Redes Sociais

Merkel diz que Facebook tem quer fazer mais para conter xenofobia contra refugiados

Merkel diz que cabe ao Facebook eliminar mensagens racistas e xenófobas publicadas no seu site, despoletadas pela vaga de refugiados da Síria, África e Médio Oriente que se amontoam às portas da Europa. A chanceler afirma que a rede social tem um papel crucial na atenuação da integração dos refugiados na sociedade alemã.

Facebook melhora negócio das empresas com atualização de Pages para mobile

O Facebook lançou novas atualizações para o Pages em versão mobile, uma aplicação que ajuda os negócios e PMEs a construírem e desenvolverem a sua presença online, comunicando mais facilmente com os consumidores. A atualização visa facilitar o destaque de informação relevante de forma a que as empresas atinjam os seus objetivos.

8 dicas do Facebook para navegar em segurança

A segurança dos utilizadores continua a ser uma prioridade para o Facebook. Por forma a tornar a experiência dos utilizadores mais segura, a rede social destaca alguns passos que ajudarão a prevenir eventuais questões de segurança.

Facebook quer mais dos anunciantes indianos

O Facebook sente que não está a tirar o máximo proveito do mercado indiano, o segundo maior no que toca a subscritores da rede social. Por isso, a empresa está a desenvolver funcionalidades direcionadas para os anunciantes indianos, que ainda não estão convencidos das potencialidades da plataforma a nível do marketing.

Zuckerberg: é preciso “alguma paciência”

Paciência. Foi o que pediu o presidente da maior rede social do mundo numa conferência telefónica que decorreu após a divulgação dos resultados para o segundo trimestre do Facebook.

Tecnológica Bidalgo prospera ao lado do Facebook

A startup israelita Bidalgo é parte do sucesso da maior rede social do mundo, que, mesmo sendo um serviço gratuito, arrecada milhares de milhões de dólares por ano. Mas as coisas não correm bem apenas para o Facebook. Segundo a agência Reuters, a Bidalgo espera cerca de 100 milhões de dólares em vendas para 2015.

Dispositivos móveis são os preferidos para publicar no facebook

Durante o verão, muitas vezes longe de casa, os portugueses preferem os smartphones e outros dispositivos móveis para se manterem conectados à maior rede social do mundo. Segundo os dados internos do Facebook, 59 por cento das partilhas realizadas em Portugal nesta altura do ano são feitas via mobile.

Facebook inaugura primeiro escritório em África

O Facebook abriu hoje o seu primeiro escritório no continente africano. Firmando raízes na cidade de Joanesburgo, a maior rede social do mundo quer fortalecer o seu papel enquanto canal de comunicação entre empresas e pessoas e potenciar o crescimento local e regional.

WhatsApp, durante quanto mais tempo?

Já não é preciso ter uma conta de Facebook para aceder ao Messenger num iOs ou Android, tal como acontece com o WhatsApp. Mas, atenção, esta opção só está disponível nos Estados Unidos, Canadá, Peru e Venezuela. Pelo menos por enquanto.

Mercados internacionais já são 51% das receitas publiciárias do Facebook

A plataforma de publicidade comercial do Facebook gerou mais receitas nos mercados externos do que nos Estados Unidos, durante o primeiro trimestre deste ano. A empresa indica que exatamente 51% da totalidade das vendas globais de publicidade nos três primeiros meses do ano vieram de fora dos EUA, o maior mercado publicitário do mundo. O crescimento

Facebook vai aumentar salários dos funcionários com contrato

O Facebook vai aumentar os salários dos seus trabalhadores a contrato e dos seus vendedores. Esta jogada alinha-se com as decisões tomadas por outras empresas de Silicon Valley para uniformizar os vencimentos no cerne norte-americano da tecnologia. A diretora de operações da maior rede social do mundo, Sheryl Sandberg, afirmou que o novo modelo de

LinkedIn lança app Elevate para promover partilhas

O LinkedIn lança, hoje, uma aplicação independente da rede social mas que visa aumentar o número de partilhas, gostos e demais interações. A Elevate surge com um modelo pago a pensar em empresas que queiram expandir o raio de alcance dos seus negócios e melhorar a estratégia de comunicação. Uma aplicação para empresas que poderá transformar

Afinal, Facebook seguia mesmo quem não tinha conta devido a bug

Com o intuito de responder às acusações feitas por um grupo de académicos belgas, o Facebook emitiu um comunicado onde admite recolher dados relativos a utilizadores que não estejam registados na rede social. Contudo, explica que nenhuma lei de privacidade foi quebrada. Depois de um estudo, realizado a pedido da comissão de proteção de dados

LinkedIn anuncia aquisição de plataforma de educação Lynda

O site Lynda.com será a próxima aquisição do LinkedIn, num negócio que deverá ascender aos 1,5 mil milhões de dólares. A plataforma de educação disponibiliza cursos online em áreas prementes da atualidade tal como web design ou gestão de empresas. Era um sonho antigo do LinkedIn. Para além de ligar profissionais a possíveis empregadores, a

Europe vs Facebook já teve primeira audiência

O grupo de cidadãos europeus que decidiu processar o Facebook viu as suas queixas chegar a um tribunal, pela primeira vez, ontem. A audiência tinha como objetivo perceber se existiam ou não argumentos válidos para continuar com o processo e, por agora, a rede social parece liderar. São 25 mil pessoas, 25 mil queixas e

Yahoo quer Tumblr mais perto de “casa”

O Tumblr poderá estar prestes a perder a sua autonomia. Espera-se que uma reestruturação da Yahoo aumente o jugo da proprietária do motor de busca sobre a sua plataforma de partilha de ficheiros multimédia, que goza, atualmente, de uma forte independência. Depois de em meados de 2013 ter comprado o Tumblr por cerca de 1,1

Twitter e YouTube voltam a ficar operacionais na Turquia

O acesso ao Twitter e ao YouTube foi já restaurado, depois de a Turquia ter banido as plataformas por terem partilhado fotografias do falecido procurador de Istanbul a ser ameaçado com uma arma de fogo durante uma situação de reféns. O governo turco ontem embargou o acesso ao Twitter e ao YouTube no país, alegando

Coreia do Sul considera sancionar Facebook

A rede social e o motor de busca Naver estão debaixo do olhar atento da autoridade reguladora sul-coreana devido a eventuais quebras nas políticas de privacidade. As duas plataformas estarão a recolher dados sobre os utilizadores sem que estes o autorizem. O Facebook foi acusado, recentemente, de recolher dados e monitorizar os passos de utilizadores

Turquia bloqueia Twitter e YouTube

O acesso ao Twitter e ao YouTube foi bloqueado na Turquia, depois de terem sido veiculadas nestas plataformas fotografias do promotor público de Istanbul a ser ameaçado com uma arma de fogo durante uma situação de reféns. Já em 2014 o governo turco, sob fortes críticas por parte da comunidade internacional, havia interditado o acesso