Privasee seleciona IFE para formação em privacidade e proteção de dados

Segurança

A IFE by Abilways foi o parceiro selecionado pela Privasee para a implementação dos programas e cursos de formação em torno do RGPD em Portugal.

A IFE by Abilways foi o parceiro selecionado pela Privasee para a implementação dos programas e cursos de formação em torno do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) em Portugal. O convite surgiu da empresa sueca que procurava a empresa de referência na área da formação empresarial.

Desenvolvidos em Portugal pela IFE by Abilways, os programas partem da premissa que o tema da privacidade deve ser assimilado transversalmente por toda a estrutura hierárquica, ampliando o conceito, que deixou de estar limitado à esfera jurídica e passou a respeitar os sistemas operacionais das empresas. Neste sentido foram desenhadas formações mais genéricas e descodificadas para todos os colaboradores ou mais específicas e apoiadas em estudos de caso para advogados e juristas, gestores de bases de dados, compliance e risk managers ou data protection officers.

“Com esta parceria a IFE passa a ter uma oferta única e especializada num tema que se tornou inadiável para as empresas, independentemente da sua dimensão. A formação que delineámos com a Privasee descodifica o RGPD e ajuda as empresas a definirem estratégias e ações em conformidade com as melhores práticas nesta área”, afirma Raquel Rebelo, CEO da IFE by Abilways.

“Procuramos parceiros de referência na área da educação e da formação, com um serviço de excelência e que atuam em conformidade com as melhores práticas de privacidade da indústria. A Privasee e a IFE partilham os valores confiança e transparência e ambas colocam as pessoas no centro da sua atuação”, comenta Karen Lawrence, Fundadora e CEO da Privasee.

Sobre o RGPD, a start-up sueca alerta ainda para a importância imediata, e não apenas futura, da integração do cargo de Data Protection Officer (DPO) nas empresas, estimando o valor do mercado em questão em nove biliões de euros, só na Europa.

Também autora do livro “Hands-On Guide to GDPR Compliance Privacy by Design, Privacy by Default”, Karen Lawrence explica que “a Privasee escolheu Lisboa para instalar a sua hub europeia 2017 por ser “uma excelente localização tendo em conta o sucesso da colaboração entre empresas portuguesas e suecas, e pelo facto de Portugal ser um país com recursos humanos com excelentes competências e bastante desenvolvido em termos de infraestruturas tecnológicas”.

Read also :