Regresso às aulas leva a um aumento na venda online de computadores

MobilidadePortáteis

A continuidade do teletrabalho e a possibilidade do ensino à distância neste novo ano escolar levaram os portugueses a ter casas bem equipadas para a nova normalidade.

Com o início do ano letivo, torna-se novamente necessário dispor de equipamentos eltrónicos para suportar os filhos no seu contexto escolar.

Nesse sentido, a PcComponentes registou em setembro um aumento de 160% na venda de computadores e 172% de periféricos em relação ao período homólogo do ano passado. A continuidade do teletrabalho e a possibilidade do ensino à distância neste novo ano escolar “incentivam portugueses a ter casas bem conectadas à nova normalidade”.

Dentro da categoria computadores, a loja online de eletrónica de consumo registou um aumento de 165% nas vendas de portáteis e de 364% nos desktops. Quanto aos periféricos os aumentos mais significativos registaram-se nas cadeiras (474%), webcams (410%) e sistemas operativos (222%).

«Neste momento o teletrabalho está a ser adotado como uma solução segura e produtiva para as empresas e as nossas casas estão sem dúvida a converter-se em espaços de trabalho e estudo mais confortáveis e eficiente”, acredita Alexandre Santos, Country Manager da PcComponentes em Portugal. O mesmo responsável disse ainda que “o crescimento que se tem vindo a sentir ao longo deste ano, mostra que o consumo de tecnologia online deixou de ser uma moda e passou a ser um hábito marcado pela segurança, rapidez e diversidade na oferta“”.

Para além dos periféricos referidos, a venda de monitores cresceu 199%, teclados 183%, suportes 140%, auriculares 123% e os ratos 116%, disse ainda a PcComponentes.

Read also :