B2B International

Falhas de segurança de terceiros são as mais prejudiciais para as empresas

O relatório “IT Security: cost-center or strategic investment?” revelou que as falhas de cibersegurança mais prejudiciais para as empresas, independentemente da sua dimensão, resultam de terceiros, o que significa que as estas não devem investir apenas na sua proteção, mas estar atentas também ao que fazem os seus parceiros.

Bancos gastam três vezes mais em segurança do que outras empresas

De acordo com a Pesquisa de Riscos à Segurança de Instituições Financeiras realizada pela Kaspersky Lab e a B2B International, o investimento em segurança é prioridade para os bancos e instituições financeiras. Ao sofrer ataques na sua própria infraestrutura e na de clientes, os bancos gastam três vezes mais em segurança de TI que instituições de outras áreas com porte semelhante, diz o estudo.

Utilizadores têm dificuldade em separar-se dos seus smartphones

Segundo um estudo levado a cabo pela Kaspersky Lab e B2B International, 88 por cento dos utilizadores guardam informação importante, confidencial e, muitas vezes, insubstituível nos seus smartphones, incluindo passwords, mensagens, fotografias, contactos, ficheiros, etc. Um quarto dos utilizadores afirma que guarda informação nos seus dispositivos que não gostaria que fosse vista por mais ninguém além de si.