Estados Unidos

Facebook. Fotos privadas podem ser usadas em tribunal

Um tribunal de Nova Iorque definiu que os utilizadores dos Facebook podem ser obrigados a entregar fotografias e outras informações relevantes para uma determinada litigação, mesmo que essas fotos ou informações estejam publicadas como “privado”.

Estados Unidos encerram site de roubo de identidade

O departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou a queda de um dos maiores círculos globais de cibercrime. O mesmo departamento ainda acusou 36 pessoas de tráfico de identidade roubadas e que causou prejuízo de mais de 530 milhões de dólares.

Dropbox prepara entrada em bolsa

Ao que tudo indica, o serviço de cloud Dropbox prepara-se para a sua oferta pública inicial. O serviço baseado em São Francisco, Estados Unidos, pediu confidencialmente a entrada na bolsa norte-americana.

Bancos norte-americanos focados na cibersegurança

Congresso norte-americano questionou os reguladores bancários sobre os recentes ataques à rede SWIFT. Bancos dizem que estão focados nos riscos e nos controlos da cibersegurança para as instituições financeiras.

Europa e EUA chegam a acordo para substituir ‘Safe Harbour’

A União Europeia e os Estados Unidos chegaram finalmente a acordo para substituírem o enquadramento de transferência de dados pessoais conhecido como “Safe Harbour.” Esta disposição legal funcionou durante 15 anos mas foi invalidada pelo Tribunal Europeu de Justiça no ano passado.

Europa e EUA falham acordo para a transferência de dados

A Europa e os Estados Unidos falharam o prazo para o estabelecimento de um novo acordo de transferência de dados, segundo revelou a Comissão Europeia esta segunda-feira. Em perigo estão as operações de mais de quatro mil empresas.

China prendeu hackers suspeitos de atacar empresas norte-americanas

Sem grande aparato e a pedido dos EUA, o governo chinês capturou cibercriminosos nacionais suspeitos de terem roubado e vendido segredos comerciais de empresas norte-americanas. A operação aconteceu em meados de setembro e é vista como uma maneira de atenuar as tensões entre a China e os Estados Unidos, que já ameaçaram Pequim com sanções económicas caso persistam os ciberataques promulgados pelo governo.

Acordo de cibersegurança entre China e EUA olhado com ceticismo

O diretor dos serviços de inteligência norte-americanos encara com ceticismo o acordo estipulado entre Obama e Xi Jinpin, e acredita que pode não ser tão eficaz como desejado no combate à criminalidade cibernética e aos ataques que têm atingido as infraestruturas informáticas dos Estados Unidos.

Obama e Xi Jinping chegam a acordo mas mantêm-se as tensões

Os Presidentes Barak Obama e Xi Jinping vão unir forças para combater a criminalidade cibernética. Mas, apesar do entendimento entre duas das mais fortes potências económicas e tecnológicas mundiais, o Chefe de Estado norte-americano não deixou de sublinhar que os hackers chineses que insistirem em penetrar as defesas cibernéticas dos Estados Unidos não ficarão impunes.

Tecnológicas travam batalha legal contra EUA sobre privacidade online

Um tribunal de recursos norte-americano vai decretar se é legítimo, ou não, as autoridades policiais dos EUA obrigarem empresas tecnológicas nacionais a entregarem emails armazenados em servidores no estrangeiro. A Microsoft é um dos grandes opositores a esse direito das autoridades e vai apelar, na audiência de amanhã, à revogação desse poder.

EUA reforçam resposta a ciberataques contra as suas infraestruturas

O governo norte-americano está a considerar aplicar sanções às empresas e particulares que pensa terem estado por detrás dos ciberataques às suas corporações. A China é um dos países que encima a lista de alvos desta “retaliação” de Washington, que surge pouco tempo antes de uma visita oficial do Presidente chinês aos Estados Unidos.

Alibaba vende unidade norte-americana depois de falhar entrada nos EUA

A Alibaba quer vender a sua plataforma norte-americana de e-commerce 11 Main. O negócio vai passar para as mãos da rival OpenSky, depois daquela que foi a primeira tentativa da empresa chinesa para capitalizar o mercado online dos Estados Unidos não ter consigo sair da pista de descolagem.

