Edigam quer duplicar faturação

Negócios

A empresa de desenvolvimento tecnológico quer chegar aos 16 milhões de euros e lançar seis novas soluções em três anos.

O grupo Edigma anunciou que pretende consolidar a sua presença em Portugal no mercado experiencial, gestão de atendimento e sinalética digital nos próximos três anos, período em que promete duplicar o volume de negócios de 8M de euros em 2020 para os 16M de euros em 2023.

Nos próximos três anos a empresa de base tecnológica pretende apresentar seis novas soluções que se irão juntar à mesa interativa com reconhecimento de objetos, vídeo wall interativa, espelhos e quiosques interativos.

Na base desta ambição, a empresa recorda que “desde o início da pandemia o mercado revelou novas necessidades e houve uma inevitável adaptação”.

“Em 2020 acabámos por lançar novos produtos tecnológicos que possibilitaram a interação das pessoas, mesmo com a imposição das medidas de distanciamento, moldando equipas e adaptando funções, respondendo às novas exigências do mercado”, explica Miguel Oliveira, CEO da Edigma, referindo-se ao Edigma Sanus e Edigma Ara.

Por outro lado, com a criação de uma unidade de negócio exclusivamente dedicada à Gestão de Atendimento e Contagem de Pessoas nos espaços, no último ano a empresa “já conquistou clientes em países como o Reino Unido, Países Baixos, Espanha e Canadá” através da sua plataforma Moviik.

“Esta plataforma consegue gerir as filas de forma virtual ao mesmo tempo que contabiliza o número de pessoas no espaço, por exemplo.

No caso da gestão de filas, “isso é conseguido sem necessidade de dispositivos físicos para além do telemóvel pessoal de cada utilizador, com uma oferta integrada de gestão de atendimento e sinalética digital”, explica a mesma fonte.

O objetivo agora é alcançar “a liderança em Portugal nessas áreas, passando a representar 30% do negócio da empresa”, com projetos que colocam o utilizador como elemento central de toda a experiência.

Implementados pela EDIGMA “são já projetos de referência” a transformação digital das agências do Millennium BCP e do Mar Shopping Algarve, onde os conceitos de sinalética digital e experiência tecnológica vanguardista “obtiveram prémios devido à sua inovação”.

Read also :