Cyberwar

Cibersegurança: Obama quer ampliar orçamento para proteger governo

Quando o assunto é segurança da informação, ninguém está totalmente protegido, ainda que seja uma potência como os Estados Unidos. Não por acaso, o seu presidente Barack Obama incluiu na sua proposta de orçamento para o ano fiscal de 2017 a solicitação de nada menos do que 19 mil milhões dólares para a segurança cibernética de todo o governo norte-americano. O que representa um aumento de 5 mil milhões de dólares em relação a este ano, de acordo com funcionários do alto escalão.

Como garantir privacidade online? Intel Security dá dicas

A Intel Security está atenta à necessidade de manter íntegros os dados de quem usa a Internet. Esta entende que é preciso promover a conscientização do respeito à privacidade, à proteção dos dados e à geração de confiança na Internet. Confira a seguir as dicas da empresa para ajudar a proteger a privacidade do utilizador enquanto estiver online.

Estudo revela aumento dos riscos de segurança de dados de pagamentos

A pesquisa global foi conduzida pelo Ponemon Institute, a pedido da Gemalto, empresa de segurança digital, com mais de 3,7 mil profissionais de segurança de TI em 10 países. O levantamento identificou a expectativa de os pagamentos via dispositivos móveis duplicarem nos próximos dois anos. E ainda a necessidade crítica de as organizações melhorarem as suas práticas de segurança de dados de pagamentos.

Relatório da Arbor aponta tendências em ameaças avançadas

A Arbor Networks, divisão de segurança da Netscout, divulga o seu 11º Relatório Anual sobre Segurança da Infraestrutura Global (Worldwide Infrastructure Security Report). As informações vieram da comunidade mundial de operações de segurança e vão desde deteção de ameaças e resposta a incidentes até aspetos relativos a equipas, orçamentos e relacionamento com parceiros.

McAfee Labs contabiliza 327 novas ameaças móveis por minuto

Segundo o McAfee Labs, o total de malwares móveis já detetados quase duplicou no último ano. No terceiro trimestre de 2015, a empresa contabilizava aproximadamente 10 milhões de amostras de malwares móveis, enquanto no terceiro trimestre de 2014 o número era de 5 milhões de amostras.

Estas são as piores passwords de 2015

Depois de cada episódio de arrombamento em bases de dados online os especialistas alertam para a utilização de passwords mais seguras, mas o aviso continua a ser ignorado por muita gente. E não, expressar o amor por Star Wars não é uma forma inteligente de enganar os piratas.

Quais foram as principais ameaças de segurança no mundo em 2015? Confira

A Eset, fornecedora global de soluções de segurança, divulga relatório sobre as ameaças virtuais que aconteceram em 2015. O estudo aponta que os utilizadores têm ficado cada vez mais exigentes com os serviços que contratam na Internet, em relação à proteção das informações. A seguir, confira as que se propagaram em cada um dos meses do ano passado.

Microsoft vai avisar utilizadores de ‘hacks’ governamentais

A Microsoft vai começar a avisar os utilizadores dos seus produtos sempre que suspeitar que um governo tentou entrar nas suas contas. A iniciativa representa uma mudança em relação a incidentes no passado, quando a empresa decidiu ocultar a proveniência de uma série de ‘hacks’ em 2011.

Estas são as startups de cibersegurança mais ‘quentes’ do ano

Só este ano surgiram mais de 400 novos fabricantes de software de segurança, segundo a base de dados do Hasso Plattner Institute, na Alemanha. O segmento foi dos que mais atraiu investidores e posiciona-se como um dos mais importantes em 2016, motivo pelo qual a Forbes elaborou um ranking das startups mais ‘quentes’ do momento.

China pode ter quebrado acordo de cibersegurança com os EUA

A empresa de cibersegurança CrowdStrike revelou que pelo menos sete servidores de empresas norte-americanas foram alvo de ataques por hackers chineses nas últimas três semanas. Isto aconteceu depois de Obama e Xi Jinping terem assinado um acordo no qual ambos os países se comprometiam a não realizar ciberespionagem para roubar segredos comerciais.

Malásia prende hacker suspeito de ter ligações com o Estado Islâmico

O governo malaio capturou um homem suspeito de ter roubado e vendido informações pessoais de mais de mil funcionários de segurança dos Estados Unidos às unidades do Estado Islâmico localizadas na Síria. As autoridades policiais da Malásia disseram que o hacker aguarda extradição para os EUA.

China prendeu hackers suspeitos de atacar empresas norte-americanas

Sem grande aparato e a pedido dos EUA, o governo chinês capturou cibercriminosos nacionais suspeitos de terem roubado e vendido segredos comerciais de empresas norte-americanas. A operação aconteceu em meados de setembro e é vista como uma maneira de atenuar as tensões entre a China e os Estados Unidos, que já ameaçaram Pequim com sanções económicas caso persistam os ciberataques promulgados pelo governo.

Acordo de cibersegurança entre China e EUA olhado com ceticismo

O diretor dos serviços de inteligência norte-americanos encara com ceticismo o acordo estipulado entre Obama e Xi Jinpin, e acredita que pode não ser tão eficaz como desejado no combate à criminalidade cibernética e aos ataques que têm atingido as infraestruturas informáticas dos Estados Unidos.

