GSTEP aposta na oferta de serviços Nearshore para manutenção remota de BI e EPM

CloudGestãoSoftware

A empresa estende todo o seu know-how e disponibiliza uma equipa especializada, para o desenvolvimento de soluções nas áreas de Planeamento e Controlo Orçamental e Business Intelligence em outros mercados, integrando um serviço de apoio remoto às suas soluções em três idiomas – português, inglês e espanhol.

A GSTEP aposta na oferta de serviços Nearshore, com base na oferta de manutenção remota de sistemas, que ajudam as instituições em outros mercados, a economizar em software, em upgrades e em equipas, e ajudam a marca a globalizar os seus serviços e a posicionar-se como lider no setor, na linha daquelas que são as tendencias de 2018 em EPM, anunciadas recentemente pela Oracle.
 
Os profissionais devem tomar consciência que os sistemas de EPM estão a migrar para a Cloud, pois isso afetará todo o atual modelo de negócio das grandes empresas. Mais além, e com base num recente estudo da Oracle, o EPM Cloud Computing chegou a um ponto crítico este ano, com 79% das empresas a desenvolverem planos para o EPM migrar para a nuvem nos próximos dois anos. Isto torna a oferta de serviços Nearshore de gestão remota, como a oferecida pela GSTEP, quer eficiente e ágil, quer economicamente mais sustentável e uma oportunidade a nível de negócio.
 
Numa Era ditada pela evolução constante das tecnologias e desenvolvimentos como os da Inteligência Artificial, Internet of Things, Machine Learning, Blockchain, entre outras, a necessidade de automatizar sistemas e processos e gerir plataformas únicas em sistemas cloud, nomeadamente para EPM, é uma realidade. E a GSTEP está aqui posicionada e com uma oferta sólida e crescente.”, de acordo com Carlos Cardoso, CEO da GSTEP. “Cada vez mais clientes se interessam e apostam na cloud e no acesso a sistemas remotos. Esse interesse, aliado ao facto de termos uma equipa integralmente dedicada ao tema, permite acrescentar valor ao serviço prestado”, avança o responsável.
 
São já vários os clientes da GSTEP com manutenção remota, alguns com mais de 5 anos, muito porque esta modalidade é totalmente ajustável às suas necessidades, podendo ser solicitada como serviço pontual ou recorrente. Isto também porque o serviço não se resume a instituições em que os projetos de BI ou de EPM tenham sido levados a cabo pela GSTEP; a GSTEP tem o know-how para fazer a manutenção de soluções implementadas por terceiros. O objetivo é único: manter todos os sistemas a funcionar a 100%, e ajudar as empresas a tirarem total partido dos mesmos.