Resultados

Vendas mundiais de PCs diminuem 4,3% no segundo trimestre de 2017

A Gartner revelou os números de vendas mundiais de PCs para o segundo trimestre do ano. Entre abril e junho de 2017 foram vendidos 61,1 milhões unidades, uma queda de 4,3% em relação ao segundo trimestre de 2016. A indústria está em declínio há cinco anos e este é o 11º trimestre consecutivo em que as vendas diminuem, tendo atingido o menor volume trimestral desde 2007.

AskBlue duplica faturação em 2016

A empresa nacional de consultoria terminou o ano de 2016 com uma faturação aproximada de 4 milhões de euros, o que representa um crescimento para o dobro em relação ao ano anterior.

Samsung deverá atingir lucros recorde no segundo trimestre de 2017

A empresa sul-coreana anunciou, esta sexta-feira, que tem estimativas para um lucro operacional de cerca de 10 mil milhões de dólares no segundo trimestre de 2017. O valor dever-se-á, em grande medida, aos preços cada vez mais altos das memórias que oferecem uma grande rentabilidade.

Negócio internacional da InnoWave já vale 62%

A tecnológica portuguesa anunciou que o negócio internacional já contabiliza mais de 60% do total do negócio do grupo. A aposta na internacionalização e a angariação de grandes clientes começa a dar frutos e a  InnoWave já contratou mais de 30 colaboradores desde janeiro para dar resposta à grande procura das suas soluções.

Ações da Snap sofrem queda de 4,9% e regressam ao valor da entrada na bolsa

As ações da Snap valem agora o mesmo que no seu IPO. A casa-mãe do Snapchat teve uma queda para 17 dólares por ação, o valor do primeiro dia como empresa cotada. Isto reflete a falta de confiança dos investidores na empresa que tem tido uma concorrência cada vez maior das outras redes sociais.

Lenovo regressa aos lucros no primeiro trimestre de 2017

A Lenovo anunciou os resultados do primeiro trimestre com lucro de 535 milhões de dólares. No entanto, a empresa baixou as suas previsões anuais, em virtude de ser expectável uma escassez na oferta de baterias e outros componentes.

Altitude renova certificação ISO 9001 pelo décimo ano consecutivo

A Altitude Software, fornecedor global de soluções omnicanal para uma experiência do cliente de excelência, anunciou, no dia três de maio e através de comunicado de imprensa, a renovação da certificação ISO 9001 para as suas operações globais de assistência ao cliente. Há dez anos consecutivos que a empresa garante esta certificação.

Noesis apresenta crescimento financeiro de 24% em 2016

Noesis, consultora tecnológica portuguesa, atingiu em 2016 um volume de negócios recorde de 28,35 milhões de euros. O resultado financeiro representa um crescimento de 24%, face ao ano anterior e demonstra, refere a empresa, a consistência e qualidade percepcionada dos produtos e serviços. A tecnológica reforça, ainda, a aposta nos mais competitivos mercados internacionais, juntamente com a abertura do novo escritório em Roterdão, na Holanda.

NOS regista aumento de 2,9% nas receitas do primeiro trimestre de 2017

A NOS apresenta, no primeiro trimestre, crescimentos em todos os segmentos de negócio quer em receita quer em clientes, quando comparado com o período homólogo de 2016.  A empresa registou 381 milhões de euros em receitas, um aumento de 2,9% quando comparado com o ano anterior.

SAP anuncia resultados financeiros do primeiro trimestre de 2017

A SAP anunciou os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2017, que terminou em 31 de março, com um bom desempenho na área de cloud. As receitas totais de subscrições e suporte em cloud junto com as receitas de suporte de software constituiram 69% das receitas totais da companhia.

Consultora portuguesa agap2IT aposta na internacionalização

A agap2IT, com a unidade de projetos internacionais da consultora, conseguiu obter um crescimento de 69,7% em 2016, a par do incremento da atuação em Nearshore (63,1%). Em 2017, a aposta da empresa consiste em prosseguir com uma estratégia de expansão internacional, através da entrada em novos mercados, a par da potenciação da oferta com o kick off de várias soluções de negócio IT inovadoras.

