Sky investe no Centro Tecnológico em Portugal e vai chegar aos 250 colaboradores

Gestão

A Sky, empresa de entretenimento líder na Europa, anunciou que vai voltar a investir em Portugal com o recrutamento de 80 novos colaboradores para integrar o seu Centro Tecnológico de Excelência, em Lisboa. 

Os planos para reforçar a equipa estão alinhados com o investimento em tecnologia e crescimento da empresa, que passará a contar com mais de 250 colaboradores em Portugal.

Alinhado com a sua estratégia de expansão em Portugal está também o investimento que a Sky se prepara para realizar com a mudança para um novo escritório, continuando a eleger o centro de Lisboa.

As novas instalações vão situar-se junto à estação de comboios de Entrecampos e terão capacidade para integrar mais de 350 colaboradores.

Voltar a aumentar a sua equipa e investir na captação de talento em Portugal são dois dos objetivos traçados pela Sky para o novo ano. O contínuo crescimento da empresa tem permitido expansão do seu know-how tecnológico, com a contratação de novos colaboradores e a sua integração em projetos de grande escala a nível mundial.

Tal como aconteceu em 2017, a Sky quer descobrir novos talentos ligados ao ramo da tecnologia, como front-end, mobile and back-end developers, DevOps, automation testers, Scrum Masters e outros.

Pedro Geada, diretor, comentou que “a Sky continua a ser reconhecida como uma empresa líder pelos produtos, pela inovação e pela tecnologia que usa, sendo que o talento que temos vindo a descobrir em Portugal ajuda a consolidar o nosso objetivo. Com o crescimento registado nos últimos tempos, estamos novamente a apostar no reforço da nossa equipa. À semelhança dos processos de recrutamento anteriores, procuramos profissionais de excelência, comprometidos com o seu trabalho e com uma abordagem pragmática à variedade de desafios tecnológicos que vão surgindo no dia-a-dia. Trabalhar na Sky Portugal é uma oportunidade fantástica para abraçar projetos desafiantes e para colaborar com profissionais de outros países”.

Read also :