FCT lança Iniciativa Quantum Portugal

Inovação

A FCT – Fundação Portuguesa para a Ciência e Tecnologia, decidiu lançar a Iniciativa Quantum Portugal  com o objetivo de tornar o País mais  ser competitivos e formar estudantes de doutoramento na área da ciência e tecnologia quântica.

“Existe uma necessidade urgente de as instituições e países enfrentarem o desafio ‘quântico’ que disponibiliza uma nova vaga de inovações científicas e tecnológicas. A Ciência e Tecnologia Quântica vai ser de extrema importância para a digitalização bem-sucedida da Europa e um elemento importante no desenvolvimento. No decorrer da próxima década é necessário reunir massa crítica e formar estudantes de doutoramento no sentido mais amplo da Ciência e Tecnologia Quântica”.

Neste contexto, a FCT – Fundação Portuguesa para a Ciência e Tecnologia, decidiu lançar a Iniciativa Quantum Portugal para tornar o País mais competitivo e formar estudantes de doutoramento na área da ciência e tecnologia quântica. Para esse fim, um primeiro passo na Iniciativa Quantum Portugal é abrir um programa especial constituído por 24 Bolsas de Doutoramento no campo da Ciência e Tecnologia Quântica, que irá ser gerido pelo INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, por mandato da FCT, no âmbito de um Memorando de Entendimento que vai ser assinado durante este o lançamento da iniciativa que irá decorrer amanhã, no Auditório do INL, em Braga.

Esta iniciativa toma particular relevância quando a procura de especialistas com know-how e capacidade de compreender as tecnologias quânticas está a aumentar a um ritmo constante. “Atualmente, há já especialistas em computação quântica oriundos do meio académico que estão a ser contratados por empresas que oferecem diversas oportunidades de carreira para investigadores e engenheiros com experiência em tecnologias quânticas”.

O novo paradigma da computação quântica apresenta uma nova abordagem à forma como processamos a informação. “Os computadores quânticos são poderosos o suficiente para ajudar a desenvolver novos medicamentos e materiais, ou até mesmo simular a disseminação de pandemias. A computação quântica é muito mais do que uma transformação incremental em relação ao que já conhecemos. É uma transformação verdadeiramente inovadora que ultrapassa as fronteiras e as leis clássicas da física”.

Read also :