Alibaba

Alibaba considera bolsas chinesas

A gigante chinesa Alibaba está a trabalhar num plano para entrar numa bolsa de valores no seu país de origem. Atualmente, está listada em Nova York.

Alibaba bate expectativas

A maior empresa de e-commerce da China, a Alibaba, apresentou os seus resultados trimestrais. O destaque vai para as receitas que subiram 56%, batendo as expectativas dos investidores.

Subsidiária financeira da Alibaba pode ter vencido corrida na compra da MoneyGram

A empresa chinesa Ant Financial aumentou o valor da proposta para adquirir a MoneyGram International Inc. A afiliada do grupo Alibaba Holding Ltd estabeleceu um aumento para 18 dólares por share em dinheiro, quando antes tinham oferecido 13,25 dólares. No total, a oferta de aquisição por parte da empresa chinesa passou de 800 milhões para 1,2 mil milhões de dólares, porém ainda falta confirmação por parte das entidades reguladoras.

AXA une-se a Alibaba para vender seguros online

Ainda não há muito pormenores, mas já se sabe que a seguradora francesa AXA fechou uma parceria global com a gigante chinesa de e-commerce Alibaba e sua unidade Ant Financial Services para distribuir produtos de seguros da AXA.

China Development Fórum: Urge avançar para era da indústria inteligente

Não há qualquer dúvida que escala, o mercado chinês já tem. Mas urge apostar na “inteligência” da indústria, do fabrico. Esta foi uma das conclusões do China Development Fórum, que decorreu em Pequim e que contou, entre outros, com a presença de Christine Lagarde e Mark Zuckerberg.

Alibaba luta contra reputação “de paraíso das imitações baratas”

O ano de 2016 vai ser um desafio para o grupo Alibaba. A empresa luta para conseguir limpar a sua imagem de paraíso das imitações baratas e das mercadorias não autorizadas. Aliás, Jack Ma, presidente do conselho, disse mesmo que os produtos falsificados são um “cancro” no site Taobao, um bazar parecido com o eBay, onde compradores e vendedores se encontram.

Alibaba lança proposta de aquisição sobre “YouTube chinês”

A Alibaba quer comprar a totalidade das Youku Tudou, também conhecida como o “YouTube chinês”, onde detém já um participação de 18,3 por cento. A aquisição iria fortalecer as capacidades da gigante do e-commerce na área do vídeo online, uma estratégia que a levou a entrar no capital da Youku Tudou, pela primeira vez, em 2014.

Venda da participação da Yahoo na Alibaba corre em piso escorregadio

A Yahoo poderá ter de pagar impostos sobre o montante de 23 mil milhões dólares que espera arrecadar com a venda da participação que detém na chinesa Alibaba. O IRS norte-americano negou um pedido da tecnológica para considerar a alienação da participação como isenta de impostos.

Alibaba vende unidade norte-americana depois de falhar entrada nos EUA

A Alibaba quer vender a sua plataforma norte-americana de e-commerce 11 Main. O negócio vai passar para as mãos da rival OpenSky, depois daquela que foi a primeira tentativa da empresa chinesa para capitalizar o mercado online dos Estados Unidos não ter consigo sair da pista de descolagem.

Alibaba lança rival do Netflix no próximo trimestre

A Alibaba vai lançar o seu próprio serviço de streaming de vídeo na China dentro de dois meses. Com esta manobra, a gigante tecnológica quer conquistar a liderança do setor antes que o rival Netflix consiga plantar o seu estandarte no maior mercado mobile do mundo.   O diretor do braço de entretenimento digital da

Alibaba volta à carga e submete novo pedido a Taiwan

Depois do governo de Taiwan ter ameaçado colocar um termo ao seu negócio se não fossem respeitados os requisitos legais, a Alibaba submeteu nova candidatura para operar no país e aguarda agora aprovação regulatória. A Alibaba está determina a enraizar as suas operações em Taiwan, onde as empresas originárias da China continental têm de sujeitar-se a

Negócio de cinema da Alibaba espera investimento de mais de mil milhões

A Alibaba Pictures, a unidade cinematográfica da gigante chinesa do e-commerce, revelou que planeia angariar cerca de 1,6 mil milhões de dólares numa venda de ações a um grupo de investidores privados. O capital deverá financiar aquisições na área dos media, fortalecendo a presença da empresa no mercado. Embora não tenham ainda sido apontados potenciais

