ataques

iPhone 5c de terrorista islâmico foi desbloqueado

O FBI conseguiu desbloquear o iPhone 5c que pertencia ao terrorista islâmico que atacou colegas em San Bernardino. A Apple não foi envolvida na solução e não tem conhecimento da técnica usada.

China pode ter quebrado acordo de cibersegurança com os EUA

A empresa de cibersegurança CrowdStrike revelou que pelo menos sete servidores de empresas norte-americanas foram alvo de ataques por hackers chineses nas últimas três semanas. Isto aconteceu depois de Obama e Xi Jinping terem assinado um acordo no qual ambos os países se comprometiam a não realizar ciberespionagem para roubar segredos comerciais.

Ataques a smartphones aumentam

Os dispositivos móveis são o principal alvo dos cibercriminosos. Segundo o último estudo sobre a evolução do malware móvel da Kaspersky, em 2013 foram detetados mais de 143 mil programas maliciosos para smartphones e tablets. Nos smartphones e tablets, os utilizadores guardam um grande volume de dados e informação confidencial que podem traduzir-se em grandes

Aumenta número de ataques DDoS por dispositivos móveis

A empresa de proteção contra ataques de Distributed Denial of Service, Prolexic Technologies, revela que, de acordo com os dados do quarto trimestre do ano passado, houve um crescimento de 26 por cento em ataques DDoS por dispositivos móveis a empresas. Segundo a empresa adquirida no passado mês de dezembro pela Akamai, as aplicações móveis

Dropbox nega ataques

O serviço de armazenamento em cloud, Dropbox, foi afetado neste fim de semana por vários problemas de funcionamento, tendo estado em baixo durante 48 horas. No entanto, a empresa garante que isto nada teve a ver com ataques. Os responsáveis pela Dropbox dizem que apenas uma pequena fatia dos utilizadores foi afetada pela falta de

Aumentam ataques do Trojan Qadars a bancos europeus

A empresa de segurança ESET está a alertar para o aumento dos ataques do Qadars a sistemas de bancos na Europa. O software nocivo consegue ludibriar os sistemas de autenticação de instituições financeiras e a Holanda, França e Itália são os países mais afetados. A ESET também detetou ataques a bancos da Austrália, Canadá e

Bancos ingleses testam vulnerabilidade

Nesta terça-feira, milhares de funcionários de várias empresas financeiras de Londres serão submetidos a um cenário de ” jogos de guerra “. O objetivo é perceber se estas empresas estão preparadas para lidar com um grande ataque cibernético. Num dos maiores exercícios deste tipo no mundo , o teste chamado “Waking Shark II” vai atacar