Cyber Segurança, o que virá a seguir?

GestãoSegurança

Será possível antecipar e prever o que se segue na área da segurança? Fazer previsões numa área considerada como a mais dinâmica e em crescimento em Tecnologias da Informação -TIs é sempre um risco. Começando pelas más noticias, todos sabemos que o número de cyber ataques tem vindo a crescer de dia para a dia, tanto a nível de número, como também ao nível de impacto nas organizações.

Para além do aumento do número de ataques, outra das questões que tem preocupado os especialistas da área, são as novas formas de ataques e a extorsão a pequenas empresas cada vez mais frequentes na realidade portuguesa.

Existem milhões de dispositivos vulneráveis instalados e apenas nos últimos anos tem surgido maior preocupação e foco por parte dos fabricantes em desenvolverem versões com atualizações reforçadas ao nível da segurança.

Além dos tipos específicos de ameaças, podemos esperar que os invasores utilizem cada vez mais as mesmas tecnologias que os defensores estão a usar para deteção e resposta a ameaças.

Por exemplo, invasores sofisticados estão já a utilizar a análise de big data para examinar padrões de tráfego e procurar oportunidades e vulnerabilidades que podem não ser evidentes sem uma análise ampla e profunda. Empresas individuais, assim como fornecedores de segurança, estão a ganhar consciência da necessidade de investir em segurança informática.

A procura por profissionais nesta área tem crescido a olhos vistos, tornando aquela que era uma área desconhecida e quase obscura em TI numa das áreas em maior crescimento e onde os profissionais têm salários mais altos – aqui funciona a lei da oferta e da procura.

Conseguir chegar a estes profissionais é por si só um desafio do recrutamento, porque as empresas querem os melhores e os melhores estão a trabalhar.

Sendo um assunto cada vez mais comentado na comunicação social, acaba por ser também fruto de uma curiosidade generalizada por quem já ouviu falar do tema.

Séries como Mr. Robot têm vindo a promover esta área, passando uma visão cativante do mundo da segurança da informação – e o quanto estamos vulneráveis aos ciberataques. Ao ver como a personagem principal, Elliot, e seu grupo hacker, a fsociety, invadem uma corporação, a sensação que experienciamos é a de que lugar nenhum está seguro.

A segurança Informática está cada vez mais na ordem do dia, as empresas perceberam que investir nesta área é investir no futuro e na garantia que os seus dados estão seguros. E investir na segurança dos dados, da informação, é garantir a continuidade das empresas e assegurar a confiança dos clientes.

Read also :