Obama e Xi Jinping chegam a acordo mas mantêm-se as tensões

Os Presidentes Barak Obama e Xi Jinping vão unir forças para combater a criminalidade cibernética. Mas, apesar do entendimento entre duas das mais fortes potências económicas e tecnológicas mundiais, o Chefe de Estado norte-americano não deixou de sublinhar que os hackers chineses que insistirem em penetrar as defesas cibernéticas dos Estados Unidos não ficarão impunes.

Kaspersky Lab reforça a privacidade dos dados dos utilizadores com nova solução

A Kaspersky Lab apresentou hoje, em Madrid, a nova versão da sua solução de cibersegurança Kaspersky Internet Security Multi-Device 2016. Esta tecnologia, multi-dispositivo e multi-plataforma, foi especialmente desenvolvida para proteger os utilizadores e as suas informações pessoais das campanhas de espionagem de criminosos cibernéticos e das próprias agências de inteligência governamentais.

EUA reforçam resposta a ciberataques contra as suas infraestruturas

O governo norte-americano está a considerar aplicar sanções às empresas e particulares que pensa terem estado por detrás dos ciberataques às suas corporações. A China é um dos países que encima a lista de alvos desta “retaliação” de Washington, que surge pouco tempo antes de uma visita oficial do Presidente chinês aos Estados Unidos.

Website de cibercrime fechado em operação internacional

Autoridades internacionais de investigação criminal desmantelaram hoje o fórum digital Darkode, um mercado negro para o comércio de dados roubados e um sítio online de troca de ferramentas e métodos de hacking entre cibercriminosos. A operação conjunta resultou na detenção de 28 suspeitos em todo o mundo.

Kaspersky é alvo de ataque hacker de elite

A Kaspersky Lab foi alvo de um ataque de alto nível, que conseguiu ficar oculto dentro das redes da empresa por meses. Descoberto pelos investigadores da companhia, o malware foi descoberto durante um teste interno de segurança.   O malware, uma evolução do vírus denominado Duqu, pode ter sido originado quando um funcionário de um dos escritórios da

Malware contamina routers e redireciona para sites falsos

O router pode ser um dos pontos mais frágeis de uma rede. Muita gente simplesmente ignora a recomendação dos fabricantes e não modifica a senha padrão de acesso aos aparelhos, deixando a porta aberta para criminosos.   Hackers de má fé encontraram formas de usar malware de alteração de Domain Name System (DNS) que podem transformar

Milhas aéreas são o novo alvo dos hackers

O comportamento dos hackers criminosos segue sempre o mesmo padrão: atacar onde é mais fácil obter lucro com o mínimo de esforço. Com o fortalecimento das políticas de segurança nas instituições financeiras, os cibermarginais estão a migrar agora para outros setores mais vulneráveis, como o de viagens e turismo.   Seguindo o raciocínio criminoso, faz sentido, pois é um

NEC forma parceria de ciberinteligência com a Norse

A NEC acabou de traçar uma parceria de segurança cibernética com a norte-americana Norse Corporation. Com a aliança, a NEC pretende reforçar as capacidades dos seus próprios serviços em matéria de proteção informática, apoiando-se em ciberinteligência. Investindo na prevenção proativa de ataques, a NEC deixa bem claro que quer plantar o seu estandarte no mercado

Fortinet vai adquirir Meru Networks por 44 milhões

A Fortinet, referência em soluções de segurança cibernética, anunciou um acordo definitivo para a aquisição da Meru Networks, empresa que desenvolve e comercializa soluções para redes Wi-Fi inteligentes, por cerca de$ 44 milhões de dólares.   Pelos termos do acordo, a Fortinet pagará 1,63 dólares por ação da Meru em dinheiro. O negócio deverá ser

21% das pessoas acredita que as suas senhas não têm valor para os criminosos

De acordo com uma investigação realizada pela Kaspersky Lab e pela B2B International, 21% das pessoas afirma que as suas senhas não têm qualquer valor para os cibercriminosos. Porém, a empresa especialista em segurança alerta que as senhas, que protegem dados pessoais, e até mesmo dinheiro, se roubadas podem afetar não só os utilizadores, mas também os

Apenas 3% das pessoas sabe identificar com precisão e-mails de phishing

A Intel Security ouviu aproximadamente 20 mil pessoas, em 144 países, para analisar o conhecimento do utilizador comum sobre e-mails de phishing e sua capacidade para detetá-los. O teste apresentava dez e-mails compilados pela Intel Security e pedia que os participantes identificassem quais deles eram uma tentativa de phishing e quais eram legítimos. Somente 3% da amostra foi capaz

Ranking aponta os melhores antivírus de 2014

O laboratório AV-Comparatives divulgou, no seu mais recente relatório de segurança, quais são os melhores e mais confiáveis antivírus disponíveis no mercado. A avaliação comportou uma simulação, em tempo real, e levou em conta a capacidade do software de bloquear URL maliciosos e arquivos perigosos. Segundo a pesquisa, foram centenas deles abertos todos os dias e verificados