Google e Euroconsumers juntos por um melhor ecossistema digital

Negócios

A Google e a Euroconsumers, cluster internacional de defesa do consumidor da qual a DECO PROTESTE é a representante portuguesa, unem forças para potenciar a emancipação do consumidor no mundo digital, através de uma parceria com pesquisas, eventos e campanhas conjuntas.

A parceria entre a organização líder mundial na defesa do consumidor, a Euroconsumers, e a gigante tecnológica Google tem como objetivo fazer um levantamento de comportamentos contemporâneos na Internet em sete mercados chave na Europa e desenvolver soluções para dar poder aos consumidores para experiências online mais saudáveis, seguras e equilibradas.

Existe na Internet potencial para melhorar as nossas vidas, mas apenas se for utilizada em segurança. E percebendo que todos os participantes do ecossistema digital desempenham papéis indispensáveis nestas questões, a Google e a Euroconsumers uniram-se para investigar e fazer face aos desafios que os utilizadores da Internet enfrentam, como a segurança familiar, a privacidade de dados e o bem-estar no mundo digital.

O estudo qualitativo está a ser realizado em parceria com a Ipsos e contempla sete mercados na Europa – Bélgica, Itália, Portugal, Espanha, Alemanha, França e Reino Unido – apostando em temas chave relacionados com as tendências online existentes. Estes tópicos incluem hábitos e uso da Internet, bem-estar digital, privacidade e dados, e como manter as famílias em segurança.

Os resultados do estudo vão estar disponíveis no início de 2020, fornecendo perceções importantes sobre as atitudes e expetativas dos consumidores. Estas visões vão permitir à Google e Euroconsumers trabalhar em conjunto para combater questões específicas com atividades conjuntas.

Aproveitando a presença dos dois parceiros, o primeiro vislumbre do trabalho desenvolvido foi apresentado no Web Summit, nos dias 5 e 6 de novembro, para abordar os objetivos do estudo e recolher testemunhos de participantes. Para Marco Pierani e Enrico Bellini, da Euroconsumers e Google, respetivamente, “há algum local melhor para recolher as opiniões dos consumidores sobre comportamentos digitais do que o Web Summit?”.