Facebook altera algoritmo do feed de notícias

e-MarketingRedes Sociais

O feed do Facebook vai passar a mostrar mais publicações de amigos e famílias e menos das empresas. A mudança, alerta o CEO, pode fazer com que os utilizadores passem menos tempo na rede social.

Já era esperado, mas aconteceu mesmo. O feed do Facebook vai passar a mostrar mais publicações de amigos e famílias e menos das empresas. Mark Zuckerberg, CEO da rede social, alerta que os utilizadores poderão mesmo passar menos tempo no site e as ações ressentiram-se.

Zuckerberg explicou numa publicação que o conteúdo público das marcas se está a misturar com os momentos pessoais que leva os utilizadores a conectarem-se entre si. O objetivo das equipas de produto do Facebook é ajudar os utilizadores da rede social a encontrar conteúdo que leve a uma maior interação social de valor.

Nos últimos tempos, empresas como o Facebook e o Twitter têm sido confrontadas por reações negativas por parte dos utilizadores contra a tecnologia por sentirem que estão a ser expostos a notícias falsas e a bullying virtual. A visão do CEO da maior rede social do mundo é de que a plataforma deveria dar uma voz às pessoas e tornar as conexões em algo com um verdadeiro valor.

Na sua publicação, Mark Zuckerberg escreveu que “ao fazer estas mudanças, espero que o tempo que as pessoas passam no Facebook e outras medidas de engagement desçam. Mas espero também que o tempo que os utilizadores passam no Facebook seja mais valioso. E se fizermos as coisas certas, acredito que será bom para a nossa comunidade e para o negócio a longo prazo”. Em reação, as ações do Facebook chegaram a descer 5,5%, a maior queda desde novembro de 2016.

De relembrar, ainda, que a resolução de Zuckerberg para 2018 era “arranjar” o Facebook depois de um ano em que a rede social foi alvo de várias críticas.

Read also :