Gestão

Reditus aumenta resultados líquidos em 5,4%

Durante o primeiro trimestre de 2015, a Reditus prosseguiu a sua estratégia de expansão das operações internacionais, continuando o esforço de consolidação da posição no mercado nacional. O resultado líquido consolidado ascendeu a 161,4 mil euros, um aumento de 5,4% face o mesmo período do ano anterior, beneficiando essencialmente da diminuição dos encargos financeiros, explicou

NetApp apresenta resultados do quarto trimestre

A NetApp apresentou os seus resultados financeiros para o quarto trimestre e para o ano fiscal concluído a 24 de abril. O dinheiro das operações para o ano fiscal de 2015 foi de 1,27 mil milhões de dólares. No quarto trimestre, as receitas líquidas foram de 1,54 mil milhões de dólares, com um GAAP de

Nokia prepara despedimento de dezenas de funcionários

A Nokia vai despedir até 70 funcionários da sua unidade de I&D na Finlândia. Segundo uma porta-voz, o corte é um reflexo de uma estratégia de longo prazo que passa pela reestruturação da empresa. Um dia após ter celebrado do seu 150º aniversário, a Nokia revelou que vai aplicar um corte no número de colaboradores

Novabase cresce mais no estrangeiro do que em Portugal

O volume de negócios da Novabase subiu cinco por cento no primeiro trimestre deste ano, alcançando lucros líquidos de 1,9 milhões de euros. Neste período, o negócio nacional da empresa sofreu uma ligeira contratação, suficiente para que as suas operações passassem, pela primeira vez, a representar mais de metade do total das receitas. As operações

Siemens prepara despedimento em massa

A Siemens está prestes a executar um despedimento massivo. Depois de em fevereiro ter dito que 7,8 mil postos de trabalho em todo o mundo seriam eliminados, a tecnológica acaba de anunciar que uns adicionais 4,5 mil funcionários serão também demitidos. A empresa alemã tem procurado mitigar despesas supérfluas, e tem-lo feito através de uma

Alibaba tem novo CEO já em maio

As receitas do grupo Alibaba subiram 45 por cento no primeiro trimestre. Ao mesmo tempo que ultrapassa as estimativas dos analistas, a empresa prepara-se para se despedir do seu diretor executivo Jonathan Lu, cujo lugar tem já dono. A Alibaba Group Holding anunciou que no próximo dia dez de março terá um novo CEO. Assim,

NOS cresce dois por cento no primeiro trimestre

As receitas da NOS subiram dois por cento durante o primeiro trimestre do ano, até aos 344,1 milhões de euros. Este crescimento foi impulsionado pelo aumento do número de subscritores de serviços convergentes, pelo fortalecimento das áreas de Audiovisual e Cinema e pelo reforço do negócio das telecomunicações. A operadora NOS revelou que o seu

Receitas da Capgemini sobem dois dígitos no primeiro trimestre

As receitas da Capgemini subiram até aos 2,764 milhões de euros no primeiro trimestre de 2015. Este aumento de 10,5 por cento, face ao ano passado, foi impulsionado pelo fortalecimento do negócio da empresa nos mercados norte-americano, latino-americano e na região da Ásia-Pacífico. O diretor executivo do Grupo Capgemini, Paul Hermelin, afirma que na Europa

Cognizant regista aumento de 20 por cento das receitas

Os resultados trimestrais da Cognizant foram melhores do que os esperados. As receitas dos primeiros três meses de 2015 subiram 20 por cento, superando as estimativas dos analistas, e foram potenciadas pelo fortalecimento dos seus negócios de serviços financeiros e de saúde. A Cognizant entrou em 2015 com o pé direito, depois de ter revelado

Acionistas culpam CEO por resultados dececionantes do Twitter

As receitas do Twitter para o primeiro trimestre de 2015 falharam as estimativas e agora todos os olhares recaem sobre o CEO Dick Costolo. Depois dos resultados destes primeiros três meses, a empresa foi obrigada a reduzir as suas projeções para o presente ano, e os investidores não estão satisfeitos com a direção executiva da empresa. A

