Berlim

IFA 2017 em Berlim aposta em mais espaço e foco nas marcas

Lisboa recebeu, no passado sábado, dia 22 de abril, a conferência de imprensa mundial da IFA – Internationale Funkausstellung, a Feira Internacional de Eletrónica de Consumo, que se realiza em Berlim 1 a 6 de setembro. Em comunicado de imprensa, os responsáveis pelo gfu e Messe Berlin, organizadores do evento, falaram sobre a conferência alemã.

Seedrs avança para Berlim

A plataforma de equity crowdfunding Seedrs, abriu um escritório em Berlim. Depois de Lisboa, Londres, Nova Iorque e, mais recentemente, Amsterdão, a Seedrs passará a estar presente na capital alemã.

Brexit: Berlim começa a conquistar talentos de TI

O Brexit, que implica a decisão do Reino Unido em deixar a União Europeia, “promete” ter um sério reflexo a economia, nomeadamente no setor das Tecnologias da Informação. Segundo um recente trabalho da Reuters, o número de trabalhadores do setor financeiro local está já a procurar emprego no crescente setor de tecnologia financeira em Berlim.

IFA: Huawei volta a colocar pessoas no centro da tecnologia

E começou. Começou a loucura dos lançamentos em Berlim que antecedem mais uma edição da IFA (Internationale Funkausstellung Berlin), a decorrer de dia 4 a 9 de setembro. E tal como esperado, a Huawei entrou em campo com o novo Mate S. E, no final da apresentação, mais uma “surpresa”. O lançamento do G8.

IFA: marcas fazem aquecimento em Berlim

Berlim prepara-se para receber na próxima sexta-feira, dia 4, mais uma edição da IFA (Internationale Funkausstellung Berlin). Entretanto, a partir hoje, as marcas começam a lufa-lufa das apresentações à comunicação social. Aquela que é considerada uma das maiores feiras de eletrónica do mundo – juntamente com a CES e a MWC – serve, sobretudo neste segundo semestre, para marcar o lançamento e o anúncio de vários produtos inovadores para o mercado de consumo. A B!T vai andar por lá.

Bosch dribla concorrência com sistema de carregamento sem fios

Imagine uma ferramenta elétrica. Uma aparafusadora, por exemplo. Há que carregar atempadamente a bateria e planear o tempo necessário para tal, caso contrário a ferramenta não estará pronta a usar, certo? E se estivermos a falar no mercado profissional, como é o caso, é eventualmente necessário adquirir vários carregadores, para poder alimentar várias baterias em