China. Bitcoin não é um método de pagamento legítimo

FinançasNegócios

O governador do banco central da China, Zhou Xiaochuan, afirmou que o país não reconhece a Bitcoin e outras criptomoedas como formas de pagamento legítimas.

O governador do banco central da China, Zhou Xiaochuan, afirmou que o país não reconhece a Bitcoin e outras criptomoedas como formas de pagamento legítimas.

“Atualmente, não reconhecemos a Bitcoin e outras moedas digitais como uma ferramenta como papel-moeda, moedas e cartões de crédito para pagamentos de retalho”, disse Zhou aos repórteres à margem da sessão anual do parlamento. “O sistema bancário não aceita”.

A China tomou uma série de passos nos últimos meses para reprimir o mercado de criptomoedas, incluindo o encerramento de casas de compra e venda de tokens digitais e a proibição das chamadas ofertas de moedas iniciais (ICO, na sigla, em inglês).

As observações de Zhou aumentaram a pressão sobre a Bitcoin, depois de os Estados Unidos terem dito que as plataformas de negociação de criptomoedas online são “potencialmente ilegais”, podem estar a dar aos investidores uma sensação de segurança e não devem ser registadas junto dos reguladores.

O governador do banco central disse que a China investigou bastante a tecnologia blockchain e a tecnologia de ledgers distribuídos em que a Bitcoin foi construída, mas que algumas aplicações da tecnologia cresceram rapidamente.

“Se eles se espalharem rapidamente, podem ter um grande impacto negativo para os consumidores. Também poderia ter alguns efeitos imprevisíveis sobre a estabilidade financeira e a transmissão da política monetária “, disse Zhou.

Read also :