Edward Snowden

NSA automatiza processos de crime online

Últimas revelações de Edward Snowden mostram que a NSA planeia a automatização dos processos de hacking. A National Security Agency (NSA) continua a dar que falar relativamente aos seus métodos pouco ortodoxos de espionagem, agora que Edward Snowden alertou para a intenção da agência de automatizar muitos dos seus processos de recolha de informação. A

Edward Snowden apela à encriptação pelas empresas de tecnologia

Edward Snowden falou na South by Southwest Interactive Conference em Austin, relativamente à importância da encriptação de dados por parte das empresas de tecnologia. Edward Snowden, antigo analista da National Security Agency (NSA) falou para três mil pessoas em Austin, a partir de Moscovo, no contexto da South by Southwest Interactive Conference, sublinhou a importância

Firma de advogados vigiada durante negociação internacional

Uma sociedade de advogados anónima norte-americana foi apanhada na vigilância mundial da Agência de Segurança Nacional (NSA) e dos seus parceiros australianos, de acordo com uma peça jornalística do The New York Times. Um documento classificado obtido por Edward Snowden mostra que a firma estava ser monitorizada enquanto representava um governo estrangeiro em conflitos comerciais

Empresas expõem pedidos do Governo para acesso a informação

O Facebook, a Microsoft, a Yahoo! e a Google divulgaram ontem pormenores relativamente ao número de pedidos governamentais para acesso a informação das empresas, com o objetivo de restringir o seu envolvimento em controvérsias que envolvam a vigilância das organizações do governo. As indústrias tecnológicas insistem cada vez mais numa maior transparência para com os

Microsoft tenta revolucionar acesso à informação

A Microsoft vai permitir aos clientes estrangeiros terem dados pessoais armazenados em servidores fora dos Estados Unidos. A empresa norte-americana Microsoft tem sugerido que os clientes ultramarinos possam ter os dados armazenados em data centers que não sejam dos Estados Unidos. Esta está a ser vista como a mudança mais radical feita por uma empresa de

Google não sabia da ciberespionagem da NSA

O presidente da Google, Eric Schmidt, garante que a empresa não tinha conhecimento sobre as escutas efetuadas pela Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos. O executivo mostra-se determinado em mostrar que a multinacional não teve nada a ver com as ações de ciberespionagem da NSA e da GCHQ, serviços secretos britânicos, que desviaram dados

NSA recolheu milhões de SMS por dia

Segundo um documento fornecido por Edward Snowden, a Agência Nacional de Segurança norte-americana acedeu a mais de 194 milhões de mensagens de texto por dia. Informação de localização, contactos e transações bancárias foram registadas a cidadãos em todo o mundo não visados em investigações ou atividades ilegais. O programa Dishfire, que ainda estava ativo em

Revelações de Snowden duplica pesquisas no DuckDuckGo

O escândalo de espionagem do governo norte-americana no ano passado, revelado por Edward Snowden, fez aumentar a popularidade do motor de busca DuckDuckGo, duplicando as suas pesquisas. O DuckDuckGo é um motor de busca focado na privacidade e que não faz nenhum tracking ou monitorização ao utilizador. Segundo as estatísticas mais recentes, este motor de

Elementos da NSA divididos na amnistia a Edward Snowden

Edward Snowden, ex-consultor informático, pode ser perdoado nos Estados Unidos se garantir que mais nenhuma informação sensível é publicamente revelada. No entanto, esta medida não é consensual. Segundo o responsável pela investigação das fugas de informações, Richard Ledgett, a questão da amnistia pode vir a ser ponderada. A nível pessoal, o responsável concorda com esta

Personagens em mundos virtuais vigiam terroristas

Os serviços de informação dos Estados Unidos e do Reino Unido criaram uma espécie de agentes secretos em mundos digitais, como o jogo World of Warcraft e o mundo virtual do Second Life, para vigiarem eventuais terroristas. Estas informações chegam de documentos revelados por Edward Snowden. Um memorando de 2008 de um analista da NSA, com o título

Gigantes da Web querem reforma da segurança

Oito gigantes da Internet juntaram-se para começar uma campanha pública para definir novos limites sobre como os governos podem recolher informações dos utilizadores, derivado ao aumento das preocupações sobre a segurança online. A Google, Microsoft, Apple, Facebook, Twitter, LinkedIn, Yahoo e AOL escreveram uma carta aberta ao presidente norte-americano Barack Obama e ao congresso para