Hitachi Vantara com software de inteligência artificial

Base de DadosBig DataBusiness IntelligenceData-StorageSoftware

Novos sistemas com software de análise preditiva e de automatização permitem uma infraestrutura de dados mais ágil, e possibilitam a execução de operações inteligentes que despertam iniciativas de modernização do data center.

 A Hitachi divulgou os novos sistemas de armazenamento de alto desempenho na única gama de produtos de armazenamento do setor com uma garantia de 100% de disponibilidade dos dados e com software integrado de análise baseado em inteligência artificial e de automatização das TI para múltiplas plataformas. Os novos sistemas Hitachi Virtual Storage Platform (VSP), disponíveis em tecnologia totalmente flash ou hibrida, permitem uma grande agilidade e automatização nunca antes vista, para reduzir os custos e aumentar as eficiências operacionais – a base para qualquer iniciativa de um data center moderno. Os programadores de software irão beneficiar de uma maior flexibilidade e, agora, podem executar mais cargas de trabalho num único sistema através da integração das tecnologias de Docker e Redhat Openshift container com Swarm e Kubernetes.

“Com o amadurecimento das tecnologias de inteligência artificial (AI) e de machine-learning (ML), os fabricantes de armazenamento têm uma oportunidade de prestar um apoio significativo aos clientes no seu percurso para as operações autónomas”, disse Eric Burgener, vice-presidente de pesquisa de Armazenamento da IDC. “Fabricantes como a Hitachi Vantara, com um portefólio avançado de operações de Inteligência Artificial, estão a utilizar AI/ML para simplificar a gestão de infraestruturas, ao mesmo tempo que melhoram a fiabilidade das plataformas, a eficiência das infraestruturas e a capacidade de cumprir acordos de nível de serviço”.

Operações inteligentes

À medida que as operações nos data centers vão-se tornando mais complexas, as eficiências operacionais podem deteriorar-se e aumentam os riscos de tempo de inoperacionalidade ou de perda de dados. A Hitachi Vantara está a lançar o portefólio de software de operações de Inteligência Artificial mais avançado do setor, que inclui Hitachi Infrastructure Analytics Advisor, Hitachi Automation Director  e Hitachi Data Instance Director, para permitir uma infraestrutura de dados mais ágil.

O Hitachi Infrastructure Analytics Advisor (HIAA) oferece um “cérebro” baseado em Inteligência Artificial, para permitir perspetivas mais aprofundadas em data centers através da análise do percurso dos dados, incluindo máquinas virtuais, servidores, redes e armazenamento. O HIAA utiliza a funcionalidade de machine-learning para otimizar, localizar e resolver problemas, mais eficientemente e prever as necessidades do data center. As novas capacidades do HIAA incluem:

  • Análise preditiva: A Inteligência Artificial utiliza dados de telemetria para prever quando é que vai ser necessário adquirir mais armazenamento, permitindo melhorar o planeamento do orçamento e ajuda a evitar descidas do desempenho. A funcionalidade de machine-learning analisa todos os recursos associados ao armazenamento, para ajudar a garantir que são adquiridos os recursos adequados.
  • Análise de causa raiz do problema 4 vezes mais rápida: Um motor de Inteligência Artificial patenteado que analisa dados de telemetria e alterações de configuração no percurso dos dados para isolar problemas e utiliza um novo motor heurístico para recomendar uma solução. A integração com o Hitachi Automation Director permite correções imediatas baseadas nas melhores práticas.

