Redes

Quatro milhões de euros para aumentar 10 vezes a velocidade das comunicações sem fios

Três anos depois, com a colaboração de 11 parceiros internacionais e de 4 milhões de euros financiados pela Comissão Europeia, foram demonstradas pela primeira vez a nível mundial velocidades de transmissão que atingiram uma velocidade de 10 gigabits por segundo (quando o normal é 1gigabit por segundo). Tudo graças a uns dispositivos chamados RTDs (em português “díodos de túnel ressonantes” e em inglês “resonant tunneling diode”), que consistem em novas tecnologias transmissoras sem fios, com a aparência de pequenos chips, com baixo custo e energeticamente eficientes, que permitem transmissão de dados ultrarrápida integrada com rede de fibra ótica.

Redes