Dia Mundial da Palavra-Passe: estamos a fazer tudo para proteger os dados?

Segurança

Num período em que há cada vez mais pessoas em teletrabalho, as palavras-passe são recursos muito utilizados e, por isso, mais valorizados pelos cibercriminosos.

A primeira quinta-feira de maio representa o Dia Mundial da Palavra-Passe uma data que se torna mais importante este ano com a banalização do trabalho remoto.

Muitos utilizadores acreditam que um cibercriminoso não teria qualquer interesse nos seus dados ou dispositivos pessoais.

No entanto, a Check Point comprova que esta não é a realidade. A educação para a cibersegurança é cada vez mais importante e começa pelo uso de palavras-passe que garantam efetivamente a proteção dos dados pessoais e informações sensíveis.

O aumento do número de pessoas em teletrabalho contribui significativamente para o maior risco de falhas de segurança no sistema de uma empresa.

As palavras-passe continuam a ser o meio mais utilizado para proteger dados pessoais ou gerir acessos, quer profissionais como pessoais.

A Check Point Software alerta para as principais táticas utilizadas pelos cibercriminosos para roubar palavras-passe, como os ataques de phishing, hacking de dicionário ou de força bruta e keyloggers.

“Quando se trata de garantir o mais alto nível de cibersegurança, é tão importante contar com as tecnologias mais avançadas quanto prevenir os riscos de roubo de palavras-passe,” alerta Rui Duro, Country Manager da Check Point Portugal.

 

Read also :