Google regista alta de 12% nas receitas

A Google teve alta de 12 por cento na sua receita trimestral, ajudado por salto de 13 por cento no número de anúncios, ou cliques pagos. Os valores, porém, ficaram abaixo das expectativas de Wall Street, avança a agência Reuters. Embora o total de cliques pagos tenha crescido, o preço médio de anúncios, ou custo por clique,

Receitas da Microsoft superam estimativas

Os resultados da Microsoft para este primeiro trimestre de 2015 superaram as expectativas. A subida inesperada das receitas e dos lucros da empresa tecnológica foi motivada pela venda de equipamentos e de serviços de computação cloud, que atenuou a queda do segmento Windows, o seu negócio nuclear. Nos derradeiros três meses de 2014, as receitas

Receitas da IBM caem pelo 12º trimestre seguido

Os resultados da IBM voltaram a não serem os melhores. A empresa recuou cerca de 12 por cento no primeiro trimestre, enquanto continua a desfazer-se de negócios não lucrativos para focar em iniciativas de computação em nuvem. As ações da maior empresa de serviços de tecnologia operavam marginalmente em queda no after-market, tendo este sido o décimo

Lucros da SAP sobem no 1º trimestre graças à queda do euro

Os lucros operacionais da SAP aumentaram 15 por cento nos primeiros três meses de 2015. Esta subida foi reflexo da queda do valor do euro, embora despesas com novo software cloud tenham restringido a sua margem lucrativa. A tecnológica alemã revelou que os lucros operacionais conseguidos no primeiro trimestre deste ano chegaram aos 1,06 mil

WinTrust projeta crescimento significativo para 2015

O volume de negócios da WinTrust cresceu 30 por cento em 2014, alcançando os 1,3 mil milhões de euros. Os mercados internacionais representam já 15 por cento desta faturação, sendo que a empresa quer duplicar este contributo até ao fim deste ano. 2014 foi um bom ano para a WinTrust, e 2015 não deverá ficar

Intel sem mudanças na receita mas com crescimento em IoT

Os resultados do primeiro trimestre da Intel não correspondem às expectativas mas, ainda assim, apresentam valores positivos em segmentos em franca expansão. Para o próximo período financeiro, a empresa espera um crescimento reduzido. A receita da Intel tem mantido níveis de estagnação, nos últimos relatórios, e o primeiro trimestre de 2014 não é exceção. A

Plataforma HomeAway fatura mais 28,9% em 2014

A HomeAway faturou em 2014 446.8 milhões de dólares (326 milhões de euros), mais 28,9% do que em 2013, e o seu EBITDA ficou situado nos 119.3 milhões de dólares (112 milhões de euros), mais 23,4% relativamente ao exercício anterior, avançou a empresa em comunicado. A plataforma HomeAway agrupa mais de um milhão de anúncios em

GTI cresce 14% na venda de licenças

O canal de distribuição está a sofrer uma das mudanças mais radicais dos últimos anos devido ao aparecimento de novos modelos de comercialização de software, como o licenciamento e a Cloud, diz a GTI. Segundo este distribuidor especializado no sector das TIC, os distribuidores tradicionais procuram por novas fórmulas e modelos de negócio que aumentem o

Oi despede mil trabalhadores para reduzir gastos com pessoal

De acordo com informação avançada pela Agência Reuters, a Oi irá cortar 1070 postos de trabalho em abril, algo que representa 6 por cento do quadro de funcionários diretos da operadora. A meta é conseguir reduzir custos, com uma medida que faz parte do plano de reorganização para simplificar a estrutura da empresa. Os cortes

Lucros da Huawei sobem mais de 30 por cento

Já são conhecidos os resultados financeiros da Huawei relativamente ao último ano e os valores revelam que a fabricante chinesa tem conseguido encontrar o seu lugar no mercado. Com os lucros a subirem mais de 30 por cento e a receita a aumentar mais de 20 por cento, a Huawei apresenta números bastantes superiores aos

