Inocrowd apresenta nova plataforma digital dotada de Inteligência Artificial e Machine Learning

CRMe-Marketing

Inovação, Partilha, Poder de Observação, Criatividade e Persistência são algumas das características apontadas à InoCrowd.

Na passada quinta-feira, a InoCrowd, maior plataforma portuguesa de Inovação Aberta da Europa, apresentou na Nova SBE em Carcavelos, a sua nova plataforma, que tem como objetivo otimizar a resolução de problemas e desafios empresariais de várias naturezas ao criar um espaço que aproxima seekers (empresa e/ou organização) e solvers (grupo de estudantes, investigadores e profissionais que apresentam as soluções para os desafios).

A nova plataforma permite às empresas escalar a sua atividade, automatizar processos manuais e morosos, reduzindo custos fixos e risco associado à operação, bem como explorar um novo modelo de negócio que será mais fácil de fechar e sustentar no tempo. Esta nova ferramenta está disponível através de um portal que se diferencia pelo layout intuitivo e fácil usabilidade, estando organizada com base em dois grandes componentes: um mecanismo de busca e interação, comparável a uma rede social, para desafios, entidades ou empresas e perfis únicos; e uma área de cliente que se assume como uma ferramenta de CRM e de gestão de projetos, através da qual os utilizadores podem gerir as suas atividades de inovação aberta.

“A plataforma está dotada de Inteligência Artificial e Machine Learning para que se encurte o tempo para se encontrar soluções o mais rápido possível e de uma forma mais eficiente e também que se convide de uma forma mais automática os Solvers com mais potencial capacidade de resolução de problemas”, refere Soraya Gadit.

Esta nova plataforma apresenta ainda as três grandes particularidades: um mecanismo de chat interno, em que os Seekers e Solvers são mantidos sob anonimato por questões de confidencialidade; um sistema de avaliação das soluções automático para auxiliar os Seekers na escolha das melhores propostas; e a possibilidade de na resposta a um desafio os Solvers poderem estabelecer parcerias entre si para apresentarem uma solução em conjunto.

Na conferência que serviu de rampa de lançamento para esta plataforma, foram vários os palestrantes que nas suas intervenções apresentaram casos práticos para explicar de que forma Inocrowd respondeu aos seus desafios.

Um dos primeiros exemplos chegou pelo testemunho de Jorge Moreno Delgado, secretário de Estado das infraestruturas, que explicou como a InoCrowd ajudou o Metro do Porto a solucionar um problema com o qual lidavam no seu dia-a-dia. “O metro do Porto tem um sistema aberto muito propicio a fraudes e por não conhecermos soluções para ultrapassar este problema contactámos a InoCrowd, que não descansou até apresentar uma solução viável. Se tivesse de caracterizar esta empresa numa palavra seria inovação”, afirma o atual secretário de Estado.

Ao longo da cerimónia foram ainda apresentados outros casos de sucesso, como o da Ana Aeroportos que recorreu à InoCrowd para resolver um problema de interferência de captação de sinal de GPS no aeroporto Francisco Sá Carneiro no Porto que impedia a comunicação entre os aviões e o Aeroporto quando estes se aproximavam da pista para iniciar a aterragem. “Uma das equipas de solvers da Inocrowd conseguiu solucionar este problema de forma simples, ao identificar um radar localizado perto do Porto de Leixões que interferia com a captação de sinal de GPS.

Para solucionar o problema foi apenas necessário desviar o radar para não causar esta interferência. Recorrendo à Inocrowd conseguimos assim resolver este problema num curto espaço de tempo e com um investimento muito baixo”, refere Isabel de Oliveira Rebelo, EX-Diretora de Inovação na ANA Aeroportos.

A InoCrowd está disponível em cinco línguas (português, inglês, espanhol e mandarim), e para que seja aceite e vista como única a nível mundial – numa primeira fase -, será essencial que os seekers e solvers sejam avaliados e confirmados de uma forma muito rigorosa. Para que isso aconteça é necessário, em primeiro lugar, uma certificação de que os seekers e solvers são empresas ou organizações ou indivíduos legítimos, sérios e credíveis, que não irão desaparecer a qualquer momento, e em segundo lugar, através de uma avaliação cuidada e rigorosa após resolução de um desafio, para que todas as entidades que geram negócio através da plataforma sejam incentivadas a prestar uma melhor qualidade de serviço, uma vez que o resultado será posteriormente tornado público.

O lançamento da desta plataforma terminou com mais uma novidade, com a CEO da InoCrowd a comunicar a mais recente parceria estabelecida com a HeroX, que vai permitir aumentar a base de dados dos solvers e responder a desafios a nível internacional de empresas como a NASA e Lockheed.

Read also :