CEO da Revolut no palco principal da Web Summit a 7 de novembro

Negócios

Nik Storonsky, CEO e fundador da Revolut, a fintech britânica que conta já com mais de sete milhões de utilizadores na Europa, vai estar na Web Summit, com duas intervenções, em dois palcos de um dos maiores eventos tecnológicos do mundo.

Nik Storonsky marca presença no último dia da Web Summit, a 7 de novembro. A primeira intervenção está agendada para o palco principal. Pelas 12h10, Nik Storonsky estará no palco principal – Centre Stage – e às 15h55 protagoniza um fireside chat, no palco MoneyConf. 

O CEO da Revolut sobe ao palco principal da Web Summit, no Altice Arena, pelas 12h10, para discutir “Cash is dead, what’s next to go”, num debate dedicado à visão dos líderes das novas empresas que estão a disromper e a reinventar o setor financeiro, contrariando os padrões tradicionais.

A segunda intervenção está agendada para as 15h55, no palco MoneyConf, num painel que discutirá o papel das fintech na disrupção causada no mercado de comercialização de ações.

A Revolut foi lançada em 2015 e conta já com mais de sete milhões de utilizadores na Europa e cresce a um ritmo superior a 20 mil novos clientes por dia. Só em Portugal tem mais de 300 mil utilizadores. Prepara-se para expandir o negócio para negócios como EUA, Japão e Canadá

A Revolut tem, desde o início deste ano, a app totalmente em português e anunciou um investimento significativo em Portugal, com o estabelecimento de um centro de suporte ao cliente, instalado em Matosinhos (Porto).

Até ao momento já foram contratadas mais de 70 pessoas e o objetivo é chegar às 500 no decorrer do próximo ano. Este centro tecnológico oferece apoio em reclamações, compliance e crime financeiro, em múltiplas línguas. A inauguração oficial do espaço está prevista para o início de 2020.

Aquando do anúncio do investimento de mais de quatro milhões de euros, em Portugal, só em infraestruturas com o novo centro de suporte, Nik Storonsky admitiu, em comunicado, a importância do mercado nacional nos planos de expansão da Revolut. 

“Portugal está a emergir rapidamente como um hub de fintechs na Europa e estamos extremamente orgulhosos em integrar esse movimento com a criação de até 400 novos postos de trabalho. No ano passado, aquando da minha visita a Lisboa para a Web Summit, ficou muito claro para mim que o país abraçou integralmente os benefícios que a tecnologia financeira tem para oferecer”, revelou então. 

Para marcar a semana dedicada à inovação, a Revolut vai ainda realizar um Rev Rally – Especial Web Summit, em Lisboa, no dia 06 de novembro. O evento é exclusivo para alguns membros da comunidade e o objetivo é oferecer a estes utilizadores um preview sobre futuros lançamentos da marca.