Uber regista 6,5 mil milhões de receitas mas termina 2016 com prejuízo

A Uber registou receitas no valor de 6.5 mil milhões de dólares no ano passado mais ainda assim teve um resultado líquido de -2,8 mil milhões de dólares, isto de acordo com o que a companhia confirmou via email à Bloomberg. É já usual a startup americana não divulgar os seus resultados publicamente mas a corroboração veio da própria Uber após notícia sobre o desempenho anual da empresa, veiculada pelo meio de comunicação americano.

Critical Software regista crescimento de 18% no volume de negócio em 2016

A Critical Software revelou os resultados financeiros relativos ao ano fiscal de 2016. A tecnológica portuguesa fechou o ano com um volume de negócios de 30 milhões de euros, o que representou um crescimento de 18% face a 2015. Como consequência dos resultados conseguidos, a empresa revelou que pretende continuar a investir na formação de talento e no desenvolvimento de novos produtos tecnológicos.

Samsung volta aos lucros no primeiro trimestre de 2017

A Samsung anunciou que estima um lucro de 8,8 mil milhões de dólares no primeiro trimestre de 2017, o que corresponde a um crescimento de 48% face ao mesmo período do ano anterior. Esta recuperação da fabricante sul-coreana deve-se essencialmente à área de negócio de semicondutores.

Bold consolida crescimento com volume de negócios de 15 milhões de euros

A Bold apresentou os resultados financeiros e registou valores que consolidam o crescimento da empresa portuguesa. “O nosso foco é a tecnologia, procuramos continuar a crescer com apostas em novas ideias, no empreendedorismo e na inovação”, sublinha Brun Mota, sócio fundador do grupo.

Huawei regista receitas de 75,1 mil milhões em 2016

A Huawei anunciou os resultados financeiros referentes a 2016 em que cresceu 32% em relação a 2015, com receitas de 75,1 mil milhões dólares. Já os resultados líquidos registados pela fabricante chinesa foram de 5,3 mil milhões de dólares.

Opensoft ultrapassa barreira dos 4 milhões de euros em 2016

A Opensoft, empresa portuguesa especializada no desenvolvimento de software business critical, reportou que atingiu volume de negócios volume de negócios de 4.058.000€ no ano passado, o que representa um crescimento de 7% em relação a 2015.

Tech Data regista proveitos de 103,1 milhões no quarto trimestre de 2016

A Tech Data Corporation, distribuidora de produtos tecnológicos, com subsidiária em Portugal acaba de revelar os resultados financeiros da empresa a nível mundial. No quarto trimestre de 2016, concluído em Janeiro de 2017, as vendas líquidas atingiram os 7,4 mil milhões de dólares, uma redução de 1% em relação ao trimestre do ano anterior. A preços constantes as vendas líquidas aumentaram 2%.

Atos revela plano estratégico de negócios para os próximos três anos

A Atos apresentou o seu novo plano trienal “Ambition 2019. A empresa dedicada ao setor de transformação digital aponta como principais prioridades o crescimento orgânico da receita, envolvendo uma taxa composta anual de crescimento (CAGR) entre 2% e 3%, e em segundo lugar o aumento da margem operacional de 10,5% para 11% em 2019. Por fim, a Atos quer fixar a taxa de conversão dessa mesma margem em 65% até ao final do triénio.

Grupo E.Life prevê crescimento de 36% para 2017

O grupo E.Life, especializado em inteligência de mercado e gestão do relacionamento nas redes sociais, alcançou, em 2016, um volume de negócios que ultrapassou os 10 milhões de euros nos mercados de Portugal, Espanha e Brasil. A empresa vem agora indicar que as suas previsões para este ano são de crescimento de 36% no mercado ibérico.