O software Hitachi Automation Director (HAD) disponibiliza um “motor” para organizar a distribuição e gerir os recursos de TI, para que as equipas possam centrar-se na inovação. Sendo uma solução bastante personalizável, o HAD automatiza rotinas de fornecimento de serviços de TI, incluindo tarefas de máquina virtual, de network zoning, de armazenamento e de proteção de dados, para reduzir erros que possam ter impacto sobre o tempo de operacionalidade, sobre a experiência do utilizador e sobre o retorno do investimento (ROI). O HAD foi melhorado para:

  • Integrar com ferramentas de gestão de serviços de TI (ITSM), incluindo a plataforma ServiceNow, para um melhor tracking e controlo do fornecimento de recursos de TI.
  • Melhorar a integração REST API, para a dotar de recursos de terceiros, incluindo armazenamento.
  • Receber diretrizes do HIAA para a resolução de problemas e configuração do armazenamento dos dados.
  • Automatizar o setup (configuração) da proteção de dados do Hitachi Data Instance Director (HDID) para proteger contra a perda de dados ou tempo de inoperacionalidade.

As novas integrações da Hitachi entre HIAA, HAD e HDID fazem parte da iniciativa tendencial em Inteligência Artificial, para ajudar os clientes a iniciar o caminho nas operações autónomas. Estes produtos são disponibilizados individualmente, e em conjunto com a gama Hitachi VSP, para ajudar os clientes a obter, mais facilmente, as ferramentas necessárias para a modernização dos centros de dados.

“A VMware e a Hitachi estão a trabalhar juntas num novo modelo operacional para os centros de dados”, disse Lee Caswell, vice-presidente da Product, Storage and Availability Business Unit da VMware. “O nosso trabalho de integração conjunto ajuda os clientes da gama Hitachi VSP a implementar muitas das soluções da VMware, de forma linear, incluindo VMware vSphere, Virtual Volumes e Site Recovery Manager, para simplificar operações diárias e cenários de recuperação de desastres. E, ao partilhar dados de telemetria entre o software de operações de Inteligência Artificial da Hitachi e as ferramentas de gestão vCenter, ajudamos os clientes na transformação digital do seu negócio e a tirar partido do poder de uma infraestrutura moderna”.

Infraestrutura de dados, ágil e moderna

A modernização do data center começa com uma base sólida e consistente de disponibilização de dados a alta velocidade e baixa latência, com suporte para os diversos requisitos de carga de trabalho e integração multi-cloud.

A nova série totalmente flash VSP F da Hitachi, e os sistemas híbridos da série VSP G suportam uma infraestrutura de dados ágil com uma garantia de 100% de disponibilidade dos dados, única no setor, para além de um desempenho superior até três vezes na quantidade de IOPS e uma escalabilidade duas vezes e meia superior, comparada com os modelos VSP anteriores. Isto significa que os clientes podem contar com um processamento analítico e desempenho mais rápido das aplicações, promovendo um maior retorno ao nível dos dados. A integração em cloud e a tecnologia container permite correr mais cargas de trabalho no mesmo sistema, ao mesmo tempo que ajuda a eliminar silos de dados e a suportar novas cargas de trabalho.

Os novos modelos de gama enterprise da Hitachi VSP incluem a versões VSP F700 e VSP F900 totalmente flash, e os sistemas híbridos VSP G700 e G900. Para chegar a um leque mais alargado de clientes, a Hitachi lançou modelos de gama média. Estes incluem os sistemas VSP F350, F370, G350 e G370. Os sistemas são baseados na geração mais recente do Hitachi Storage Virtualization Operating System, SVOS RF, que foi redesenhado para oferecer maior desempenho, escalabilidade e eficiência de dados. Todos os novos sistemas VSP vêm com um package de software Foundation que inclui o software da Hitachi de análise de infraestrutura e de data management.

Os novos modelos oferecem melhorias significativas, comparado com os modelos VSP anteriores:

  • Escalabilidade do desempenho: Aumento para mais de 2,4 M IOPS e largura de banda de 41 GB/s.
  • Maior eficiência: Até 70% mais IOPS por core, para um aumento da relação preço/desempenho.
  • Maior consolidação: 8 vezes mais volume e um milhão de snapshots por sistema.
  • Maior eficiência dos dados: Deduplicação até 3,4 vezes mais rápida e compressão baseada em SVOS 5 vezes mais rápida.

Read also :