cibercrime

Mais de metade dos consumidores sem proteção antivírus no telemóvel ou tablet

Um estudo recente promovido pela Europ Assistance em nove países procurou avaliar o comportamento dos consumidores em relação à cibersegurança. A pesquisa revela que os níveis de preocupação são elevados, mas as questões de proteção são muitas vezes negligenciadas. Menos de um terço dos entrevistados tem o hábito de alterar passwords e/ou credenciais digitais com

INTERPOL e Kaspersky Lab reforçam parceria

A empresa de cibersegurança reforçou o seu compromisso na colaboração global no combate aos cibercrimes ao assinar um acordo partilhado de intelligence sobre ameaças com a INTERPOL.

Previsões da Symantec para 2017

Todos os anos os ataques às organizações e indivíduos são mais sofisticados e as empresas de cibersegurança enfrentam mais dificuldades em travar estas ameaças.

Unisys lança Stealth(aware) para combate ao cibercrime

A Unisys Corporation anunciou o lançamento do Stealth(aware), uma nova aplicação do software Unisys Stealth que auxilia no combate ao cibercrime, permitindo que as organizações implementem recursos de segurança por microssegmentação ao longo de toda a rede.

Redes corporativas sofreram 32 milhões de tentativas de ataques, diz Fortinet

Este é o resultado do Programa de Avaliação Global de Ameaças Cibernéticas da Fortinet (CTAP), que analisa o tráfego de rede nas companhias em busca de indicadores de invasões. O estudo indica que empresas de todos os tamanhos e verticais continuam a enfrentar um cenário constante e consistente de ameaças, com mais de 32 milhões de tentativas de ataques a essas redes em cinco meses (outubro de 2015 a fevereiro de 2016).

Editorial: Um alerta assertivo: “Sejam um pouco paranóicos, sim?”

Eugene Kaspersky veio a Barcelona falar de coisas realmente importantes e que afetam diretamente as pessoas e as empresas. Não divagou, nem impôs conceitos, limitou-se a falar de uma realidade objetiva e alertar consciências sem ter de recorrer a realidades virtuais ou a operações de cosmética.

Número de utilizadores atacados por cibercriminosos aumentou 5%

De acordo com a Kaspersky Lab, 2015 foi marcado pela saturação na procura de programas maliciosos, o que conduziu a uma redução de 15 mil no número diário de novas amostras de malware detetadas, passando das 325 mil em 2014 para as 310 mil este ano. Os especialistas da empresa acreditam que isto aconteceu principalmente devido ao elevado custo no desenvolvimento de novos códigos maliciosos. Os criminosos virtuais perceberam que podem ter resultados igualmente eficazes usando programas de publicidade intrusiva ou assinaturas digitais nos seus ataques. Essa abordagem parece funcionar já que, apesar da queda na criação de novo malware, o número de vítimas do cibercrime aumentou 5 por cento este ano.

Acordo de cibersegurança entre China e EUA olhado com ceticismo

O diretor dos serviços de inteligência norte-americanos encara com ceticismo o acordo estipulado entre Obama e Xi Jinpin, e acredita que pode não ser tão eficaz como desejado no combate à criminalidade cibernética e aos ataques que têm atingido as infraestruturas informáticas dos Estados Unidos.

Obama e Xi Jinping chegam a acordo mas mantêm-se as tensões

Os Presidentes Barak Obama e Xi Jinping vão unir forças para combater a criminalidade cibernética. Mas, apesar do entendimento entre duas das mais fortes potências económicas e tecnológicas mundiais, o Chefe de Estado norte-americano não deixou de sublinhar que os hackers chineses que insistirem em penetrar as defesas cibernéticas dos Estados Unidos não ficarão impunes.

Obama reforça poder sancionador do governo sobre cibercrime

O Presidente dos Estados Unidos apresentou um programa que visa sancionar indivíduos ou grupo cibercriminosos cujas atividades possam colocar em xeque a integridade da nação norte-americana. O governo norte-americano quer reforçar a sua campanha anti-terrorismo cibernético, tratando estas práticas como efetivas ameaças à segurança nacional. Através de recurso a uma ordem executiva, Barack Obama afirmou,

EUA criam agência dedicada ao combate do cibercrime

A conselheira de Obama para a segurança interna e contraterrorismo anunciou a criação de uma unidade especialmente dedicada ao combate do cibercrime. A nova agência deverá preencher as lacunas que existem no sistema norte-americano relativamente à deteção e à partilha de informações sobre estas ameaças. O tema da segurança online tem sido uma das principais

Cibercrime aproveita anúncio de lançamento de WhatsApp Web [atualizado]

A Kaspersky Lab está a alertar para o facto de cibercriminosos estarem a utilizar o anúncio de lançamento da versão web do WhatsApp como forma de propagação de vírus. Downloads falsos deste programa ou sugestões para a instalação de extensões maliciosas são algumas das estratégias. O anúncio de que seria lançada a aplicação WhatsApp para a

Internet das coisas: o futuro da prevenção de dados

A Internet das Coisas vai complicar o cenário de segurança em casa, na empresa e no seu deslocamento diário. A preocupação dos responsáveis pela segurança é com os servidores Web, sobretudo pelos diferentes dispositivos que têm senhas fracas ou padrão. Recentemente, um caso internacional de acesso a imagens geradas por câmeras privadas de videomonitoramento de