ESPECIAL SEGURANÇA

ESPECIAL | S21sec: Banca é um oásis no panorama da segurança

2016 será um ano de grandes desafios para o mercado da segurança, com grande destaque para tudo o que tenha ver com cenários de implementação e utilização do conceito de cloud, Carlos Silva, responsável pelos serviços de integração em Portugal e Espanha da S21sec.

ESPECIAL | Kaspersky: colaboradores são o elo mais fraco

Quando se trata de segurança informática empresarial, os colaboradores das empresas são, muitas vezes, o elo mais fraco da cadeia, frequentemente aproveitado pelos cibercriminosos para entrar nas organizações, diz Alfonso Ramirez, general manager da Kaspersky Lab Iberia.

ESPECIAL | NetApp: Empresas nacionais já veem a segurança como uma das principais preocupações

Com a cada vez maior adoção de soluções em que os datacenters das empresas estão distribuídos por múltiplos sites – algumas vezes sendo esses sites de empresas externas à sua – as companhias procuram hoje formas de se proteger. E apesar de adoptarem arquitecturas de datacenter distribuídas querem garantir a confidencialidade e privacidade dos seus dados, diz Daniel Cruz, territory manager NetApp Portugal.

ESPECIAL | Microsoft: segurança da informação é um papel de todos

Os riscos para as empresas são hoje múltiplos e inevitáveis. E a questão já não é “se” a empresa for atacada, mas sim “quando” a empresa for atacada. Sandra Miranda Ferreira, Chief Technology Officer na Microsoft Portugal, admite que os recursos humanos serão uma competente arma de defesa desde que capacitados para tal (em tecnologia e competências). “A segurança da informação é um papel de todos”, diz esta responsável.

ESPECIAL | Novabase: Resiliência e regulação vão ocupar lugar de destaque

Durante 2016, as empresas de todas as dimensões irão intensificar o movimento das suas infraestruturas de comunicações, sistemas e aplicações para a cloud, desmaterializando o que resta das suas fronteiras tecnológicas, diz a Novabase. A segurança, segundo esta tecnológica, muda de vez para um paradigma onde a resiliência e a regulação passarão a ocupar lugar de destaque.

ESPECIAL | EMC: empresas ainda são reativas à segurança

Richard da Silva, da RSA, a divisão de segurança da EMC, não tem qualquer dúvida: as empresas já têm noção do valor dos seus dados. O  problema parece estar na maturidade de cada uma delas. “A maioria está ainda muito reativa, com uma ideia de quem nos vai querer atacar?. Outras estão numa fase mais avançada de compliance: fazendo uma defesa contra as ameaças conhecidas e mentalidade de tick in the box”.

ESPECIAL | IBM: Segurança já é discutida nos conselhos de administração

Nos últimos anos, a segurança informática tem passado de uma discussão de técnicos para, cada vez mais, ser tema de discussão em Conselhos de Administração. Ao mesmo tempo, as organizações têm mudado bastante a forma de fazer negócio. Muitas vezes, diz a IBM, os clientes pedem a opinião da empresa norte-americana sobre como é que a segurança pode suportar os seus negócios nas suas iniciativas que são frequentemente disjuntivas.

ESPECIAL | Cisco: IoT e BYOD ampliaram campo de ação dos cibercriminosos

Tal como cloud, também a Internet das Coisas e o BYOD ampliaram o campo de ação dos cibercriminosos que, diz a Cisco, dirigem agora os seus ataques para múltiplos vetores como dispositivos móveis, browsers e aplicações web, hypervisors, redes sociais, PC e veículos, tirando partido ainda da estrutura da internet.

EDITORIAL: A segurança não pode impedir o progresso

Está em cima da mesa a inultrapassável razão pelas qual as empresas não aderem definitivamente, e com o ritmo desejado, à digitalização. Já ninguém aceita a desculpa da infraestrutura que durante os últimos três anos vigorou para justificar a razão pela qual as empresas europeias, por exemplo, estavam a levar mais tempo a aderir a sistemas como a Cloud ou a análise de dados (Big Data).