Equipamentos tecnológicos são importantes para o ensino

MobilidadePortáteis

77% dos encarregados de educação consideram que os equipamentos fundamentais e 22% alugariam equipamentos tecnológicos para os seus educandos, em vez de comprar.

O ensino à distância, nos anteriores anos letivos, veio demonstrar a utilidade que os equipamentos tecnológicos podem ter para os alunos e para o ensino em geral.

De acordo com o estudo do Observador Cetelem Regresso às Aulas 2021, 77% dos encarregados de educação confirmam que os equipamentos tecnológicos têm hoje “um papel importante no ensino“.

Os computadores encontram-se no 1º lugar do pódio (88%) entre os equipamentos que os encarregados de educação consideram ser hoje mais úteis para os estudantes, revelando-se “mais essenciais para os que frequentam o Ensino Superior (96%)”.

Seguem-se as impressoras/multifunções (64%) e os periféricos: monitores, ratos, teclados, entre outros (59%).

O investimento que tem sido feito demonstra também a importância que tem hoje a tecnologia e é visível na quantidade e diversidade de equipamentos tecnológicos que os alunos possuem atualmente: em todos os ciclos de ensino, por exemplo, mais de 84% dos estudantes têm, pelo menos, um equipamento – à exceção do pré-escolar (53%) onde, por ora, estes não tendem a ser requisito, diz o mesmo estudo.

73% dos educandos têm um computador fixo e/ou portátil, nomeadamente, os estudantes que frequentam o Ensino Superior (89%) e o Ensino Secundário (83%). Já 27% dos estudantes não têm computador, sendo mais comum não terem na Pré-escola (58%) e no 1.º Ciclo (35%).

“Serem muito novos (em idade)” é justamente o principal motivo apontado pelos encarregados de educação inquiridos para o facto de alguns estudantes não terem um computador pessoal (52%).

Já a falta de capacidade financeira é apresentada como razão por 24%, tendo maior peso no 2º ciclo (44%) e no 3º ciclo (41%).

O preço (17%) e a durabilidade (16%) são as características mais relevantes num computador, para os inquiridos. A terceira característica é a capacidade de armazenamento (14%). Para comprarem um computador mais barato, 40% dos inquiridos prescindiriam da marca.

Diz a Cetelem que os telemóveis estão no segundo lugar entre os equipamentos que mais estudantes possuem (61%). Na hora da escolha de um equipamento para o seu educando, se for uma opção, 22% considera também alugar equipamentos tecnológicos, em vez de os comprar.

Read also :