FCC

Charter chega a acordo de 79 mil milhões para compra da Time Warner Cable

A Charter Communications divulgou que chegou a um valor final para o acordo que resultará na compra da concorrente Time Warner Cable e criará um colosso no setor de TV por cabo nos EUA. O negócio que totaliza quase 79 mil milhões de dólares é maior que o valor previsto inicialmente pelos analistas financeiros, de “apenas”

AT&T paga multa de 25 milhões de dólares por falha de segurança

O regulador norte-americano para as comunicações penalizou uma quebra de segurança da AT&T com uma multa de 25 milhões de dólares. Em causa está a exposição pública de milhares de informações privadas de clientes da operadora. Mais de 280 mil clientes da AT&T viram os seus dados pessoais violados graças a uma falha de segurança da

Operadoras nos EUA já são obrigadas a desbloquear telemóveis

O acordo firmado, em 2013, entre a FCC e as operadoras norte-americanas definiu este mês como o prazo máximo para que se tornasse obrigatório o desbloqueamento dos telemóveis. A partir de agora, qualquer telemóvel comprado poderá ser utilizado nas diferentes redes sem limitações. A questão do desbloqueamento dos telemóveis para que o utilizador possa mudar

Novas leis da Internet podem dar à Google o que ela quer

A nova legislação sobre a neutralidade da Internet, em consideração pelo governo norte-americano, poderá dar à Google a resposta por que tanto esperava. A ser aprovado, este conjunto de normas permitirá à gigante tecnológica a tão cobiçada oportunidade de expansão para o setor do fornecimento de serviços de telecomunicações.   A Comissão Federal de Comunicações

FCC não vai opinar ainda sobre fusão Comcast-Time Warner Cable

A Comissão Federal de Comunicações adiou por três semanas o prazo para emitirem uma deliberação sobre a proposta de fusão da Comcast e da Time Warner Cable, um negócio que ronda os 45,2 mil milhões de dólares. Alegando que precisa de mais tempo para analisar os cerca de 31 mil documentos relativos ao acordo que

Setor da Internet dos EUA contra normas restritivas da FCC

Fornecedores de serviços de Internet norte-americanos expressaram hoje a sua indignação face aos planos da Comissão Federal de Comunicações (FCC) para aplicar medidas mais severas ao setor. A entidade reguladora norte-americana quer restringir a liberdade que os fornecedores de serviços de Internet (ISP) detêm sobre a gestão do tráfego nas suas redes, uma estratégia que

Tecnológicas exigem novas regras de neutralidade da net

Algumas das maiores empresas norte-americanas do setor da Internet pediram hoje à Comissão Federal de Comunicações (FCC) que aplicasse normas mais austeras aos fornecedores de serviços de Internet, dificultando, ou mesmo impedindo, que estes possam priorizar o acesso a determinados websites através da uma maior velocidade de tráfego. A Associação da Internet, órgão defensor das

FCC estreita leis de neutralidade para operadores wireless

A Comissão Federal de Comunicações está, segundo consta, a planear estreitar as regulações de neutralidade da Internet para os fornecedores de serviços de acesso online móvel, uma jogada que é apenas uma parte de uma ampla estratégia de reforma. Como parte do seu plano de reestruturação, a FCC está a considerar eliminar as exceções às

CFC reformula proposta de normas para a “Internet Aberta”

Reguladores federais vão uma vez mais tentar implementar normas que assegurem que fornecedores de banda-larga não bloqueiem nem atrasem o acesso a conteúdo da Internet, ou cobrem a fornecedores de conteúdo com a Netflix ou a Amazon por serviço web mais rápido. O plano da Comissão Federal de Comunicações para as regras da alegada “Neutralidade

Sprint pode apresentar proposta para adquirir a T-Mobile

Segundo uma fonte próxima da agência, o presidente do Conselho da Sprint, Masayoshi Son, deve se reunir esta semana com o presidente da Comissão Federal de Comunicação, Tim Wheeler. Este encontro acontece na mesma altura em que a Sprint – terceira maior operadora norte-americana – se prepara para fazer uma oferta pela rival T-Mobile. De

FCC considera fim da proibição de chamadas em voo

A comissão federal de comunicações norte-americana (FCC) está a considerar permitir aos passageiros de linhas aéreas fazer chamadas usando os seus telemóveis a altitudes superiores a dez mil pés. No dia 12 de dezembro, a agência de comunicações vai votar nas regras para que os passageiros possam fazer chamadas durante o voo. A mudança vai,