Alibaba

Amazon agora também é cliente da Alibaba

Num esforço para conquistar o mercado chinês, a Amazon abriu uma loja online na plataforma Tmall, da Alibaba. Já há alguns anos que a empresa norte-americana se instalou na China mas sem alcançar o sucesso pretendido devido ao forte enraizamento da Alibaba. Desde ontem, que os consumidores chineses já têm ao seu dispor mais uma

Alibaba estreia-se nos EUA com cloud center

O primeiro cloud center da Alibaba fora do mercado asiático terá lugar na Califórnia, nos Estados Unidos. A decisão parte de um esforço da empresa em expandir os seus serviços globalmente e dar resposta às necessidades das empresas chinesas em território norte-americano. No que diz respeito a serviços de cloud, a concorrência nos EUA será

DingTalk é a app de mensagens para empresas da Alibaba

A mais recente experiência de expansão da chinesa Alibaba foi, finalmente, lançada. A DingTalk é uma aplicação de mensagens desenvolvida a pensar em empresas de pequena e média dimensão, mas que verá o seu sucesso dificultado pela concorrência. A aplicação já estava em fase beta desde dezembro mas só agora a Alibaba sentiu-se confiante para

Alibaba investe 590 milhões em empresa de smartphones Meizu

A Alibaba parece determinada em apostar no setor dos smartphones e, para isso, anunciou um investimento na Meizu, fabricante chinesa. A união das duas empresas poderá representar uma aliança estratégica para ultrapassar concorrentes como a Xiaomi. A Meizu é o mais recente investimento anunciado pela Alibaba e pretende cimentar a expansão da especialista em e-commerce

Unidade financeira da Alibaba negoceia investimento

A Ant Financial Services poderá muito me breve receber um investimento. A revista chinesa Caixin comunicou que as negociações para uma injeção de capital estão numa “fase crítica” e que o investimento avaliaria empresa de serviços financeiros em 30 mil milhões de dólares. De acordo com a informação avançada pela Caixin, o Postal Savings Bank

Alibaba cria fundação para jovens interessados em e-commerce

A Alibaba criou uma fundação para financiar jovens que queiram desenvolver projetos na área do comércio online e que o pretendam fazer através das plataformas que a empresa já possui. São 129 milhões de dólares disponíveis para esta organização sem fins lucrativos. Plataformas como a Taobao Marketplace ou a Tmall, propriedades da Alibaba, poderão funcionar

Alibaba desilude com resultados que falham estimativas

As ações da Alibaba caíram mais de dez por cento, para 88,75 dólares. A queda aconteceu no encalço da revelação dos resultados do terceiro trimestres da empresa, que ficaram aquém das expectativas. O Golias do comércio eletrónico tropeçou e caiu, perdendo, segundo a Reuters, mais de 25 milhões de dólares da sua quota de mercado.

Mayer pode dispensar participação na Alibaba

A CEO da Yahoo poderá ter em mãos o maior desafio que já enfrentou até hoje. Marissa Mayer tem tido algumas dificuldades em gerir a sua mais preciosa peça em jogo: uma participação de 15 por cento na gigante Alibaba. A indústria tecnológica aguarda, expectante, pela revelação da estratégia de Mayer para o seu mais

Alibaba investe em startup especializada em código QR

A Visualead, empresa israelita, é o novo investimento da Alibaba, graças ao seu trabalho e inovação no campo do código QR, uma das tendências tecnológicas, na China. Os valores não são conhecidos, mas segundo a startup, deverão rondar os milhares de milhões de dólares.  Esta é a primeira vez que a Alibaba investe numa empresa

Alibaba testa rede social para negócios

A Alibaba lançou uma versão beta da sua nova aplicação que tem como alvo o mundo dos negócios através do emprego das funcionalidades das redes sociais às necessidades corporativas. A data do lançamento oficial da DingTalk ainda não foi revelada.  A intenção é criar uma aplicação que una o mundo das redes sociais com o

