Kaspersky abre Centro de Transparência em Madrid

Segurança

O primeiro Centro de Transparência da União Europeia vai funcionar como uma instalação de confiança para os parceiros da empresa e stakeholders do governo no âmbito da Iniciativa de Transparência Global.

O novo Centro de Transparência em Madrid está em total funcionamento desde o passado dia 14 de junho e convida todos os stakeholders de confiança a rever o seu código-fonte.

Nas instalações recentemente inauguradas, a Kaspersky proporciona aos governos e parceiros informação sobre os seus produtos e segurança, incluindo a documentação técnica necessária para uma avaliação externa num contexto seguro. Para além de ser possível rever o código-fonte, o centro também funciona como ponto de informação para se conhecer em maior detalhe as práticas de engenharia e processamento de dados da Kaspersky.

Anton Shingarev, vice-presidente de Assuntos Públicos na Kaspersky, comentou em comunicado que “a confiança e a transparência vão ser cada vez mais importantes”. “Sentimo-nos orgulhosos pelo facto de sermos pioneiros neste processo e por estarmos a abrir o nosso segundo centro de transparência na Europa. Enquanto empresa tecnológica, empenhamo-nos em assegurar as melhores infraestruturas de IT para a segurança dos nossos produtos e dados. A cibersegurança não tem fronteiras e, por isso, tentar criá-las no ciberespaço a nível nacional é contraproducente e é algo que deve ser parado de imediato. Precisamos de restabelecer a confiança nas relações entre empresas, governos e cidadãos e, a inauguração deste Centro em Madrid é mais um passo nessa direção”.

Em novembro de 2018, a Kaspersky deu início ao processamento de dados dos seus clientes europeus em Zurique e abriu também o primeiro Centro de Transparência do sector. Na Suíça, o centro também serve como uma instalação na qual os stakeholders de confiança e os governos podem rever os códigos-fonte das empresas, as atualizações de software e as regras de deteção de ameaças.

A Iniciativa de Transparência Global (GTI) da Kaspersky reafirma o compromisso da empresa em ganhar e manter a confiança dos seus stakeholders mais importantes: os seus clientes. Inclui uma série de medidas práticas e concretas para envolver especialistas externos independentes em cibersegurança, bem como outros profissionais na validação e verificação da fiabilidade dos produtos da empresa, dos seus processos internos e das suas operações de negócio. Para além disso, introduz mecanismos adicionais de responsabilidade que mostram que a Kaspersky aborda qualquer problema de segurança com a maior rapidez e de forma exaustiva.