Polícia dos EUA cria “zonas seguras” para finalizar transações online

As autoridades norte-americanas estão a criar espaços seguros onde as pessoas podem completar transações começadas na Internet. Desta forma, querem evitar-se roubos, esquemas de fraude ou mesmo mortes muitas vezes potenciados pelas plataformas de comércio online. Por todos os Estados Unidos, dezenas de departamentos da polícia e de xerifes estão a ceder parte das suas

Hackers roubam dados de milhões de funcionários do governo dos EUA

A infraestrutura informática do governo norte-americano foi vítima de um ataque informático que pode ter colocado em xeque os dados pessoais de cerca de quatro milhões de antigos e atuais funcionários federais. As investigações já começaram e a agulha da bússola parece apontar para a China. Este ciberataque, de acordo com análises preliminares, parece ter

Deutsche Telekom considera parceria para a T-Mobile

Tim Hoettges, CEO da Deutsche Telekom, afirmou esta quinta-feira que irá considerar qualquer parceiro que possa aumentar a rentabilidade das suas operações em solo norte-americano. A Deutsche Telekom detém 66 por cento da T-Mobile US e o CEO da empresa alemã afirmou que “é nosso dever melhorar o retorno da T-Mobile US”, acrescentando que “se

Altice compra Suddenlink e entra no mercado dos EUA

A Altice vai finalmente entrar no mercado norte-americano. Com o anúncio da compra de 70 por cento da Suddenlink e com uma OPA lançada à Time Warner Cable, a operadora francesa vai começar a dar os primeiros passos no setor transatlântico de telecomunicações por cabo, dando azo à estratégia de expansão no subcontinente norte-americano do

Jack Lew discute novas leis tecnológicas da China

O Secretário de Estado do Tesouro, Jack Lew, discutiu com o governo chinês as mais recentes alterações nas políticas tecnológicas que têm deixado Washington de sobrolho franzido. Os Estados Unidos acreditam que as novas leis chinesas prejudicam os negócios das empresas estrangeiras na potência asiática. A China quer passar uma lei que obriga todas as empresas

Xioami chega aos EUA…mas sem smartphones

A Xiaomi vai começar a vender os seus produtos online nos Estados Unidos dentro dos próximos meses. Apesar de ser conhecida pelos seus smartphones de baixo custo que derrubaram os da Samsung na Ásia, a fabricantes chinesa só vai vender, por agora, headphones, pulseiras inteligentes e uns quantos outros acessórios, mas nada de telemóveis. Através

Forte pressão leva Verizon a cair no quarto trimestre

Os resultados da Verizon para o quarto trimestre falharam as estimativas e atingiram valores abaixo dos esperados. A maior operadora móvel norte-americana tem sofrido com as sucessivas quedas de preços e tem sido afetada pela crescente competição. Os lucros médios da Verizon nos últimos três meses de 2014 foram de 71 cêntimos por ação, enquanto

Apple dispensa programadores de apps na Crimeia

Os developers que têm conta da Apple registada na Crimeia estão a receber uma mensagem que avisa que já não vão poder continuar a criar aplicações para a empresa. A justificação prende-se com o clima de tensão entre os EUA e a Rússia, que anexou a região ucraniana.  Em dezembro de 2014, o Governo norte-americano criou

Obama quer reforçar privacidade digital dos cidadãos

Washington vai hoje discutir três novos projetos de lei que visam reforçar a proteção dos dados dos utilizadores norte-americanos. O Presidente Barack Obama tem, nos últimos tempos, levado a cabo uma multiplicidade de intervenções para assegurar a privacidade dos seus cidadãos. Reconhecendo o enorme volume de dados que os utilizadores dos Estados Unidos –e não só

Setor da Internet dos EUA contra normas restritivas da FCC

Fornecedores de serviços de Internet norte-americanos expressaram hoje a sua indignação face aos planos da Comissão Federal de Comunicações (FCC) para aplicar medidas mais severas ao setor. A entidade reguladora norte-americana quer restringir a liberdade que os fornecedores de serviços de Internet (ISP) detêm sobre a gestão do tráfego nas suas redes, uma estratégia que