Taiwan ameaça terminar plataforma da Alibaba no país

O governo de Taiwan deu seis meses à Alibaba para terminar as operações do seu website Taobao no país. O ultimato é feito depois de a empresa chinesa não ter conseguido obter a licença necessária para operar aquém dos contornos legais da ilha chinesa. A Ilha Formosa (assim foi batizada Taiwan pelos portugueses no final

Novo CEO da Alibaba de olhos postos nos mercados externos

A Alibaba vai continuar a apostar na sua expansão para lá do mercado chinês. Sob o comando do novo diretor executivo Daniel Zhang, a gigante do e-commerce vai está a colocar a internacionalização no topo da sua lista de prioridades. Tendo gozado de um forte crescimento nos últimos tempos, a Alibaba deu, esta semana, as

Alibaba tem novo CEO já em maio

As receitas do grupo Alibaba subiram 45 por cento no primeiro trimestre. Ao mesmo tempo que ultrapassa as estimativas dos analistas, a empresa prepara-se para se despedir do seu diretor executivo Jonathan Lu, cujo lugar tem já dono. A Alibaba Group Holding anunciou que no próximo dia dez de março terá um novo CEO. Assim,

Alibaba não contrata mais pessoal até ao fim de 2015

Jack Ma, o excêntrico diretor executivo da Alibaba, anunciou que não serão contratados novos funcionários até ao fim do ano, dizendo que a empresa cresceu “demasiado depressa”. Dirigindo-se às suas equipas, o CEO da gigante do comércio eletrónico chinês disse que até ao termo de 2015 não serão contratados mais funcionários. Contudo, os que forem

Surge novo pretendente ao trono da Alibaba no e-commerce

A JD.com abriu uma plataforma de comércio eletrónico transnacional. Com esta jogada, a retalhista chinesa pretende dar luta ao seu website rival Tmall Global, propriedade da gigante e conterrânea Alibaba. De nome “JD Worldwide”, esta plataforma da JD.com, que atravessa as fronteiras de vários mercados e de múltiplos países, vai colocar ao dispor dos compradores

Alibaba aposta em carros e em equipamentos inteligentes

A Alibaba prepara-se para reforçar as suas operações de computação cloud, equipamentos e Big Data. As suas recentemente criadas unidades de automação e de dispositivos domésticos inteligentes visam expandir os tentáculos da gigante chinesa para lá das fronteiras do comércio digital. O colosso do e-commerce chinês, comandado pelo excêntrico magnata Jack Ma, depois de ter

Subsidiária da Alibaba lança banco online e index de ações

A Ant Financial anunciou a criação de um banco online, previsto para junho, ao mesmo tempo que lança um index de ações que pretende cruzar os dados obtidos pelas múltiplas plataformas digitais do grupo Alibaba. A gigante chinesa dá, assim, mais um passo no sentido de expandir o seu nível de influência no mercado. A Alibaba

Alibaba assina com empresa de direitos musicais BMG

A Alibaba e a alemã BMG juntam-se para um contrato de distribuição digital de música que deverá aumentar exponencialmente o catálogo de artistas disponível na plataforma chinesa de e-commerce. Para além de promover, a Alibaba deverá também proteger os interesses dos músicos. Os direitos de autor e a proteção dos mesmos não são um assunto

Alibaba investe em empresa de capital de risco israelita

Seguindo a onda de investimentos em empresas israelitas, a Alibaba volta a este país mas, desta vez, para apostar numa empresa de capital de risco conhecida por estar ligada a startups de segurança digital. Os valores do negócio ainda não estão confirmados mas poderão rondar as dezenas de milhões de dólares. A Jerusalem Venture Partners

Alibaba quer deitar a mão ao setor dos carros conectados

A Alibaba vai investir na área dos carros conectados. Num empreendimento conjunto com a SAIC Motor, a gigante chinesa do e-commerce vai desembolsar cerca de 160 milhões de dólares num fundo que visa desenvolver automóveis com ligação à Internet. O mercado chinês dos carros conectados poderá estar prestes a ser impulsionado. A aliança entre a