Receita da BlackBerry continua a descer mas supera previsões

A BlackBerry tem enfrentado dura concorrência no mercado dos dispositivos móveis, não conseguindo, muitas vezes, acompanhar a constante inovação das companheiras tecnológicas. Por isso mesmo, as previsões dos analistas apontavam para valores abaixo daqueles, de facto, conseguidos pela canadiana. A receita desceu mas os resultados líquidos aumentaram. Desde a proposta de que a neutralidade da

SAP espera impulso nos lucros graças enfraquecimento do euro

A SAP anunciou que espera um impulso que pode variar entre os 11 a 14 por cento nos seus lucros operacionais para 2015. Tudo graças ao enfraquecimento do euro em relação ao dólar e a outras moedas em circulação. A empresa alemã, com vários anos na área de software corporativo, explicou, através de um documento

Vendas da Oracle mantêm-se mas ações sobem

Os valores relativamente ao último trimestre de 2014 da Oracle já são conhecidos e revelam um período de estagnação para a empresa que apresenta a mesma soma de vendas comparativamente com o ano anterior. No entanto, tanto as ações como os dividendos dos investidores parecem ter sofrido uma mudança positiva. Quanto ao último trimestre de

Ericsson vai despedir mais de dois mil na Suécia

A Ericsson prepara-se para despedir funcionários na Suécia. Este corte deverá eliminar 2,2 mil posições laborais ser mais significativo nas áreas de I&D e de fornecimento de serviços, e visa a redução das despesas da tecnológica sueca. Depois de, no passado mês de novembro, ter dito que planeava mitigar as suas despesas anuais, a Ericsson

SAP vai despedir mais de dois mil funcionários

Uma reestruturação da SAP irá resultar no despedimento de mais de dois mil funcionários mas também na criação do mesmo número de empregos noutras áreas da empresa. Cloud e vendas online são algumas das apostas da SAP. As mudanças do mercado a nível digital estão a obrigar as empresas a redirecionarem as suas forças, nomeadamente

Winsig cresceu 77 por cento nos mercados internacionais em 2014

O volume de negócios da Winsig cresceu seis por cento em 2014. As operações internacionais da distribuidora portuguesa subiram 77 por cento, sendo que para este ano o objetivo é continuar a crescer, principalmente nos mercados estrangeiros. Em 2014, a portuguesa Winsig, que distribui soluções que assentam sobre o software de gestão da PHC e

Receitas da Indra sobem cinco por cento em 2014

As receitas da Indra cresceram cinco por cento em 2014. A subida das vendas totais da empresa permitiram-lhe chegar aos 2,938 mil milhões de euros, registando um fortalecimento significativo do seu negócio de serviços financeiros. A Indra, no ano passado, viu o seu negócio crescer dez por cento na América Latina, ao passo que na

Resultados de Tesla desapontam mas Elon Musk está confiante

O quarto trimestre da Tesla falha as previsões apresentando uma descida nas receitas e lucros da empresa. A justificação não tem a ver com os níveis de produção mas sim com a dificuldade em entregar os veículos, de acordo com a empresa. Ainda assim Elon Musk mostra-se confiante no futuro e apresenta uma nova estratégia

Novabase cresceu fortemente nos mercados externos em 2014

O volume de negócios da Novabase subiu 1,9 por cento em 2014. Apesar da diminuição considerável dos lucros líquidos regista nesse período, a empresa portuguesa acredita que em 2015 conseguirá atingir um crescimento positivo, apoiado firmemente nos mercados externos. Em 2014, a Novabase registou um crescimento de oito por cento, alimentado por um reforço de

Lucros da Sharp continuam em queda

A Sharp vai comunicar a sua terceira perda líquida anual em quatro anos. Esta queda contínua é alimentada por uma severa concorrência no ramo dos ecrãs para smartphones.   Parece que a estratégia da fabricante japonesa de eletrónica de consumo, que passava por apoiar-se no seu segmento de ecrãs para telemóveis inteligentes como combustível do