Red Hat OpenShift acelera aplicações inteligentes à base de IA

Inovação

Relatório da Red Hat revela que 30% das empresas planeia utilizar soluções de inteligência artificial (IA) e machine learning (ML) nos próximos 12 meses.

A Red Hat, empresa de soluções open source empresariais, revelou que mais organizações estão a usar a Red Hat OpenShift como base para a construção de soluções de inteligência artificial (IA) e machine-learning (ML) e aplicações inteligentes à base de IA.

Enquanto plataforma Kubernetes, a OpenShift proporciona capacidades DevOps integradas para ISVs via Kubernetes Operators e plataformas de infra-estrutura à base de GPU NVIDIA – uma combinação que ajuda as organizações a suportar a infra-estrutura hybrid cloud. Com estas melhorias, os cientistas de dados e quem desenvolve software passa a ter a capacidade de colaborar e inovar melhor na hybrid cloud, ao invés de apenas gerir solicitações de recursos de infra-estrutura.

Segundo o relatório 2020 Red Hat Global Customer Tech Outlook, que inquiriu 876 clientes da Red Hat acerca das suas principais prioridades TI, cerca de 30% das empresas planeia utilizar soluções de inteligência artificial (IA) e machine learning (ML) nos próximos 12 meses, classificando a IA/ML como a principal tecnologia emergente para volumes de trabalho das empresas sondadas em 2020.

Por exemplo, o Kasikorn Business-Technology Group (KBTG) suporta as operações diárias do KBank, um dos maiores bancos comerciais da Tailândia, e também fornece serviços de parceria e desenvolvimento tecnológico a empresas fintech daquele país asiático. Para suportar a duplicação da base de utilizadores do KBank, o KBTG desenvolveu a K PLUS AI-Driven Experience (KADE), para ajudar a analisar o comportamento dos clientes e disponibilizar uma experiência mais personalizada, ao mesmo tempo que lançou o UCenter, um sistema de feed de notificações unificado, construído e implementado em Red Hat OpenShift. Há mais casos de clientes com soluções IA/ML da Red Hat OpenShift, como o Boston Children’s Hospital e muitos outros.

A par destes clientes que usam OpenShift para acelerar workflows IA/ML e disponibilizar aplicações inteligentes à base de IA, os parceiros ISV de IA/ML (como a CognitiveScale, a Dotscience, a NVIDIA e a Seldon) desenvolveram recentemente soluções OpenShift via Kubernetes. A OpenShift também está a servir de base aos IBM Cloud Paks que ajudam os clientes a acelerar a sua jornada rumo à cloud e à transformação das operações de negócios para suportar novos volumes de trabalho, incluindo IA/ML/DL.

Além disso, para agilizar a adopção de infra-estruturas preparadas para IA nos datacenters empresariais, a Red Hat colaborou com a Hewlett Packard Enterprise (HPE) e a NVIDIA numa nova Arquitectura de Referência de IA Acelerada, que oferece orientações de implementação e design para ajudar clientes mútuos a colocar mais rapidamente em produção as aplicações baseadas em IA.