Já são conhecidos os melhores CIO portugueses do ano

EmpresasNegócios

A CIONet deu a conhecer os melhores CIO portugueses referentes ao ano de 2017. Os vencedores vão representar Portugal nos prémios de CIO Europeu do Ano.

A CIONet realizou o evento CIODAY’18 e deu a conhecer os vencedores portugueses do prémio CIO do Ano. Ana Neves, da FCT, na categoria de Government, António Pereira, da Primavera BSS, na categoria PMEs, e Benedetto Conversano, da Jerónimo Martins, na categoria de Corporate, foram os vencedores.

O júri entregou o prémio esta terça-feira. Este prémio tem como objetivo distinguir, reconhecer e galardoar os melhores CIOs portugueses que utilizam as TIC para ter um maior sucesso dentro das organizações que representam.

Para além dos vencedores, estavam também nomeados Alexandre Ramos, da Altice-PT; António Jorge de Sá, da OCP Portugal; João Pedro Pereira, da ERA; Pedro Vieira, da Águas do Porto; e Wilson Lucas, do Instituto de Informática.

A CIO do Ano na categoria de Government, Ana Neves, é diretora de Sociedade de Informação da Fundação da Ciência e Tecnologia (FCT), e responsável pela coordenação e mobilização das políticas públicas no domínio da Sociedade da Informação/Digital em Portugal/Governação da Internet, desde 2012. Anteriormente, foi responsável pelas Relações Internacionais da Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC) e, entre 2002 e 2008, foi a primeira Conselheira de Ciência e Sociedade da Informação na Representação Permanente de Portugal junto da União Europeia, em Bruxelas.

“É uma satisfação enorme receber este prémio porque trabalhar no Estado nesta área não é nada fácil. Isto é um trabalho de muitos anos e ser reconhecida agora… a pessoa pensa ‘valeu a pena’”, começou por dizer Ana Neves. “Claro que não fiz isto sozinha, muito pelo contrário. Tive que motivar uma equipa durante estes anos todos, temos estratégias muito interessantes para mudar o país e, portanto, este é um reconhecimento que me deixa extremamente feliz e acho que a minha equipa também vai gostar muito porque isto é para mim e é para eles”.

António Pereira foi o vencedor na categoria PMEs e é IT Head Manager na Primavera BSS desde 1999, sendo responsável pela TI e por todos os sistemas informáticos que apoiam as empresas do grupo e é, também, um contribuidor chave na formulação de objetivos estratégicos da empresa. António Pereira iniciou a sua atividade profissional na Universidade do Minho no desenvolvimento de software e na administração de sistemas para projetos de eLearning. No início de 2017, António Pereira foi nomeado Encarregado da Proteção de Dados (DPO) e tem conduzido o projeto de conformidade com o RGPD na Primavera BSS.

“É um prémio importante, mas acima de tudo para a equipa. Este não é um trabalho individual; é fruto de uma equipa de luxo, de uma administração que apoia financeiramente todos os projetos, todas as ideias que são propostas e acima de tudo de uma empresa que é inovadora nas suas práticas e nos seus processos”, referiu António Pereira.

Por fim, o CIO do Ano na categoria Corporate é o CIO da Jerónimo Martins, Benedetto Conversano. Está na empresa portuguesa desde 2015 e é, também, Motivational Speaker na London Speaker Bureau. Antes de entrar para a Jerónimo Martins, teve várias posições no Ikea e na Procter & Gamble.

“Quando aceitei este trabalho, há três anos, os comentários que recebi da minha rede e dos meus conselheiros era de que aceitar um trabalho em tecnologia num retalhista de alimentação era verdadeiramente o lugar errado para estar”, explicou Benedetto Conversano. “Para mim, este prémio, que, claro, é para mim e em especial para a minha equipa, é para mostrar que no mundo atual a disrupção acontece em qualquer lugar; não é onde estás que faz diferença, mas a tua atitude para atingir os objetivos”.