Ricoh lança impressoras para o mercado de alta produção

EscritórioImpressoras

As novas Pro V20000 e Pro VC40000 são impressoras por injeção de tinta compacta e de alta velocidade, que permitem passar rapidamente da impressão offset para a impressão digital.

Os novos modelos, que sucedem à VC60000, são destinados aos clientes que usam impressoras que cortam papel e que querem agrupar a produção de vários equipamentos.

A gama Pro V20000 possui  uma área de apenas 4.3m2, reduzindo para menos de metade o espaço requerido pelos modelos de unidade dupla de impressão, o que confere muito mais espaço nos locais de trabalho.

Uma das vantagens é o facto de permitir produzir uma grande variedade de trabalhos com grande rentabilidade, desde livros até publicidade direta. Para além disso, permite um leque vasto de papéis, incluíndo suportes mínimos de grama de papel que são usados na indústria farmacêutica.

A espessura da impressão de 54 cm permite fazer um passo triplicado nos formatos mais usados, aumentando a produtividade e reduzindo o custo unitário. Desta forma, foram desenhadas para combinarem com sistemas de acabamento e adaptarem-se à velocidade e capacidade de cada dispositivo, de modo a que se maximize a produção e se minimize as perdas de papel.

A gama está disponível em três versões de forma a adaptar-se às necesidades de produção de cada cliente. São elas a Ricoh Pro V20000 (B/N, 75 m/min, 600 x 600 dpi), a Ricoh Pro V20100 (B/N, 150 m/min, 600 x 600 dpi) e a Ricoh Pro™ VC20000 (quadricromia, 75 m/min, 600 x 600 dpi).

A Ricoh Pro VC40000 é um equipamento que tem uma excelente qualidade nos seus três
níveis de gota dinâmica variável, trabalhando a 600 dpi a 120 metros por minuto e posicionando-se para os segmentos de mercado nos quais a qualidade é ligeiramente menos crítica, mas em que a sensibilidade ao preço de entrada é maior, como o caso do marketing direto. A impressora pode imprimir papéis que vão dos 40 aos 250 g/m2.

Read also :