Alibaba quer atrair mais retalhistas norte-americanos

A Alibaba, uma gigante chinesa do comércio eletrónico, quer atrair mais parceiros norte-americanos, e vai usar o seu sistema de pagamentos móveis como isco. Com o Alipay, a empresa quer oferecer aos retalhistas dos Estados Unidos condições mais vantajosas para competirem no mercado chinês. Facilitando a introdução dos retalhistas num dos países mais fechados do mundo, a

Serviço de táxis chinês espera investimento da Alibaba

O Kuaidi, um serviço de táxis apoiado pela gigante Alibaba, está a procurar recolher mais de 500 milhões de dólares em investimentos, que aplicará na sua estratégia de expansão na China. Fontes próximas do assunto afirmaram que a empresa Kuaidi, sediada na cidade chinesa de Hangzhou, emitirá um novo conjunto de ações e deverá embolsar

Alibaba aberta a trabalhar com a Apple a nível de pagamentos

Jack Ma, presidente executivo da gigante do comércio eletrónico Alibaba, afirmou que está disposto a trabalhar com a Apple no que diz respeito ao segmento dos pagamentos móveis. A plataforma Alipay da Alibaba é o maior serviço de pagamentos da China. Com um atraso significativo, Apple estreou apenas este mês a sua versão de uma carteira móvel,

Alibaba faz parceria com empresa norte-americana Quixey

A Alibaba, gigante do comércio eletrónico chinês, decidiu fazer uma parceria com a Quixey relativamente a aplicações de pesquisa para o seu sistema operativo móvel. A Quixey, empresa norte-americana, que tem uma aplicação móvel de pesquisa de conteúdos com o mesmo nome, fez o anúncio um ano depois de ter recebido financiamento da Alibaba. Ao contrário

Alibaba ao rubro na Bolsa de Nova Iorque

A gigante do comércio digital Alibaba viu as suas ações subirem mais de 30 por cento, escassos momentos após ter-se estreado na Bolsa de Nova Iorque, colocando o valor de mercado da empresa acima do do Facebook, da Amazon e do eBay. Depois de na passada sexta-feira ter iniciado as suas negociações na Bolsa de Valores nova-iorquina,

IPO da Alibaba poderá vir a ser a maior de sempre

A gigante chinesa do comércio digital Alibaba está a planear aumentar a sua Oferta Pública Inicial nos Estados Unidos depois de quase ter-se “afogado” na arrebatadora procura por parte de investidores. De acordo com fontes próximas do assunto, depois de, na semana passada, ter apresentado a sua IPO, a Alibaba conseguiu no mais do que

Alibaba prestes a entrar na Bolsa nova-iorquina

A titã chinesa do comércio digital Alibaba está a preparar-se para apresentar a sua oferta pública inicial nos Estados Unidos, que, ao que tudo indica, deverá ser no próximo dia oito de setembro. Caso seja verdade, as ações da Alibaba poderão figurar nos quadros eletrónicos de Wall Street já na segunda quinzena de setembro, um

Alibaba vai a público e abre mão do monopólio do e-commerce

O pulso de ferro da Alibaba sobre o setor chinês do comércio online enfrenta o seu maior desafio até à data, numa altura em que se prepara para registar-se no mercado de ações norte-americano, uma IPO com a qual a chinesa deverá conquistar uma avaliação de 140 mil milhões de dólares. A imperadora chinesa do

Alibaba de olhos postos na Bolsa de Nova Iorque

A chinesa Alibaba comunicou que está a considerar cotar as suas ações na Bolsa de Valores de Nova Iorque, alvitrando o ressurgimento da confiança de um mercado com mais de duas décadas nas empresas tecnológicas. Esta possibilidade emerge como um ataque ao Mercado de Ações Nasqad que estava na corrida para receber as ações da

Alibaba estende o braço até aos EUA com site de e-commerce

A gigante chinesa do comércio eletrónico Alibaba revelou hoje a sua primeira loja online nos Estados Unidos, mais um alfinete no bonequinho de vodu com as caras da Amazon.com e do eBay, competindo com estes seus dois rivais nas suas próprias “casas”. O website com o nome 11main.com, que de momento se encontra ainda em

