Gfi torna-se Inetum

EmpresasNegócios

Após 10 anos, o Grupo Gfi está a mudar o seu nome e a sua identidade para sinalizar a entrada numa nova era.

Um novo nome associado a uma nova identidade surgem para concretizar a ambição do Grupo: a Gfi passa agora a chamar-se Inetum.

Globalmente, o Grupo conta cerca de 27.000 talentos em 26 países sendo que nos últimos três anos, “mais do que duplicou a sua dimensão, elevando as suas receitas de mil milhões de euros para 2,3 mil milhões, graças a uma estratégia proativa de fusões e aquisições, combinada com um forte crescimento orgânico”, segundo dados avançados pela empresa.

«Inetum, Positive digital flow» passa a ser também a assinatura do Grupo que assume assim uma nova identidade colocando mais um importante marco numa “estratégia de contínuo crescimento” que o seu CEO Vincent Rouaix conduziu ao longo dos últimos 10 anos.

Recorde-se que a sua aquisição mais recente, a IECISA em abril deste ano, permitiu ao Grupo atingir o atual volume de negócios e passar a operar desde a Europa, América Latina, Estados Unidos, África e Sudeste Asiático. 

O nome agora anunciado tem  as suas raízes na palavra latina “incrementum”, que significa crescimento, além de “uma expressão gráfica que representa a combinação de talentos que formam uma única entidade, e que termina numa seta “pixelizada” para simbolizar o crescimento do Grupo, apontando para o futuro”.

Read also :