na SAP o negócio é gerido em

É difícil desligar por completo nas férias

Inês Vaz Pereira, Portugal managing director da Talentia Software, diz que é difícil desligar por completo nas férias, principalmente em projetos de expansão como o da Talentia Software. “Não digo que esteja todo o dia ligada, mas há sempre ‘aquele momento’ em que não nos podemos desligar!” Por isso, e quando lhe perguntamos quantas vezes

Estar ligado: Necessidade ou Vício?

Manuel Mira Godinho, CEO da Glintt não podia ser mais “honesto”. Diz que é inevitável estar ligado mas… “também pode já ser vicio. Difícil de saber… “ O responsável vai várias vezes por dia ao email, até porque “ter o iPhone com acesso ao mail é no que dá. Vira rotina”. O responsável da Glintt

“Estou sempre ligado”

João Amaral, CEO da Toshiba, não consegue “mentir”. “Estou sempre ligado”, confessa. “Nunca coloco no meu correio empresarial a mensagem de aviso que estou de férias”. E explica que “hoje em dia, por forma a maximizar a rentabilidade do negócio, as empresas têm cada vez mais estruturas pequenas e sem duplicação de recursos, Por esse

Já usou o Google em papel?

A família Wiethe enfrentou um problema dos tempos modernos no seu acampamento de férias em Otter, na Alemanha: estavam sem internet. O pai Michael e o filho Timm precisavam de encontrar informações sobre uma espécie de esquilo e resolveram aceder ao Google… em papel. Pode até parecer uma história inventada mas os protagonistas garantem ser verdadeira.

Kaspersky lança conselhos para ter férias seguras

Com o aproximar de agosto, muitos vão usufruir de férias. A Kaspersky reconhece que ser vítima de infeção por malware, fraude ou qualquer outro tipo de ataque é, por si só, um problema sério, tornando-se ainda mais grave quando viajamos e não dispomos dos recursos habituais que temos em casa. Uma das dicas da Kaspersky,