Alibaba anexa UCWeb para potenciar oferta mobile

A Alibaba confirmou hoje que vai, com efeito, adquirir a restante percentagem da empresa de serviços de Internet móvel UCWeb, no que constituir-se-á como a maior fusão na História chinesa da Internet. O negócio surge numa altura em que a gigante do comércio eletrónico procura potenciar as suas ofertas mobile. O mais recente acordo materializa-se

Alibaba compra participação na Youku

A gigante chinesa de e-commerce Alibaba e a empresa co-fundada pelo seu presidente executivo Jack Ma, Yunfeng, acordaram em adquirir uma participação na fornecedora de serviços online de vídeo Youku Tudou por 1,22 mil milhões de dólares, uma jogada que intenta suplantar a sua arqui-inimiga Tencent. O negócio alvitra a tedencial hostilidade e feroz competição

IPO da Alibaba é alvo apetecível

A oferta pública inicial da Alibaba está sob o olhar ávido de todos, e são muitos os que querem uma parte da IPO. Segundo a Reuters, os maiores bancos estão de olhos postos na oferta inicial pública da gigante de e-commerce Alibaba. As entidades bancárias decidiram não embarcar em nenhum negócio com empresas rivais da

Alibaba revela IPO a 25 de março

A empresa de comércio eletrónico Alibaba realizará dia 25 de março uma reunião com seis entidades bancárias destinada à conceção da sua oferta pública inicial (IPO), com a qual entrará na bolsa de valores norte-americana. A gigante de e-commerce chinesa, que lida com mais bens do que a eBay e do que a Amazon.com juntas,

Alibaba perde quota de mercado na aproximação a IPO

O domínio da Alibaba no comércio de retalho online na China enfrenta o seu maior desafio até ao momento, numa altura em que a empresa prepara uma Oferta Pública Inicial (IPO) que pode valorizar a empresa em 140 mil milhões de dólares. A Alibaba Group Holdings perdeu quota de mercado no último ano, enquanto os

IPO da Alibaba poderá ser em Nova Iorque

A gigante chinesa de e-commerce, a Alibaba Group Holding, está “95 por cento certo” em escolher Nova Iorque como local para a sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês). O Financial Times, que adiantou a notícia sem citar nomes das suas fontes, afirma, ainda, que a empresa já não discute uma potencial listagem

ChinaVision vende participação de 60 por cento à Alibaba

A Alibaba comunicou o novo acordo traçado com a ChinaVision, através do qual vai adquirir uma participação de 60 por cento da empresa de entretenimento televisivo e cinematográfico, por uma quantia de 804 milhões de dólares. Este negócio vai permitir que a Alibaba consiga aceder a conteúdos televisivos e cinematográficos da ChinaVision, numa altura em

China é campo de batalha entre as grandes tecnológicas

A par da compra de 19 mil milhões de dólares do WhatsApp pelo Facebook, as empresas de Internet chinesas batalham pelos 618 milhões de utilizadores chineses da Grande Rede.   A Tencent, a Alibaba e a Baidu são as empresas da China que mais se destacam na demanda para colmatarem as suas falhas comerciais. As

Venda de participação na Alibaba valoriza a empresa

A venda da participação no grupo chinês Alibaba feita pela empresa de jogos Giant Interactive, valorizou a empresa dominante no setor de e-commerce, em cerca de 128 mil milhões de dólares. A companhia deve fazer a sua oferta pública inicial este ano e o valor potencial da empresa é muito importante para os possíveis investidores, que querem

Alibaba prepara-se para lançar site de e-commerce nos EUA

O grupo Alibaba planeia lançar um site de comércio digital norte-americano. De acordo com as informações avançadas pela Reuters, o site será lançado por meio das suas subsidiárias Vendio e Auctiva. O 11 Main, segundo a empresa, é um site de compras online que oferece “produtos de qualidade, interessantes” de moda, tecnologia e jóias, oriundos