IAPMEI e Aliança promovem workshop sobre Blockchain

Inovação

A Aliança Portuguesa de Blockchain anunciou que no próximo dia 30 de maio terá lugar um workshop sobre Blockchain no Salão Nobre da sede do IAPMEI.

A Aliança Portuguesa de Blockchain anunciou que no próximo dia 30 de maio terá lugar um workshop sobre Blockchain no Salão Nobre da sede do IAPMEI, em Lisboa. O evento irá começar às 14h30.

Este será um Dia Aberto ao Conhecimento e irá abordar quais as soluções e benefícios da tecnologia Blockchain para as PME portuguesas. Pretende-se com esta iniciativa dotar o sistema empresarial de conhecimentos sólidos sobre Blockchain de forma a prepará-lo o melhor possível para a revolução que esta tecnologia implicará em grande parte dos setores económicos.

Este evento é aberto a empresários e terá como destinatários setores como o farmacêutico, o da biotecnologia, dos transportes e logística, o comércio ou o da programação informática.

O evento irá realizar-se no dia 30 de maio, a partir das 14h30, no Salão Nobre do IAPMEI, na Estrada do Paço do Lumiar, em Lisboa. A entrada é gratuita, mas o registo é obrigatório.

Esta Aliança pretende que todos os intervenientes da economia portuguesa estejam o mais bem preparados possível para a revolução que esta tecnologia implicará em grande parte dos setores económicos. Em paralelo, a Aliança tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de soluções baseadas em Blockchain de origem nacional.

Entre as entidades envolvidas nesta Aliança estão a Abreu Advogados, AICEP, AMA, Associação Portuguesa de Seguradores, BCSD Portugal, Católica Lisbon School of Business & Economics, CIONET, EMEL, Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, Escola de Engenharia da Universidade do Minho, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Faculdade de Economia da Universidade do Porto, Fidelidade, IAPMEI, IBM, ISEG – Lisbon School of Economics & Management, Israeli Blockchain Association, IP Telecom, Nordic Blockchain Association, PME Investimentos, Porto Business School, REN, Universidade Lusófona e Vodafone.